Guia da Semana

Entrevista com Jason Statham

De Los Angeles


Sem grande estardalhaço, Jason Statham foi conquistando um público bastante fiel e constante: o pessoal que ama filmes de ação desenfreada, cheios de lutas e perseguições e sem muita preocupação de roteiro. A série Carga Explosiva e o hit Adrenalina que o digam, mas, justiça seja feita, ele se esforça em vários outros gêneros também e com bons resultados. Snatch - Porcos e Diamantes é um bom exemplo. Agora, esse londrino maluco deixa a agressividade um pouco de lado em Efeito Dominó, a melhor pedida entre as estréias da semana. Ele interpreta o líder de uma gangue amadora de ladrões que arma um dos maiores assaltos a banco da história da Inglaterra. E mostra que também sabe atuar sem ter que chutar, correr e chutar mais um pouco.

Nosso correspondente internacional conversou com o ator em Los Angeles, confira o bate-papo.

Fábio M. Barreto: Tudo é tão bem encaixado na história, que fica até difícil de acreditar que seja baseada em fatos reais. É tudo exatamente como aconteceu?
Jason Statham: Absolutamente! Os fatos foram assim: houve um assalto a um banco na Baker Street, em 1971, durante três dias, a imprensa massacrou o assunto, expondo detalhes, falando dos possíveis ladrões, etc; mas, no quarto dia, ninguém falou mais nada! Então, como o único meio de calar a imprensa com uma D Notice (instrumento governamental obrigatório que proíbe a publicação de um assunto em especial) só pode acontecer com a assinatura tanto do Primeiro Ministro quanto da Rainha, não precisa ser muito genial para notar que existia algo naquelas caixas de depósito que a Família Real não podia deixar que se tornasse público. Todo mundo sabe que muita gente influente do East End usava aquele banco. Além disso, havia um sujeito metido a político e líder revolucionário chamado Michael X, que estava claramente chantageando o governo com supostas fotos envolvendo a Família Real. Algumas coisas foram mudadas para dar ritmo, mas a história foi contada como aconteceu - pelo menos para o público.

E aquela cena de luta no final? Um pouco do toque de Hollywood para agradar a seu público fiel?
Jason Statham: Tô de saco cheio desse povo que fica me fazendo lutar! Eu fico p*** da vida com isso. (risos)

Foi como se você estivesse quase deixando seu lado "herói de ação" para trás e, de repente, no final, uma luta...
Jason Statham: Sabe o que me enche nisso tudo, na verdade? O que eles colocam na m**da do trailer! Qualquer movimento mais rápido que eu faça, ou uma corridinha, e pronto só vai aparecer isso no trailer. É uma droga ter que ser do jeito que Hollywood acha que eu tenho que aparecer. Eles tentam passar a idéia de um filme de ação para atrair o pessoal, mas é absolutamente o oposto do que é esse filme. Odeio isso, sério! Claro que tem um pouco de ação, já que claramente estamos falando de um mundo de violência e falsidade - são bandidos, oras - e, no final, a gente precisa se salvar, mas não é certo tentar transformar uma boa história como essa em um mero filme de ação, afinal, ele é muito mais do que isso.

Ah, por favor, não diga que tem planos de deixar os filmes de ação de lado!
Jason Statham: De maneira alguma! (risos) Estou indo fazer mais dois. Adoro filmes de ação! A razão que me faz encarar filmes fantásticos como Efeito Dominó é que posso ter contato com outro público, mais gente vai ver o meu trabalho. Em Carga Explosiva, por exemplo, o pessoal já conhece e vai prestigiar e, quem sabe, até mesmo eles são motivados a ver um gênero diferente. Sou muito agradecido aos filmes de ação. Devo tudo a eles!

E quais são esses dois filmes?
Jason Statham: Vamos começar a filmar Carga Explosiva 3. Fico na academia fazendo exercícios das seis da manhã até o meio-dia, todo dia! E, quando terminar, vou fazer Adrenalina 2. Duas continuações meio doidas.

Pode ser dito que seu personagem em Efeito Dominó é um "homem de família". Você gostou de trabalhar ao lado de crianças?
Jason Statham: Para ser sincero, essa foi uma das razões pelas quais eu gostei desse papel. Queria interagir com crianças e não passar o tempo todo batendo em gente. O diferencial aqui é que pude aprender mais e criar situações mais emocionais que as de costume. Crianças ajudam nesse processo, e muito.

Não dá para ser muito emotivo quando você precisa encher o outro sujeito de porrada, não?
Jason Statham: (risos). A única emoção que aqueles m***as sentem é isso! [mostrando o punho] (risos)

Algum dos ladrões ajudou no filme? Talvez como consultor?
Jason Statham: Conhecemos um deles, sim. Ele foi até o set de filmagens e jantou com o Roger Donaldson [director] e Steve Chasman [produtor]. Depois passou algumas horas comigo para me contar um pouco mais da história.

Foi ele a inspiração para seu personagem Terry?
Jason Statham: Bem, desde o início, garantimos que respeitaríamos a privacidade deles. Alguns foram para a prisão, outros não... então, não é bom falar sobre quem fez isso ou aquilo e o que fizemos com os personagens. Mas garanto que ele ajudou muito com alguns segredinhos! (risos)

Foto: Divulgação

Leia as entrevistas anteriores do nosso correspondente:

  • Emile Hirsch: Confira a conversa com o novo astro de Speed Racer

  • Miley Cyrus: Veja como foi o bate-papo com o furacão teen Hannah Montana

    Quem é o colunista: Fábio M. Barreto adora escrever, não dispensa uma noitada na frente do vídeo game e é apaixonado pela filha, Ariel. Entre suas esquisitices prediletas está o fanatismo por Guerra nas Estrelas e uma medalha de ouro como Campeão Paulista Universitário de Arco e Flecha.

    O que faz: Jornalista profissional há 12 anos, correspondente internacional em Los Angeles, crítico de cinema e vivendo o grande sonho de cobrir o mundo do entretenimento em Hollywood.

    Pecado gastronômico: Morango com Creme de Leite! Diretamente do Olimpo!

    Melhor lugar do Brasil: There´s no place like home. Onde quer que seja, nosso lar é sempre o melhor lugar.

  • Atualizado em 10 Abr 2012.

    Compartilhe

    Comentários

    Outras notícias recomendadas

    "50 Tons Mais Escuros" ganha trailer inédito; confira

    Novo vídeo do longa está mais caliente do que nunca!

    Clássico de Chaplin tem sessão gratuita no Auditório Ibirapuera

    Exibição encerra a programação do centenário de Paulo Emílio Sales Gomes

    Saiu o primeiro teaser de "Homem Aranha: De Volta ao Ler"; vem assistir!

    Trailer completo será divulgado nesta quinta-feira

    Mais de 20 fotos inéditas de "Transformers: O Último Cavaleiro" vazam na internet; confira

    Próximo longa da franquia estreia em junho de 2017

    "O Círculo": Suspense com Tom Hanks e Emma Watson ganha primeiro trailer

    Em 2017, os atores vão se encontrar nas telonas pela primeira vez

    Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

    Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"