Guia da Semana

10 Teorias de fãs sobre Star Wars: O Despertar da Força

Conheça as melhores (e as piores) teorias sobre a nova trilogia de Star Wars

Já se passou mais de um mês desde que “Star Wars: O Despertar da Força” estreou nos cinemas, colocando um fim à espera de dez anos por um novo episódio de aventuras com Jedis, Siths, Wookies e Stormtroopers. Mas este foi apenas o primeiro filme de uma trilogia, o que significa que muitas perguntas sobre os novos personagens foram levantadas e só serão respondidas nos próximos anos.

Os fãs, é claro, não quiseram esperar e já formularam suas próprias teorias. Conheça algumas das mais plausíveis (e mais malucas) teorias sobre a nova fase de Star Wars

 

Teorias sobre o passado de Rey:

Rey é filha de Luke


Ok, essa é a mais fácil. Durante todo o filme, fica claro que Rey tem, no mínimo, uma ligação com Luke Skywalker. O sabre dele chama por ela, ela o vê em seus flashbacks e é ela quem vai ao seu encontro no final (e todos na Resistência concordam com isso, como se fosse seu direito).

Falha na teoria: quando Rey encontra o sabre, Maz Kanata diz a ela que “quem ela está esperando” (seus pais) nunca voltará, mas talvez “outra pessoa”, sim (Luke Skywalker). Por essa frase, entendemos que Luke não é quem Rey estava esperando em Jakku, portanto, não pode ser seu pai.

 

Rey é neta de Obi Wan Kenobi


Kenobi ficou um bom tempo escondido entre os episódios III e IV, vivendo em Tatooine depois de deixar o pequeno Luke Skywalker com os tios. Apesar de a série nunca mencionar que ele tenha tido uma família (e apesar de Jedis, teoricamente, não poderem cultivar laços amorosos), isso poderia ter acontecido durante esse isolamento.

A teoria traria um equilíbrio interessante para a nova trilogia, considerando que o sabre azul, antes de chegar a Luke, pertenceu a Obi Wan, que o treinou, e que Rey agora o “devolve” para Luke, para ser treinada por ele.

Falha na teoria: nenhuma, por enquanto.

 

Rey é filha de Han e Leia


Essa teoria se baseia mais no Universo Expandido de Star Wars do que nos filmes. Nos livros (que agora não fazem mais parte do cânone), Han e Leia têm um casal de gêmeos e o menino, chamado Jacen, vai para o Lado Negro. Por essa linha, Kylo Ren e Rey seriam gêmeos e a família Skywalker continuaria centralizando as disputas pelo equilíbrio da Força.

Falha na teoria: Leia e Han falam o tempo todo sobre “o filho” deles, no singular, sem jamais sugerir que tenham tido outra criança. Se, de fato, eles tivessem tido dois filhos, mesmo que afastados há muito tempo, o retorno de um certamente traria lembranças do outro. A outra possibilidade, bastante absurda, é que eles não soubessem da existência de Rey – mas, convenhamos, isso não faz sentido nenhum.

 

Rey não é filha de ninguém

Na “nova trilogia”, é explicado que Anakin Skywalker não nasceu de pais humanos, mas sim, foi concebido pela Força graças à quantidade astronômica de midi-chlorians (uma forma de vida microscópica que determina a sensibilidade de um indivíduo à Força) em seu sangue. A explicação miraculosa não agradou muito aos fãs da trilogia antiga, mas há quem diga que a origem de Rey será a mesma.

Falha na teoria: a Disney, que baseou os novos filmes claramente na trilogia antiga, e não na nova, não arriscaria explorar um conceito tão rejeitado pelos fãs justamente na história de sua protagonista. Assim esperamos.

 

Rey é uma sobrevivente do ataque à academia Jedi de Luke


Em “O Despertar da Força”, descobrimos que Luke havia fundado uma academia Jedi para formar novos guerreiros, logo após a derrota de Darth Vader. Porém, um jovem aprendiz (Kylo Ren, até então Ben Solo) se rebelou e destruiu tudo (mais ou menos como Anakin fez no Episódio III), fazendo com que Luke se exilasse.

Nessa teoria, Rey seria uma sobrevivente do ataque e, por isso, teria tido o início de um treinamento com a Força quando criança, o que facilita sua evolução neste filme. 

Falha na teoria: nenhuma, por enquanto. Rey apenas precisaria ser muito pequena quando o ataque ocorreu, para não se lembrar de nada.

 

Teorias sobre o Lado Negro

Kylo Ren quer destruir Snoke

Essa é uma das teorias mais malucas que já circularam pela internet, mas não a descarte imediatamente. Segundo alguns fãs, Kylo Ren seria uma espécie de agente infiltrado na Primeira Ordem, com o objetivo de matar Snoke.

Seu discurso com o capacete de Darth Vader (“vou terminar o que você começou”) poderia ser um indício disso, já que Vader tentou destruir Palpatine antes de morrer, assim como o diálogo ambíguo entre Ren e Han Solo na passarela, quando Ren diz estar “dividido” e pede a ajuda do pai para cumprir sua missão. A morte de Solo, no caso, seria necessária para aproximar Ren de Snoke. Outro indício da deslealdade de Ren à Primeira Ordem seria sua relação conflituosa com o general Hux, que não confia nele.

Falha na teoria: por que Kylo Ren atacaria Finn e Rey depois de cumprir sua missão? Por que teria matado crianças na academia Jedi de Luke? (A não ser, é claro, que essas crianças não estejam mortas...)

 

Snoke é Darth Plagueis


Lembram do mestre de Palpatine, aquele Lorde Sith capaz de “enganar a morte”? Bem, se ele descobriu o segredo para a imortalidade, então, provavelmente, ainda está vivo, certo?

Falha na teoria: como já dissemos, a Disney está evitando usar detalhes da segunda trilogia (eps. I, II e III) nos novos filmes, e Plagueis é uma das lendas introduzidas nessa época, envolvendo inclusive os midi-chlorians.

 

Snoke é Darth Vader


É isso mesmo que você está lendo. Anakin Skywalker, Darth Vader, pai de Luke e Leia, estaria vivo e teria voltado ao Lado Negro para liderar a Primeira Ordem. Mas ele morreu no episódio VI, certo? Certo, mas, como Sith, ele também poderia ter aprendido a “enganar a morte”... A única evidência que apoia essa teoria são as cicatrizes de Snoke, suspeitamente parecidas com as de Vader.

Falha na teoria: Darth Vader, é claro, está morto, e ainda morreu lutando contra o Lado Negro, que Snoke agora lidera.

 

Teorias sobre Finn

Finn e Poe serão um casal

A química entre os personagens de John Boyega e Oscar Isaac foi tão forte no Episódio VII que muitos fãs começaram a se perguntar se eles não teriam algo além de amizade – o que seria muito bacana para a série, aliás.

Falha na teoria: enquanto Isaac manteve suas declarações sugestivas o suficiente para instigar a imaginação dos fãs, Boyega logo garantiu que o romance não existe.

 

Finn é filho de Lando Calrissian


O passado de Finn é tão misterioso quanto o de Rey, se pensarmos que ele não é um clone e é o primeiro Stormtrooper em que o treinamento/lavagem cerebral praticado pela Primeira Ordem não funcionou. Então, por que não ligá-lo a outro personagem canônico e explicar essa rebeldia com uma boa história de origem?

Falha na teoria: considerando o pavor da Disney por spoilers e sabendo que essa teoria teve origem na embalagem de um brinquedo (que pode ser, simplesmente, um produto pirateado ou uma imagem manipulada), é pouco provável que essa relação entre os dois se confirme.

Atualizado em 27 Jan 2016.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

“Corra!” – terror sobre preconceito racial é uma das melhores coisas que você verá nos cinemas neste ano

Filme de Jordan Peele estreia no dia 18 de maio nos cinemas

7 Filmes imperdíveis que chegam aos cinemas em maio

"Corra!" e "Alien: Covenant" chegam aos cinemas neste mês

“Gostosas, Lindas e Sexies” – Sex and the City à brasileira chega aos cinemas com elenco plus-size

Filme estreia nesta quinta, 20 de abril

Será? Will Smith pode ser o Gênio no live-action de "Aladdin"

Segundo o Deadline, ator está em negociações com a Disney

5 Motivos para (ir correndo) ver “Guardiões da Galáxia Vol. 2”

Filme chega aos cinemas no dia 25 de abril e já tem ingressos à venda

“Paixão Obsessiva”: suspense trash com Katherine Heigl estreia nesta quinta

Heigl interpreta uma ex-mulher determinada a eliminar a atual