Guia da Semana

Melhores filmes de Barbra Streisand

A diva do cinema e da música americana completa 71 anos hoje

Hoje é um dia muito especial para a música e para o cinema americano: a cantora, atriz e diretora Barbra Streisand completa 71 anos. Premiada tanto por suas canções quanto pelos filmes (especialmente as comédias), Barbra permanece uma das artistas mais completas da atualidade.

+ Conheça os melhores filmes sobre músicos estrangeiros
+ Descubra o filme certo para cada signo
+ Saiba quais são os principais lançamentos do cinema em 2013

Para comemorar esta data, selecionamos 5 filmes que marcaram a carreira da artista.

 

Entrando Numa Fria Maior Ainda (2004)

Ben Stiller, Dustin Hoffman e Barbra Streisand em Entrando Numa Fria Maior Ainda

A sequência do sucesso Entrando Numa Fria traz Greg Focker (Bem Stiller) e seu sogro Jack Byrne (Robert De Niro) em paz, depois dos desentendimentos do primeiro filme.  O problema, agora, é que os pais dos noivos precisam se conhecer. Barbra vive a mãe de Greg, uma mulher liberal e (é claro) engraçadíssima que vai virar a vida dos Byrnes de cabeça para baixo.

 

Querem Me Enlouquecer (1987)

Barbra Streisand no papel de acusada

Apesar de ser mais conhecida pelas comédias, Barbra Streisand também sabe comandar um bom drama. Em “Querem me Enlouquecer”, ela viveu uma prostituta e até matou uma pessoa. Na hora do julgamento, porém, a personagem se revela mais preocupada em provar sua sanidade mental do que a inocência – já que a família alega a loucura para defendê-la.

 

Essa Pequena É Uma Parada (1972)

Barbra de boina no papel de Judy Maxwell

Há poucas coisas mais divertidas num filme do que ver Barbra Streisand interpretando garotas maluquinhas. Aqui, ela é Judy Maxwell, uma jovem desastrada e inteligente que cruza o caminho de um professor de música do interior, que veio à cidade grande tentar a sorte num prêmio de pesquisa ao lado da esposa. Quando quatro malas são trocadas, envolvendo documentos secretos e jóias roubadas, a confusão está garantida.

 

Alô, Dolly! (1969)

Barbra Streisand é a casamenteira Dolly

O famoso musical da Broadway (que ganhou uma versão recente no Brasil com Marília Pêra) foi um sucesso também nos cinemas. Dirigido por Gene Kelly, o filme de 1969 traz Barbra no papel de Dolly Levi, uma viúva casamenteira que se apaixona por um homem rico de Nova York e vai entrelaçando as relações  entre pessoas à sua volta até conseguir o que quer.

 

Funny Girl – A Garota Genial (1968)

Omar Sharif e Barbra Streisand se abraçam em Funny Girl

Em Funny Girl, não teve para ninguém: Barbra Streisand levou seu primeiro e único Oscar como atriz no papel da comediante Fanny Brice (ela também venceria a estatueta pela canção original de Nasce Uma Estrela em 1977). Fanny passou a infância numa comunidade bastante simples e começou a chamar a atenção nos palcos por seu humor afiado. O filme mostra sua relação com o marido, que tem uma trajetória decadente enquanto ela se torna uma estrela.

 

 

Atualizado em 24 Abr 2013.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety

Assista à nova prévia de "Tamo Junto", comédia estrelada por Sophie Charlotte

Longa apresenta humor repleto de referências da cultura pop

Bertolucci revela que houve estupro em cena de "Último Tango em Paris" e revolta Hollywood

"Queria sua reação como garota, não como atriz", disse o diretor