Guia da Semana

Clássico de cara nova

Na versão modernizada de Karate Kid, filho de Will Smith aprende kung fu com Jackie Chan e a história se passa, desta vez, na China

Foto: Divulgação


A tão esperada refilmagem de Karate Kid finalmente chega às telonas, numa adaptação atualizada do clássico dos anos 80. A proposta do diretor Harald Zwart é homenagear o original, agradar aos fãs do anterior dirigido por John G. Avildsenc e também ser atraente ao novo público, que desconhece o longa-metragem.

O enredo do filme de 2010 é bem semelhante ao lançado há 26 anos, mantendo a  trama do garoto que procura um pai e mentor. Dre é um menino norte-americano que poderia ser o mais popular do colégio, mas é obrigado a mudar de país com a mãe. Sem muitos amigos na nova escola, tem de encarar as implicações de uma turma de valentões.

Um dia, ele conhece o senhor Han, zelador que é na verdade um sábio mestre de kung fu. É com ele que o menino aprende não só golpes para se defender, mas também preceitos morais da arte marcial que mudará seu comportamento perante a vida. No desenrolar da história, Dre se apaixona por Mei Ying, mas as diferenças culturais dificultam a relação. A paixão do garoto, que na trama tem apenas 12 anos, é umas das novidades da versão para o século 21.

Foto: Divulgação


Antes e depois

Todo o cenário foi modificado e as filmagens, que antes foram feitas no Japão, são realizadas na China, a terra do kung fu. Por isso, apesar do título permanecer o mesmo, agora é o kung fu e não o karatê que norteia a história. Como em um verdadeiro tour pelo país chinês, aparecem cenas dos principais pontos turísticos, como a Muralha da China e a Cidade Proibida.

Outra mudança é que o severo seansei Miyagi, interpretado por Pat Morita, é agora o sensível senhor Han, representado pelo ídolo oriental de Hollywood, Jackie Chan. Além disso, o badalado protagonista Daniel San (Ralph Macchio), fica mais novo com Dre Parker, vivido pelo astro adolescente Jaden Smith, filho dos atores Will Smith e Jada Smith.

Além disso, as sacadas são bastante parecidas e há referências ao clássico durante todo o filme. No atual, por exemplo, o senhor Han pede a Dre para vestir, tirar e pendurar a jaqueta um milhão de vezes. Quem assistiu o primeiro, entende a referência às falas "Pinte a cerca" e "Limpe o assoalho", que ficaram marcadas no original de 1984.

Revelação Mirim

Foto: Divulgação


Karate Kid apresenta como protagonita o mais novo queridinho-mirim de Hollywood. Com o papel de Dre Parker, Jaden Smith foi premiado pelo ShoWest 2010 como Astro Revelação do Ano. Essa, porém, não é a primeira vez que o garoto surpreende a crítica.

Em 2008, contracenou com Keanu Reeves e Jennifer Connelly na aguardada refilmagem da ficção científica O Dia em Que a Terra Parou. Sua atuação no blockbuster dirigido por Scott Derrickson lhe rendeu o Saturn Award de 2009 como Melhor Ator Infantil.

Já em 2006, encantou com a interpretação do pequeno Christopher Gardner Jr., em À Procura da Felicidade. Foi com este filme que recebeu seu primeiro prêmio no MTV Movie Award, como Desempenho Revelação, além de indicações no Teen Choice Awards. 

Para quem estreou com apenas cinco anos na série televisiva produzida pela família, Smith All of Us, e aos onze, já apresenta um belo currículo de premiações, o garoto mostra que os holofotes são merecidos. E não somente por ser filho de estrelas de Hollywood.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Veja os melhores cosplays da Comic Con Experience 2016 (CCXP)

Evento acontece no São Paulo Expo entre 1 e 4 de dezembro

CCXP 2016 surpreende com vídeos exclusivos no segundo dia de evento

Cena de novo “Homem-Aranha” e trailer de “Planeta dos Macacos: A Guerra” foram destaques na sexta-feira

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

"A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

Estreia está agendada para junho de 2017

Cahiers du Cinéma elege os melhores filmes de 2016

O brasileiro "Aquarius" aparece em quarto lugar na lista