Guia da Semana

É dos mais novos que elas gostam

Apesar de estarem sujeitas ao preconceito e brincadeiras constrangedoras, muitas meninas não tem vergonha de assumir que preferem namorar os meninos mais novos

Foto: Getty Images

Se você pudesse escolher as características que uma pessoa deveria ter para te conquistar, provavelmente viriam à cabeça atributos como beleza, inteligência, fidelidade, sinceridade e por aí vai.

Quando o assunto é idade, os gostos variam bastante. No entanto, é muito mais fácil encontrar garotas que preferem os meninos mais velhos ou, no máximo, da mesma idade. Até porque, dizem por aí que os homens são cerca de dois anos mais imaturos que as mulheres. Enquanto elas estão preocupadas planejando o futuro, eles ainda estão pensando na próxima rodada do Campeonato Brasileiro.

A psicóloga Cristina Godoy explica que a imaturidade masculina existe e pode pesar sim, "sobretudo quando se trata de adolescentes. Mas não é regra, encontramos também garotos mais maduros do que meninas da mesma idade".

Apesar disso, existem meninas que, além de prezar pelas características que costumam agradar a grande parte, têm uma preferência um tanto quanto inusitada: elas não dispensam os caras mais novos. A maioria das que assume esse gosto diz que eles são mais carinhosos, respeitadores e sinceros.

Alvo: os mais novos
A estudante Dayana Bessa, 20, faz parte do grupo das meninas que não vê nenhum problema em admitir que prefere os mais novos. "Descobri essa preferência quando comecei a gostar de um menino mais novo do que eu. Me relacionei com ele e tirei minhas próprias conclusões", conta Dayana, que garante que eles não têm "aquela maldade que os mais velhos costumam ter".

O menino tinha três anos a menos que ela e o relacionamento foi ótimo. Mas junto com a diferença de idade, vêm também o preconceito e as brincadeiras de mau gosto. "As pessoas brincam mesmo, fazem perguntas maldosas e colocam apelidos. Me chamavam de papa-anjo, pedófila e perguntavam se eu estava abrindo uma creche. Eu não ligo", afirma.

Foto: Arquivo pessoal
Dayana assume: "Prefiro os mais novos".

Entre as qualidades "exclusivas" dos meninos mais novos, Dayana aponta a sinceridade, seriedade e o companheirismo. "Eles são mais carinhosos e te levam mais a sério. Hoje em dia, as pessoas falam muito que os homens só querem saber de sexo e eu acho isso ridículo. Com os mais novos, me sinto mais segura porque dá pra perceber as verdadeiras intenções deles e não ficar pensando ´será que ele está comigo porque gosta ou por outros motivos?´", conta a estudante.

Mas, como tudo na vida tem suas desvantagens, namorar um cara mais novo do que você também pode ser difícil em alguns momentos. Dayana, apesar de gostar mais deles, admite que, nesse tipo de relacionamento, "você tenta fazer o garoto virar homem dando exemplo". "Como existe aquela coisa das mulheres amadurecerem mais rápido, além de namorada ou ficante, você acaba virando ´mãe´, do tipo que aconselha, chama a atenção e corrige", explica. Mas a estudante diz que, acima de tudo e independente da idade, em toda relação o essencial é o respeito.

Para Cristina, a busca por parceiros mais novos é um retrato dos dias de hoje. "Atualmente, a mulher já não busca no parceiro uma referência de estabilidade, de experiência, mas sim alguém que possa proporcionar momentos felizes e um padrão de relacionamento mais descontraído, com uma leveza comum à juventude", explica a psicóloga.

Alvo: as mais velhas
Assim como existem as meninas que adoram os mais novos, existem muitos meninos que não abrem mão de ter um "algo a mais" com uma garota mais velha. É o caso do modelo Diego Scarabel, 17, que já chegou a se relacionar com uma menina sete anos mais velha do que ele. Diego descobriu os encantos das "mais experientes", depois de ter ficado com uma, por acaso. "Foi algo inesquecível. Depois disso, ainda sofri várias desilusões com as mais novas", conta.

As razões pela qual o modelo prefere as mais velhas são simples: elas são mais "cabeça" e tem mais liberdade na hora de sair. "As mais novas levam tudo na brincadeira, o que acaba magoando o parceiro. Além disso, é difícil sair porque os pais não dão liberdade", explica.

Foto: Arquivo Pessoal
Diego acha que as mais velhas são mais maduras

Para Diego, as vantagens de namorar uma garota mais velha é que você acaba ganhando maturidade, pensando mais no futuro e deixando de "ser criança". Mas as desvantagens também existem e, assim como ele tem problemas com as limitações de uma menina mais nova, as mais velhas sofrem com as dele, que ainda não completou a maioridade. "No meu caso, não tenho acesso às coisas que uma pessoa mais velha já tem. E isso acaba sendo chato", explica.

Diego já namorou meninas mais velhas, mas para a sorte dele, nunca sofreu com o preconceito e brincadeiras maldosas. No entanto, ele garante que se isso acontecesse, ele não se importaria nem um pouco. "O que importa mesmo é a nossa felicidade e não a dos outros", diz.

Sim, pode dar certo!
Por incrível que pareça, para namorar um cara mais novo, a menina precisa ser bastante madura. Afinal, é bem provável que ela precise lidar com certos preconceitos e comentários maldosos e é importante que ela não deixe esse tipo de coisa influenciar em suas opiniões. No entanto, se ela e o garoto tiverem maturidade o suficiente para enfrentar alguns contratempos dessa situação, o relacionamento pode, sim, ter futuro.

Prova disso é a designer Bianca Gonçalves, 31 anos. O namoro dela com Paulo, que é quatro anos e meio mais novo, já dura nove anos e os dois estão de casamento marcado para outubro desse ano. Bianca descobriu que se dava melhor com os mais novos depois que suas relações com caras mais velhos não vingaram. "Dei mais certo com os mais novos. Eles me escutavam, me davam mais atenção, me tratavam como rainha. Para eles, namorar uma mulher mais experiente significa um certo status", explica.

Para a designer, os mais novos são mais carinhosos, cuidadosos, curiosos e até mesmo maduros em algumas situações. No entanto, Bianca aponta o preconceito da própria pessoa que vive esse tipo de experiência como desvantagem na relação. "No começo, mesmo estando apaixonada por um garoto mais novo, eu relutava comigo para não entrar nessa relação. Eu estava preocupada com o que a sociedade, os vizinhos e a família iam falar", conta a designer, que chegou a namorar caras mais velhos que, segundo ela, eram "uns bocós para certos assuntos". "Hoje em dia, maturidade não tem idade", conclui.

Colaborou:
Cristina Godoy
Psicóloga
Telefone: (11) 8133 9103

Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte