Guia da Semana

"Na Quebrada" leva aos cinemas a realidade da periferia de São Paulo

Coproduzido por jovens do Instituto Criar, o filme estreia na próxima quinta

Chega aos cinemas nesta quinta-feira, 16 de outubro, "Na Quebrada", mais um longa dedicado a mostrar a vida dos jovens na periferia de São Paulo. Inspirado em histórias reais, o filme é continuação do curta "Cine Rincão", exibido no Festival de Veneza em 2012 e único representante nacional na final do Your Film Festival. Produzido através do Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias, "Na Quebrada" é mais um exemplo das transformações que ONGs e ações sociais causam nas vidas das periferias.

Dirigido por Fernando Grostein Andrade, "Na Quebrada" revela a luta e as escolhas de jovens que cresceram entre as armas e tiros na periferia da capital. Zeca sobreviveu a uma chacina; Gerson nunca viu seu pai fora das grades; Joana sonha com a mãe que nunca conheceu. Assim, esses jovens descobrem como o cinema pode tornar-se um caminho para enfrentar os seus destinos.

Concebido através de ações do Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias, o filme vem de uma ampla pesquisa realizada pelos seus alunos. Apesar de se tratar de uma ficção, o longa é inspirado na trajetória de rapazes e moças moradores da periferia de São Paulo. Vale dizer que o longa foi codirigido por Paulo Eduardo, aluno formado pela Oficina de Edição da primeira turma do Instituto Criar. Mais de 25 alunos também estiveram envolvidos na produção, trabalhando na frente e atrás das câmeras.

Por mais que seja inferior a longas do gênero, como "Cidade de Deus" ou "5x Favela", "Na Quebrada" mostra-se mais do que um filme. Além da importância da divulgação, através da arte, da realidade das periferias, o filme é exemplo direto de como o cinema pode influenciar e salvar vidas. Atenta ao fato, a divulgação do filme pretende distribuir cópias em DVD para os alunos do Instituto Criar, além de convidá-los a sessões especiais do filme. Mais do que assistir, o contato com a arte é essencial na vida de qualquer cidadão. Assim, "Na Quebrada" denuncia a falta de acesso à cultura que grande parte da população sofre, provando que é hora de acabar com esse estigma e garantir a arte a todos.

Atualizado em 18 Out 2014.

Por Ricardo Archilha
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Logan: "filme definitivo" do Wolverine chega aos cinemas

Longa marca a despedida de Hugh Jackman do personagem que viveu por 17 anos

Um Limite Entre Nós: filme indicado ao Oscar chega ao Brasil em cima da hora

Longa traz Denzel Washington e Viola Davis em atuações singulares

Confira os melhores momentos da passagem de Hugh Jackman pelo Brasil

“Silêncio”: 3 motivos para ver o novo filme de Scorsese (e 3 para pensar duas vezes)

Longa traz Andrew Garfield e Adam Driver como padres jesuítas

Playarte Splendor inaugura novo cardápio para ser degustado no cinema

Praticidade é o foco dos novos petiscos da Sala Vip

Cinema nacional tem crescimento expressivo em 2016

Filmes brasileiros atraíram 30,4 milhões de espectadores no último ano