Guia da Semana

Os injustiçados do Oscar 2013

O francês Intocáveis, Kathryn Bigelow e Tarantino não são indicados ao maior prêmio da indústria de cinema

A corrida do Oscar 2013 já começou e os indicados do ano já dividem opiniões. Com uma lista de filmes bastante diversificada é Lincoln, de Steven Spielberg, que reina absoluto com 12 indicações. No entanto, muitos bons trabalhos ficaram de fora, como o francês Intocáveis, que estava dado como certo para boa parte das pessoas para a categoria melhor filme estrangeiro.

+ Veja os indicados ao Oscar 2013
+ Confira os favoritos ao Oscar 2013
+ Saiba quem são os indicados ao Globo de Ouro 2013

Quem também não entrou na disputa foi Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge e o ator Leonardo DiCaprio. Confira abaixo alguns injustiçados do Oscar 2013:

Direção

A cineasta Kathryn Bigelow, de A Hora mais Escura

Eis uma categoria polêmica. Entre os indicados a melhor diretor estão Ang Lee, Steven Spielberg, David O. Russell, Benh Zeitlin e Michael Haneke. Apesar da lista justa, ainda é complicado não ver Kathryn Bigelow, do famigerado A hora mais Escura; Ben Affleck, que se mostrou melhor diretor do que ator com Argo; e Tom Hooper com o espetáculo de Os Miseráveis.

Quentin Tarantino (Django Livre) e Wes Anderson (Moonrise Kingdom) também não são exatamente o estilo que a Academia de Hollywood celebra, mas este é um bom ano para a carreira de Tarantino, sobretudo. Caso também de Paul Thomas Anderson (O Mestre), que em 2013 soma indicações para seu forte elenco formado por Phillip Seymour-Hoffman, Joaquin Phoenix e Amy Adams.

Filme estrangeiro

O francês Intocáveis ficou fora da disputa

Depois de um filme francês levar o grande prêmio do Oscar – O Artista levou a estatueta de melhor filme, em 2012-, a França fica injustamente de fora da disputa em 2013. Isso porque o, praticamente unânime, Intocáveis não ficou entre os cinco indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro.  A comédia dramática dirigida por Eric Toledano e Olivier Nakache é o filme mais visto na França e bateu os números da terra natal na bilheteria internacional. Além disso, muita gente já estava contando com a vitória evidente desse filme.

Outro francês injustiçado é Holy Motors. Ok, não é um filme para grandes bilheterias e tem vários momentos indigestos para o espectador que procura diversão. O diretor Leos Carax pode até ficar de fora, mas o ator Denis Lavant merecia algum reconhecimento por seu ótimo trabalho na pele de Monsieur Oscar. 

Filmes nerds

Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge, de Christopher Nolan

A última parte da trilogia de Christopher Nolan, Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge foi ignorado no Oscar deste ano. Dessa vez não temos uma grande interpretação como a de Heath Ledger, em 2009, em Batman – O Cavaleiro das Trevas, mas ainda é um filme com muitas qualidades e valeria ao menos uma indicação ao compositor Hans Zimer, pela trilha sonora.

Quem também merecia entrar pela trilha sonora é O Hobbit: Uma jornada inesperada, que foi indicado nas categorias melhor maquiagem, efeitos visuais e direção de arte.  Já Os Vingadores, também indicado na categoria de melhor efeitos visuais, seria um grande potencial para outros prêmios técnicos como edição de som, mixagem de som, fotografia e figurino.

Ator

Leonardo DiCaprio, em Django Livre, de Tarantino

Os eternos injustiçados Leonardo diCaprio e Brad Pitt estão de fora mais uma vez. Neste ano, DiCaprio não recebeu nenhuma indicação por Django Livre, mas ainda resta uma esperança, já que foi adiado o lançamento de O Grande Gatsby, aumentando as chances do ator no ano que vem.

Para Brad Pitt, o filme que poderia lhe render alguma indicação é O Homem da Máfia, do diretor Andrew Dominik, de O Assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford. Vai Bradley Cooper, mas não vai DiCaprio e Pitt?

Atualizado em 13 Fev 2013.

Por Mariana Morais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

17 filmes para assistir no NOW durante o feriado de Carnaval

De terror a animação, confira filmes que vão te entreter nesse feriado

Logan: "filme definitivo" do Wolverine chega aos cinemas

Longa marca a despedida de Hugh Jackman do personagem que viveu por 17 anos

Um Limite Entre Nós: filme indicado ao Oscar chega ao Brasil em cima da hora

Longa traz Denzel Washington e Viola Davis em atuações singulares

13 filmes indicados ao Oscar que você pode assistir em casa agora mesmo

Do premiado “A Chegada” ao emocionante “Fogo no Mar”, veja quais são os filmes do Oscar para assistir no NOW

Confira os melhores momentos da passagem de Hugh Jackman pelo Brasil

“Silêncio”: 3 motivos para ver o novo filme de Scorsese (e 3 para pensar duas vezes)

Longa traz Andrew Garfield e Adam Driver como padres jesuítas