Guia da Semana

Sob a Pele

Eduardo Calegari traz para a capital paranaense diversos simbolismos

Este evento terminou

Sob a Pele

Data Sáb 01 Jan 2000
19 a 27 de maio.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) segunda a sexta, 12h30 às 18h30.

Avenida João Gualberto, 530/570, 80030-000

Telefone (41) 3219-8000

O reinado do vermelho é a marca do artista plástico Eduardo Calegari, que traz para a capital paranaense a mostra Sob a Pele. O tema da exposição é o interno, com elementos do corpo humano utilizados em painéis e instalações que servem para mostrar a força de sentimento que as pessoas guardam dentro de si: os conflitos, o silêncio e os questionamentos.

Natural de Mandaguaçú, Calegari já expôs em Curitiba e leva uma carreira paralela em um banco. Segundo o artista, a mostra não utiliza simbolismos óbvios e não tem nenhuma intenção de registrar o lado biológico.

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Palacete Leão Júnior

Palacete Leão Júnior

Igreja Nossa Senhora da Glória

Igreja Nossa Senhora da Glória

23m

Cantina Bartoconti

Cantina Bartoconti

176m

Chalé da Glória

Chalé da Glória

202m

Planetário do Colégio Estadual do Paraná

Planetário do Colégio Estadual do Paraná

276m

Memorial Árabe

Memorial Árabe

354m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA