Guia da Semana

Curiosidades do Oscar 2007

Saiba algumas curiosidades da premiação deste ano

A característica mais visível do Oscar 2007, em relação aos prêmios anteriores, é a diversidade cultural dentro dele, raro em outras ocasiões. Entre os cinco filmes indicados ao prêmio máximo, apenas um faz parte do clássico cinema hollywoodiano, Os Infiltrados, mesmo tendo sido adaptado de um sucesso de Hong-Kong, Conflitos Internos.

Além dele há Babel, que, assim como este Oscar, é uma produção americana cercada de outras culturas. O diretor é mexicano e no filme são falados sete idiomas diferentes. Em Cartas de Iwo Jima, também americano, o idioma falado é o japonês. E ainda Pequena Miss Sunshine (foto), filme independente, e A Rainha, uma produção inglesa.

Dentre os atores indicados isto fica ainda mais claro. Nos prêmios de atrizes e atores, principais e coadjuvantes, são 20 personalidades, com nove nacionalidades diferentes. A maioria é de americanos, mas há também representantes da Inglaterra, Canadá, Austrália, Irlanda, Espanha, Japão, Benin e México.

O México, aliás, foi o país que mais se destacou neste Oscar. Com três diretores, Alejandro González Iñarritu, de Babel, Guillermo Del Toro, de O Labirinto do Fauno (foto), e Alfonso Cuarón, de Filhos da Esperança, o país conseguiu receber 16 indicações. Levando inclusive uma de melhor diretor para Iñarritu, sua primeira ao prêmio.

Além dele, muitos foram indicados pela primeira vez, como os favoritos Forest Whitaker, Eddie Murphy e Jennifer Hudson. Ainda estão na lista de estreantes Ryan Gosling, Penélope Cruz, Jackie Earle Haley, Mark Wahlberg, Adriana Barraza, Cate Blanchett, Rinko Kikuchi, e Abigail Breslin, de apenas 10 anos.

Enquanto alguns estão estreando, outros já se acostumaram com a festa, como é o caso de Meryl Streep (foto), que é indicada pela 14ª vez ao prêmio, tendo levado duas estatuetas para casa. O ator Peter O´Toole já foi indicado 8 vezes ao prêmio, mas nunca levou como ator. Ganhou apenas um Oscar de conjunto da obra, em 2003. Menor sorte tem o diretor Martin Scorsese, que teve agora sua sexta indicação e nunca levou prêmio algum, o que todos esperam que aconteça agora.

O que ninguém esperava era que o filme mais indicado do ano, Dreamgirls - Em Busca de um Sonho, não entrasse em nenhuma das categorias principais. O filme recebeu oito nomeações, mas as mais importantes, em que ele é favorito, é as de ator e atriz coadjuvantes. Bem diferente foi o caso de Pequena Miss Sunshine, que não era esperado mas recebeu quatro indicações e hoje é tido como o favorito ao prêmio principal.

Voltar

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

"A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

Estreia está agendada para junho de 2017

Cahiers du Cinéma elege os melhores filmes de 2016

O brasileiro "Aquarius" aparece em quarto lugar na lista

Após acidente aéreo, estreia de “Sully” é adiada

Filme com Tom Hanks sobre um piloto de avião seria lançado nesta quinta-feira

Fã edita os oito filmes de Harry Potter em um único vídeo de 78 minutos

Porque quantidade não é qualidade! :p