Guia da Semana

Vencedores do Festival de Cannes 2012

Francês 'Amour' é o vencedor da Palma de Ouro da 65ª edição do Festival de Cannes. Conheça os premiados em toda categorias

Amour, filme assinado pelo austríaco Michael Haneke, é o grande vencedor de Cannes 2012. É a segunda vez que o diretor leva a Palma de Ouro, já que em 2009 foi premiado com o troféu pelo cult A Fita Branca.

>> Conheça os filmes indicados no Festival de Cannes 2012
>> Confira as estreias da semana
>> Saiba quais foram os filmes mais vistos do fim de semana
>> Veja os filmes que estão em cartaz na sua cidade

Este e outros oito prêmios da 65ª edição do festival mais charmoso da sétima arte foram entregues na tarde deste domingo, 27, em cerimônia realizada no Grande Teatro Lumière. Bérénice Brejo foi a mestre de cerimônias do evento que, desde o dia 16, reúne grandes atores e cineastas na Riviera Francesa para exibição das produções. 

Conheça os vencedores do Festival de Cannes 2012.

Palma de Ouro

Amour
Direção: Michael Haneke
País: França

Três anos depois de levar o mesmo prêmio pelo filme A Fita Branca, o austríaco Michael Haneke recebe a Palma de Ouro em Cannes 2012 pelo filme Amour. A escolha é vista como uma posição conservadora do júri, presidido por Nanni Moretti, já que é um filme clássico, sem grandes ousadias. O drama apresenta a relação entre dois idosos quando um deles está à beira da morte.

 

Grande Prêmio do Júri

Reality
Direção: Matteo Garrone 
País: Itália

A comédia italiana de Matteo Garrone levou o segundo maior prêmio do festival. Não é a primeira vez que o cineasta recebe o troféu; a primeira foi em 2008, por GomorraReality traz a história de um pescador, que conta com o seu talento cômico para participar do reality show Big Brother. A partir do momento em que ele é convocado para a seleção do programa, sua vida muda completamente.

 

Prêmio do Júri

The Angels' Share 
Direção:
 Ken Loach
País: Inglaterra 

Com elenco jovem, o filme inglês The Angels' Share ficou com o Prêmio do Júri do 65º Festival de Cannes. A produção é uma comédia dramática sobre um jovem que acabou de ter um filho com a namorada e por pouco não foi preso. Durante o serviço comunitário, ele conhece pessoas com a mesma dificuldade de encontrar emprego e descobre um dom para degustação de whisky.

 

Direção

Carlos Reygadas
Filme: Post Tenebras Lux
País: México

O prêmio mais polêmico do Festival de Cannes 2012 ficou para o diretor mexicano Carlos Reygadas, pelo filme Post Tenebras Lux. A produção recebeu diversas críticas negativas e foi vaiada por alguns membros da plateia durante a sessão para imprensa. A narrativa traz uma montagem de situações em torno de uma família que se mudou de uma grande cidade no México para o campo. 

 

Ator

Mads Mikkelsen
Filme: Jagten (The Hunt)
Direção: Thomas Vinterberg 
País: Dinamarca

O ator de Rei ArthurTristão e Depois do Casamento foi o vencedor do prêmio de melhor ator desta edição de Cannes. No drama, Mads Mikkelsen é Lucas, um homem que tem que lidar com a separação, a perda da guarda do filho e a acusação de ter mostrado suas partes íntimas a uma garotinha da creche onde trabalha. 

 

Atriz

Cosmina Stratan e Cristina Flutur
Filme: Dupa Dealuri (Beyond the Hills)
Direção: Cristian Mungiu
País: Romênia

O prêmio de melhor atriz foi dividido entre as duas protagonistas de Dupa Dealuri. Na trama, Cristina Flutur é Alina, que volta para a România para reencontra a amiga Voichita (Cosmina Stratan) e levá-la com ela de volta à Alemanha. Porém a garota está morando num monastério e encantada por Deus.

 

Roteiro

Dupla Dealuri (Beyond the Hills)
Direção:
 Cristian Mungiu
País: Romênia 

O filme de Cristian Mungiu também levou o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes 2012, apesar de ter dividido a crítica após a sessão que exibiu o longa para a imprensa. O diretor e roteirista do filme levou a Palma de Ouro em 2007, por Quatro Meses, Três Semanas e Dois Dias.

  

Câmera d'Or

Beasts of the Southern Wild
Diração: Behn Zeitlin
País: Estados Unidos

O prêmio dedicado ao melhor filme de um diretor estreante foi para o norte-americano Behn Zeitlin, pela produção Beasts of the Southern Wild. Em janeiro, o longa faturou o Grande Prêmio no Festival de Sundance, nos Estados Unidos. Na trama, a história de uma garotinha que vive com seu pai doente numa cabana em um terreno pantanoso perto do rio Mississippi. 

 

Curta-metragem

Sessiz-be Deng (Silêncio)
Direção: 
L. Rezan Yesilbas
País: 
Turquia

Atualizado em 29 Mai 2012.

Por Mariana Viola
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Confira o novo (e lindo) pôster de "A Bela e a Fera"

Novo live-action da Disney estreia no dia 17 de março

Pixar lança vídeo mostrando que os seus filmes estão realmente conectados; vem ver!

Brinquedos de "Toy Story" em "Monstros S.A." e outras conexões!

Reese Witherspoon quer fazer "Legalmente Loira 3"

"As mulheres precisam desse tipo de positividade hoje em dia", disse a atriz ao E! News

10 Filmes da Sessão da Tarde para ver na Netflix

“Operação Cupido” e “Aventureiros do Bairro Proibido” estão entre os filmes nostálgicos em cartaz

“Estrelas Além do Tempo” revela as mulheres negras que mudaram a história da NASA

Longa inspirador e bem-humorado estreia no dia 2 de fevereiro nos cinemas

“A Cura”: diretor de “O Chamado” retorna ao terror com longa sinistro e hipnotizante

Filme chega aos cinemas no dia 16 de fevereiro