Guerra e Paz - Candido Portinari

Prorrogada até 20 de maio, exposição foi vista por mais de 120 mil pessoas e presta homenagem aos 50 anos da morte de Candido Portinari

Última publicação: 24/04/2012

  • Exposição Guerra e Paz famosa no mundo todo começa em São Paulo

    Exposição Guerra e Paz famosa no mundo todo começa em São Paulo
    Créditos: Cristina Granato/Divulgação

INFORMAÇÕES DO EVENTO

  • Data(s): 7 de fevereiro a 20 de maio de 2012.
  • Horário(s): Terça a domingo, 9h às 18h.
  • Preço(s): Grátis.
  • Onde: Memorial da América Latina
    Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda | Como Chegar >

A exposição Guerra e Paz, de Candido Portinari (1903-1962), chega a São Paulo nesta terça, 7 de fevereiro, em homenagem ao cinquentenário de morte do pintor, e permanecerá aberta ao público até 20 de maio. O local escolhido é o Auditório Simón Bolivar, no Memorial da América Latina.

A mostra apresenta os painéis Guerra e Paz erguidos pela primeira vez após o trabalho de restauro, feito entre fevereiro e maio de 2011, e reúne cerca de 100 dos estudos originais preparatórios do artista para ambos.


Obras Guerra e Paz, de Candido Portinari Crédito: Cristina Granato/Divulgação 

Entre 1952 e 1956, Portinari dedicou-se aos trabalhos, seus dois últimos e maiores murais, encomendados pelo governo brasileiro para a sede da ONU. A área total pintada nos painéis, uma superfície de 280m², é maior que a do Juízo Final, de Michelangelo, na Capela Sistina.

Em 2007, o anúncio de uma grande reforma no edifício das Nações Unidas entre 2010 e 2013 proporcionou a oportunidade inédita de expor os painéis no Brasil. Na ocasião, os murais ficaram expostos no Theatro Municipal do Rio de Janeiro durante 12 dias e reuniram mais de 44 mil pessoas.

Comentários

Destaques do guia