Guia da Semana

Filmes Imperdíveis do Festival É Tudo Verdade 2014

Edição traz documentários sobre a repressão atual em diferentes países, além de biografias e experiências com a linguagem

A 19º edição do Festival É Tudo Verdade acontece simultaneamente em São Paulo e Rio de Janeiro entre os dias 4 e 13 de abril, antes de seguir para Campinas, Brasília e Belo Horizonte.  Este ano, destacam-se produções que registram ou discutem os recentes protestos populares (no Brasil e no mundo) e a opressão de governos como o chinês.

Esta é a chance, ainda, de conferir o novo trabalho do diretor francês Michel Gondry, bem como acompanhar uma turnê da banda Los Hermanos, ou conhecer os mistérios da musa Brigitte Bardot. Confira a seleção do Guia da Semana com sete filmes imperdíveis do Festival É Tudo Verdade 2014:

 

Ai Weiwei O Caso Falso (Andreas Johnsen, Dinamarca, 86 min., 2013)


O artista plástico chinês Ai Weiwei ganhou fama mundial ao ser censurado pelo governo, depois preso e mantido em suposto cativeiro por três meses, pelo teor político de suas obras, provocativas e sem pudor. Após a detenção, Andreas Johnsen acompanha o artista em sua vida privada, num período de um ano de liberdade restrita.

 

Bardot, A Incompreendida (David Teboul, França, 115 min., 2013)


O diretor David Teboul queria fazer um documentário sobre a vida e a carreira da atriz francesa Brigitte Bardot, mas deparou-se com uma barreira: Bardot se recusava a ser entrevistada. Diante do desafio, o cineasta decidiu explorar arquivos e pessoas próximas à estrela, formando um perfil indireto.

 

O Homem que é Alto é Feliz? (Michel Gondry, França, 88 min., 2013)


Em 2013, Michel Gondry apresentou seu novo documentário – uma conversa ilustrada com animação com o filósofo e linguista Noam Chomsky – primeiro em universidades, deixando claro que sua obra era mais do que entretenimento. Este ano, o filme foi ao festival de Berlim e agora chega ao É Tudo Verdade, em primeira mão no Brasil.

 

Los Hermanos – Esse é Só Começo do Fim da Nossa Vida (Maria Ribeiro, RJ, 85 min., 2013)


Fãs da banda Los Hermanos sabem que o grupo anunciou o fim (ou uma longa pausa) cerca de cinco anos atrás, quando completaram dez de carreira. Agora, eles se reúnem para uma nova turnê, quase lendária, e Maria Ribeiro os acompanha com a câmera.

 

A Mentira de Armstrong (Alex Gibney, EUA, 124 min., 2013)


Quando Alex Gibney resolveu fazer um documentário sobre o ciclista Lance Armstrong, sua intenção era exaltar a força e a superação na vida do atleta, heptacampeão do Tour de France. No meio do caminho, porém, Armstrong foi considerado culpado num longo processo que o acusava de dopping, e sua imagem se transformou radicalmente – mudando os rumos do filme.

 

20 centavos (Tiago Tambelli, SP, 53 min., 2014)


As marchas de junho, em São Paulo, marcaram um período de instabilidade no Brasil que será lembrado nos próximos anos. Tiago Tambelli oferece um dos primeiros registros cinematográficos das manifestações, num média-metragem que estreia durante o festival.

 

Jasmine (Alain Ughetto, França, 70 min., 2013)


O diretor francês Alain Ughetto segue em “Jasmine” os passos de Ari Folman em “Valsa com Bashir”. Apaixonado por uma iraniana, ele reconta sua história de amor, turbulenta durante a revolução iraniana dos anos 70, por meio de animação em stop-motion misturada a imagens reais.

Atualizado em 7 Abr 2014.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Veja os melhores cosplays da Comic Con Experience 2016 (CCXP)

Evento acontece no São Paulo Expo entre 1 e 4 de dezembro

CCXP 2016 surpreende com vídeos exclusivos no segundo dia de evento

Cena de novo “Homem-Aranha” e trailer de “Planeta dos Macacos: A Guerra” foram destaques na sexta-feira

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

"A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

Estreia está agendada para junho de 2017

Cahiers du Cinéma elege os melhores filmes de 2016

O brasileiro "Aquarius" aparece em quarto lugar na lista