Guia da Semana

Filme brasileiro está na lista dos 10 melhores do NYT

Filme premiado do diretor pernambucano Kleber Mendonça Filho integra lista ao lado de Tarantino e Steven Spielberg

O longa-metragem brasileiro O Som ao Redor entrou na lista do crítico Anthony Oliver Scott, do jornal americano The New York Times, como um dos 10 melhores filmes de 2012.
Dirigido pelo cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho, o longa aparece ao lado de trabalhos de Quentin Tarantino e Steven Spielberg, e já foi premiado nos festivais de Roterdã (Prêmio da crítica FIPRESCI), Gramado (Melhor Som, Filme da Crítica, Filme do Público e Diretor, Rio (Melhor Filme e Roteiro), entre outros. O filme tem estreia prevista para 4 de janeiro de 2013.
 
Confira a lista completa dos 10 melhores do The New York Times:

1 - Amor, de Michael Haneke
2 - Lincoln, de Steven Spielberg
3 - Beasts of the Southern Wild, de Benh Zeitlin 
4 - Footnote, de Joseph Cedar
5 - O Mestre, de Paul Thomas Anderson
6 - A Hora Mais Escura, de Kathryn Bigelow
7 - Django Livre, de Quentin Tarantino
8 - Goodbye, First Love, de Mia Hansen-Love
9 - O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho
10 - The Grey, de Joe Carnahan

Atualizado em 14 Dez 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

8 Filmes imperdíveis que chegam aos cinemas em maio

"Corra!" e "Alien: Covenant" chegam aos cinemas neste mês

“Gostosas, Lindas e Sexies” – Sex and the City à brasileira chega aos cinemas com elenco plus-size

Filme estreia nesta quinta, 20 de abril

Será? Will Smith pode ser o Gênio no live-action de "Aladdin"

Segundo o Deadline, ator está em negociações com a Disney

5 Motivos para (ir correndo) ver “Guardiões da Galáxia Vol. 2”

Filme chega aos cinemas no dia 25 de abril e já tem ingressos à venda

“Paixão Obsessiva”: suspense trash com Katherine Heigl estreia nesta quinta

Heigl interpreta uma ex-mulher determinada a eliminar a atual

“Paterson” - Adam Driver é um poeta do cotidiano em novo filme de Jim Jarmusch

Filme conta a história de um motorista de ônibus que escreve poemas nas horas vagas