Guia da Semana

Padilha quer nova lei de incentivo ao cinema

Diretor de Tropa de Elite 2 abriu mão de distribuidora para testar modelo

18 de outubro de 2010

 

O cineasta brasileiro José Padilha pega carona na estreia bem-sucedida de Tropa de Elite 2 para discutir a questão das leis de incentivo às produções cinematográficas no país. Segundo ele, ao contrário do modelo de contrato norte-americano, os filmes nacionais recebem muito mais investimentos do produtor que do distribuidor.

 

Para comprovar esta prática, Padilha abriu mão de um distribuidor neste seu último filme e diz que vai apresentar ao governo um relatório com os resultados desta experiência. Antes de fazer uma proposta de mudança na legislação, o diretor vai se reunir com grandes produtores brasileiros com o objetivo de montar uma distribuidora.

 

Com menos de duas semanas em cartaz, Tropa de Elite 2 já atingiu o patamar de três milhões de espectadores.

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Oscar 2017: "La La Land" lidera e Meryl Streep bate recorde; confira todos os indicados

Musical concorre a 14 prêmios e atriz é indicada pela 20ª vez

Título do novo "Star Wars" é revelado: "The Last Jedi"

Oitavo episódio da saga chega aos cinemas em dezembro

"Batman vs. Superman" lidera indicações ao Framboesa de Ouro 2017; veja lista completa

Ao contrário do Oscar, premiação elege os piores filmes do ano

J.K. Rowling desmente boato sobre filme de "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada"

"Não há verdade nos rumores sobre a trilogia", disse a escritora no Twitter

Após vídeo de supostos maus-tratos, pré-estreia de "Quatro Vidas de Um Cachorro" é cancelada

Universal Pictures divulgou comunicado oficial informando o cancelamento

Animação francesa “A Bailarina” é opção para as férias

Filme mostra uma menina que sonha em ser bailarina, mas, para isso, terá que aprender lições importantes de vida