Guia da Semana

10 filmes com Gael García Bernal

Ator mexicano completa 35 anos como um dos mais requisitados jovens no cinema

Nem parece, mas já faz 13 anos que Gael García Bernal apareceu pela primeira vez nos cinemas como o desesperado Octavio em Amores Brutos, fazendo seu salto da televisão para as telonas com a bênção de outro mexicano, o diretor Alejandro González Iñarritu.

+ Conheça 10 filmes que você não viu em 2013
+ Relembre 10 filmes com Christopher Lloyd
+ Confira os melhores filmes com Robert de Niro

Hoje, aos 35 anos, Gael já soma seis grandes diretores no currículo (incluindo os brasileiros Walter Salles e Fernando Meirelles) e é um dos jovens atores mais requisitados de Hollywood, representando um perfil latino ousado e provocador. Atualmente, vem trabalhando em dois longas-metragens (Deserted Cities, de Roberto Sneider, e  The Ardor, de Pabro Fendrik) e já está escalado para outros dois (Mozart in the Jungle, telefilme de Paul Weitz, e Desierto, dirigido pela nova promessa do cinema mexicano, Jonás Cuarón).

Conheça os 10 melhores filmes com Gael García Bernal:

  • No (2012)
  • Planeta Solitário (2011)
  • Conflito das Águas (2010)
  • Ensaio Sobre a Cegueira (2008)
  • Babel (2006)
  • Sonhando Acordado (2006)
  • Má Educação (2004)
  • Diários de Motocicleta (2004)
  • E Sua Mãe Também (2001)
  • Amores Brutos (2000)

Atualizado em 30 Nov 2013.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

10 Motivos para ver a animação “Sing – Quem Canta Seus Males Espanta”

Filme chega aos cinemas no dia 22 de dezembro

“Pets” tem sessão gratuita para incentivar a adoção de animais

Cine Matilha exibe a animação em sessão aberta para cães e seus donos

7 Fatos sobre “Fallen” que você precisa saber antes de ir aos cinemas

Adaptação do primeiro livro da saga adolescente estreia no dia 8 de dezembro

4 Motivos para ver “A Qualquer Custo” nos cinemas

Filme com Chris Pine e Jeff Bridges chega aos cinemas em janeiro

"50 Tons Mais Escuros" ganha trailer inédito; confira

Novo vídeo do longa está mais caliente do que nunca!

Clássico de Chaplin tem sessão gratuita no Auditório Ibirapuera

Exibição encerra a programação do centenário de Paulo Emílio Sales Gomes