Guia da Semana

“Confissões de adolescente” dá vida nova ao clássico dos anos 90

Filme repete fórmula da série, mas traz discussões atuais e relevantes para seu novo público

Nostalgia é aquela sensação gostosa de se deparar com algo que, um dia, foi muito importante, algo que pode trazer à tona um velho sentimento, mas que hoje ocupa apenas aquele espaço bom da lembrança – e é melhor que permaneça assim. Por isso, é um alívio saber que “Confissões de Adolescente”, novo filme de Daniel Filho com roteiro de Matheus Souza inspirado na série dos anos 90, não é nada nostálgico.

+ Veja salas e horários para assistir ao filme
+ Confira as estreias da semana nos cinemas
+ Relembre as melhores séries de TV dos anos 90
 

É duro encarar a realidade, mas já faz 20 anos que a série da TV Cultura estreou, se estendendo até o final de 1996 durante apenas duas temporadas. 20 anos, entenda, é tempo suficiente para que uma das protagonistas – Deborah Secco, que vivia a mais jovem de quatro irmãs adolescentes – voltasse para interpretar a mãe de um dos novos personagens.

Quem tem idade para ter assistido ao original provavelmente está sentindo agora aquele misto de desejo e medo de encarar a nova produção. E se estragarem o que era bom? Pois podem respirar aliviados: o filme não tenta ser uma sequência, nem um remake. “Confissões de Adolescente” tem vida própria e promete ser para os adolescentes de hoje o que “Confissões de Adolescente” foi para seus pais (ou irmãos mais velhos) tantos anos atrás: um espelho do que significa ser jovem.

A estrutura da trama é a mesma: quatro irmãs adolescentes, em diferentes idades, filhas de um pai solteiro, lidam com as dificuldades de cada fase da vida. Aqui, a mais velha (Sophia Abraão) é quem lidera a história, fazendo as vezes de narradora ou jogando comentários inspirados aqui ou ali – numa espécie de videolog. Ela já saiu de casa e tem seu próprio apartamento, mas agora está à procura do primeiro emprego e começa a questionar um namoro de muitos anos.

A segunda mais velha é Alice (Malu Rodrigues). Ela quer perder a virgindade com o namorado, mas está tendo dificuldades. Sua luta é para que o pai não descubra tudo. Já a terceira é Bianca (Isabella Camero), cuja vida ainda gira em torno da escola, mas que está começando a pensar no vestibular. Em seu círculo estão as questões mais espinhosas de bullying, segredos e falsas amizades.

A mais nova das quatro é Carina (Clara Tiezzi), que ainda não vê nenhum grande problema na vida pessoal, mas que se torna alvo de um menino apaixonado, que tenta chamar a atenção de qualquer maneira e garante algumas risadas inocentes. Cássio Gabus Mendes vive o pai, Paulo – antes interpretado por Luís Gustavo sob o mesmo nome.

“Confissões” tem os dois pés fincados no século XXI – há computadores e celulares por toda a parte, há referências da cultura pop (e rock) - mas não difere muito daquele final de século XX. Também não haveria porquê – as questões ainda são as mesmas. Crescer, afinal, ainda envolve escolhas difíceis e muita, mas muita insegurança disfarçada em maquiagens pesadas e atitudes cool. Coisas que só sendo adolescente para entender.

Assista se você:

- Era fã da série original

- É adolescente hoje

- Procura um filme leve e sincero sobre a vida jovem

Não assista se você:

- Procura um filme mais cabeça

- Nunca gostou de séries adolescentes como "Confissões" ou "Malhação"

- Não se interessa por filmes sobre jovens

Atualizado em 10 Jan 2014.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Infância de Pharrell Williams será retratada em musical de Hollywood

"Atlantis" terá produção da FOX e direção de Michael Mayer

12 Filmes, séries e mangás de ficção científica para conhecer depois de “A Vigilante do Amanhã”

Obras como “Matrix” e “Paprika” dialogam diretamente com os temas do filme com Scarlett Johansson

Novo trailer de "Homem-Aranha: De Volta ao Lar" mostra cena estrelada pelos Vingadores

Nova fase do herói nas telonas estreia no dia 6 de julho

Warner divulga primeiras fotos do novo "Tomb Raider" - confira!

Filme estreia em março de 2018

10 Suspenses psicológicos para quem gostou de “Fragmentado”

Conheça outros filmes surpreendentes sobre transtornos mentais e identidades múltiplas

“Logan” e “A Bela e A Fera” são os filmes mais vistos nos cinemas em 2017; confira os números

Veja o balanço completo das bilheterias mundiais em 2017