Entre os Muros da Escola

Desafio de um professor em lidar com crianças e jovens do subúrbio francês

  • Direção: Laurent Cantet
  • Nome Original: Entre les murs
  • Ano: 2008
  • Duração: 128 min
  • País: FRA
  • Gênero: Drama
No começo do ano letivo, o professor François Marin sabe que tem um difícil trabalho pela frente. Dando aulas de francês para um grupo de filhos de imigrantes de um colégio na periferia de Paris, ele tem que lidar com muitos conflitos além do simples aprendizado de seus alunos da 7ª série. Não apenas ele terá que ensinar a norma culta do idioma, como tem que fazer com que os jovens entendam a importância de saber estas regras mesmo que não usem em seu dia-a-dia, além de ter de lidar com todos os conflitos que se passam com esses adolescentes quando estão Entre os Muros da Escola.

Na sala, ele precisa ter jogo de cintura para que os alunos entendam que ele quer educá-los e não que tenha algo pessoal contra algum deles. Mesmo assim, há jovens que se revoltam em classe por acreditar que o método de Marin está sendo injusto. Khoumba se nega a fazer o que ele pede, Esmeralda insiste em desafiá-lo a todo o momento, Souleymane não se esforça para cumprir suas atividades em sala, todos sempre brigam um com o outro, mas toda a turma sempre se une quando é para confrontar o mestre.

Depois de uma reunião de professores para decidir o futuro dos alunos, duas alunas passam a fazer intrigas sobre o que foi falado contra alguns dos estudantes. A aula de Marin, então, se torna um centro de discussões sobre a relação aluno-professor. Quando ele acaba perdendo a cabeça e passa dos limites, o embate com um dos jovens se torna ainda mais violento, deixando Rhoumba ferida. François, agora, terá que avaliar, junto aos outros professores, qual medida deve ser adotada para conter os estudantes.

Grande vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, Entre os Muros da Escola é um misto de documentário e ficção, baseado no livro do professor François Bégaudeau, que também escreveu o roteiro. O autor é também protagonista do filme e, assim como ele, os alunos eram estudantes reais e não atores, mas interpretavam personagens baseados em fatos comuns. Nenhum deles, no entanto, teve que seguir um roteiro pré-determinado. Os diálogos foram surgindo naturalmente através de workshops realizados semanalmente durante todo um ano letivo.

Este filme não está em exibição nos cinemas

Veja aqui os filmes que estão em exibição

Comentários

Destaques do guia