Guia da Semana

Cineasta indica 3 filmes do Ang Lee

Colunista do Guia da Semana indica três filmes imperdíveis do diretor chinês

Ang Lee é um diretor versátil e incrivelmente habilidoso. Suas criações vão de filmes de fantasia a filmes cabeça sem nenhuma preocupação em manter algum tipo de estética recorrente, diferente de outros diretores que pode se reconhecer facilmente por seguir uma linha que os identifique.

+ Saiba mais sobre As Aventuras de PI, novo filme de Ang Lee
Veja quais foram os melhores filmes de 2012 nos cinemas
+ Confira o que está rolando no circuito alternativo de cinema da cidade

Como pode um mesmo artista dirigir O Tigre e o Dragão e O Segredo de Brokeback Mountain ou ainda Razão e Sensibilidade e Hulk? Ang Lee se permite mergulhar em diversos universos e os faz com maestria.

Com a chegada de Aventuras de Pi, separei três filmes imperdíveis da filmografia do diretor que todo cinéfilo deveria ver. Confira:

Razão e Sensibilidade

Razão e Sensibilidade é o primeiro filme de Ang com elenco internacional, baseado no romance da incrível Jane Austen. Com uma fotografia impecável, figurino bem elaborado e uma direção sensível, ele retrata com maestria o conservadorismo e os primeiros sinais de uma luta feminina por sua própria voz na Inglaterra pré-revolução industrial.

O Segredo de Brokeback Mountain

Outro filme de Ang que mexeu comigo e com bastante gente foi o Segredo de Brokeback Mountain, vide a quantidade de prêmios que fatourou. Um western às avessas, onde os cowboys se apaixonam gerando um duelos entre conflitos pessoais, preconceitos e a eterna busca da felicidade.

Um dos melhores filmes de relacionamento já feitos, que humaniza o ser vivo. A homosexualidade não é o tema mais importante aqui e, sim, o amor como a mais pura forma de sentir.

Aconteceu em Woodstock

Quem nunca ouviu falar do famoso festival de Woodstock? Liberdade, sexo, drogas e os melhores músicos do planeta reunidos em 3 dias de loucura. Ang Lee foi muito além disso ao contar a verídica história dos bastidores do festival.

O filme aborda como um festival de música que tinha sido expulso de
uma cidade vizinha se transformou no ícone da contracultura
sessentista, um resumo de toda uma década. Uma boa pedida para quem
quer ter uma outra visão sobre o festival. 

Atualizado em 24 Dez 2012.

Por Marina Previato
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Confira os melhores momentos da passagem de Hugh Jackman pelo Brasil

“Silêncio”: 3 motivos para ver o novo filme de Scorsese (e 3 para pensar duas vezes)

Longa traz Andrew Garfield e Adam Driver como padres jesuítas

Playarte Splendor inaugura novo cardápio para ser degustado no cinema

Praticidade é o foco dos novos petiscos da Sala Vip

Cinema nacional tem crescimento expressivo em 2016

Filmes brasileiros atraíram 30,4 milhões de espectadores no último ano

"La La Land" ganha vídeo em versão 8-Bit e você precisa assistir!

Com 14 indicações, musical é a grande apostar do Oscar 2017

Filmes com mulheres protagonistas em Hollywood bate recorde em 2016

Estudo mostra que 29% dos filmes com maiores bilheterias foram estrelados por mulheres