Macbeth

Tragédia de Shakespeare é encenada no Teatro Vivo com Marcello Antony e Claudio Fontana no elenco

Última publicação: 14/08/2012


  • Créditos: Divulgação / João Caldas


  • Créditos: Divulgação / João Caldas

INFORMAÇÕES DO EVENTO

  • Data(s): 1º de junho a 19 de agosto de 2012.
  • Horário(s): Sexta, 21h30; sábado, 21h; domingo, 19h.
  • Preço(s): R$ 50 (sexta e domingo); R$ 70 (sábado).
  • Onde: Teatro Vivo
    Avenida Doutor Chucri Zaidan, 860 - Morumbi | Como Chegar >

No início do século XVII, quando Shakespeare escreveu Macbeth, as mulheres ainda não atuavam e os papéis femininos eram interpretados por homens no teatro. Essa prática da época é resgatada pelo diretor Gabriel Villela na peça Macbeth, que estreia em 1º de junho no Teatro Vivo. Encabeçado por Marcello Antony e Claudio Fontana, o elenco é formado por oito atores homens.

>> Saiba quais são as peças que estreiam no teatro nesta semana
>> Vai ao teatro? Veja quais são as peças imperdíveis desta semana
>> Confira os musicais que vão agitar a cidade em 2012

A história se passa em 1047 quando, após vencer uma batalha e salvar a Escócia, Macbeth (Marcello Antony) sente que está chegando cada vez mais próximo do trono escocês. Influenciado por sua mulher, Lady Macbeth (Claudio Fontana), ele age por impulso e mata o Rei Duncan (Helio Cicero) para assumir a coroa. A partir disso, ele inicia uma sequência de assassinatos sem fim.

"O que mais estou curtindo são as nuances do personagem, que começa como herói e termina como vilão", conta Marcello, que encena pela segunda vez um texto de Shakespeare. 


Claudio Fontana e Marcello Antony protagonizam Macbeth (Crédito: Divulgação)

Para contar a tragédia shakespeariana, o diretor Gabriel Vilella incluiu um narrador na peça. "O texto original têm 20 personagens. Diminuímos para que pudesse ser encenado por oito atores e incluímos um narrador que entra em cena com o livro Macbeth e começa a contar a história", diz. O papel dos atores também é desempenhado de forma diferente. "Não estamos interpretando, mas contando a história para que a plateia sinta, imagine e a partir daí, interprete", explica Claudio Fontana.

Cenário e Figurino

Os elementos que compõe o espetáculo foram escolhidos a partir da criatividade da produção. Em cena, antena de carro se transforma em espada, coleira de cachorro vira coroa e a capa do rei e da rainha foram criadas a partir de cortinas de teatro. "Ao mesmo tempo em que criamos um figurino que remete à guerra, buscamos fazer uma brincadeira lúdica e artesanal em cima do conceito popular de transformar um objeto em outro", conta Gabriel.

Veja entrevista com diretor e elenco de Macbeth!

COMENTÁRIOS

Carla Martins Moreira

Adoro Shakespeare!!!!!!! Quero assistir.

26 de maio de 2012 às 20:48

アウメイダ・ ヘジアネ

Bruno Armelim, vamos assistir a estreia!!

30 de maio de 2012 às 20:00

Adonias Costa

Tambem vou...show

30 de maio de 2012 às 20:10

Bruno Armelim

Iupiiiiii!!!!

30 de maio de 2012 às 21:55

Mauricio Farias Murí

Quem estiver em Sampa, será bem-vindo!!

31 de maio de 2012 às 21:23

Luis Rodrigues

Esse é o cara. Macbeth e FB não combinam.

02 de junho de 2012 às 22:02

Bia Silvestre

Por isso prefiro Tim Maia "Vale tudo"

02 de junho de 2012 às 22:13

Bia Silvestre

Ahh e Elvis claro sempre ....

02 de junho de 2012 às 22:14

Alexandre Kavinski

Esnobe

03 de junho de 2012 às 02:25

Letícia Soares

Luciano Moreira morra de inveja... depois te conto os detalhes.

03 de junho de 2012 às 15:59

Odete Soares da Rocha

Ainda vou assisitir, mas pelas fotos o figurino e a maquiagem estão bons.

05 de junho de 2012 às 11:41

Bruno Armelim

Buááá, a peça é fraquinha.... Muito adaptada...

05 de junho de 2012 às 23:18

Maria Marinheira Amaral

estudante paga meia?

19 de junho de 2012 às 12:04

Giselle Leite

os ingressos, ja estao esgostado?

16 de agosto de 2012 às 14:34

Destaques do guia