Guia da Semana

Alta definição

Saiba mais sobre o Blu-Ray, a nova mídia que chega ao mercado para tentar tomar o lugar dos DVDs

Fotos: Reprodução
Os CD´s são fabricados com um substrato que permite evitar os arranhões e facilitar a leitura quando sujos.

Quem nunca comprou aquele aparelho eletrônico inovador e depois de poucos meses, observou ele se tornar uma "velharia"? Na ânsia da atualização constante, a maioria dos consumidores de tecnologia continua a buscar a novidade definitiva do mercado. Para esse público, o Blu-Ray é uma das útimas sensações.

A mídia oferece cinco vezes mais capacidade de armazenamento que um DVD normal, o que é suficiente para ver filmes de alta definição e outros formatos que necessitam de maiores quantidades de dados para rodar. Chega para competir diretamente com o HD DVD (padrão mais difundido atualmente) e promete iniciar uma boa briga pelo domínio do bilionário mercado de entretenimento doméstico.

Como funciona

Desenvolvida pelas empresas Sony e Phillips, a tecnologia foi criada com o objetivo de ser o novo padrão de mídia para os próximos anos. Segundo o diretor de marketing da Warner Home Vídeo, Rodrigo Drydale, o produto ainda deve se popularizar, ganhando preços mais acessíveis. "Os DVDs normais rodam nos players Blu-Ray, ganhando qualidade de imagem. É uma tecnologia complementar, para aqueles que querem assistir filmes com a qualidade superior da alta definição e interatividade. Estimamos que em 2010, o mercado será dividido em 40% Blu-Ray e 60% Standard".

Além de ser capaz de suportar mais dados, com mais definição de cores e nitidez, o Blu-Ray possui um sistema de lentes duplas e uma camada protetora mais larga, direcionando o laser de forma mais precisa na superfície do disco. Lembrando que para aproveitar todos os recursos do aparelho, é preciso rodar o disco em uma TV de alta definição (Plasma ou LCD).

Entre os formatos desenvolvidos, existem três mais conhecidos: o BD-ROM, só de leitura, utilizado para armazenar filmes, jogos e softwares de computador; o BD-R gravável, que oferece ao usuário a possibilidade de armazenar grandes quantidades de dados e gravações HDTV; e o BD-RE, regravável, que permite alterar o conteúdo do disco.

Fotos: Marcus Oliveira
Diversos clássicos do cinema foram relançados para o Blu-Ray.

Qualquer tipo de Blu-Ray pode armazenar cerca de 25 GB, o que significa mais de seis horas de vídeo de alta definição. No modo Double Layer, este espaço pode ser duplicado, chegando a 50 GB. A TDK, empresa responsável pela fabricação dos discos, já descobriu um novo substrato químico, que em breve, permitirá evitar os arranhões e facilitar a leitura de CDs sujos.

No Brasil

Por ser considerada nova, a tecnologia ainda é relativamente pouco divulgada no Brasil. Por isso pode ser difícil encontrar alguns títulos no mercado, já que a variedade de obras distribuídas oficialmente ainda é pequena e as opções mais clássicas costumam ser importadas. Mas segundo o estudante Rafael Miranda, usuário de Blu-Ray, a quantidade de títulos vem aumentando e já é muito mais fácil encontrar opções dentro do formato, que segundo ele, tem diferenciais que fazem o investimento valer a pena. "A diferença entre o DVD comum e o Blu-Ray é bem nítida. A imagem é diferente, mas claro, é necessário uma TV ideal para completar o aparelho. O áudio também é muito mais real que no DVD. Parece que você está dentro da cena", afirma.

Fotos: Marcus Oliveira
Diversas lojas incluiram as produções com Blu-Ray nas prateleiras.

Assim como tradicionalmente fazem os DVDs, os Blu-Rays permitem a escolha de legendas (e ocasionalmente dublagem) em diversas línguas. "Na minha opinião, o DVD não vai deixar de existir agora. Mas um dia o Blu-Ray vai se popularizar e entrar na casa das pessoas igual ao DVD. Hoje, diversos sites de compras e lojas especializadas em tecnologia já estão vendendo. Para quem gosta de curtir um bom filme, comendo uma pipoquinha, eu recomendo. Logo que ouvi falar do Blu-Ray já me interessei, pesquisei e comprei o aparelho e notei muita diferença", completa Rafael.

Curiosidades
? SONY, LG, SAMSUNG e Panasonic são os principais fabricantes de Blu-Ray no mundo.

? Os preços variam de R$ 1.400,00 a R$ 3 mil, de acordo com a capacidade de cada modelo.

? O preço médio de um disco de Blu-Ray no Brasil é de R$ 70,00.



Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

7 Fatos sobre “Fallen” que você precisa saber antes de ir aos cinemas

Adaptação do primeiro livro da saga adolescente estreia no dia 8 de dezembro

4 Motivos para ver “A Qualquer Custo” nos cinemas

Filme com Chris Pine e Jeff Bridges chega aos cinemas em janeiro

"50 Tons Mais Escuros" ganha trailer inédito; confira

Novo vídeo do longa está mais caliente do que nunca!

Clássico de Chaplin tem sessão gratuita no Auditório Ibirapuera

Exibição encerra a programação do centenário de Paulo Emílio Sales Gomes

Saiu o primeiro teaser de "Homem Aranha: De Volta ao Ler"; vem assistir!

Trailer completo será divulgado nesta quinta-feira

Mais de 20 fotos inéditas de "Transformers: O Último Cavaleiro" vazam na internet; confira

Próximo longa da franquia estreia em junho de 2017