Guia da Semana

Estimulando o gosto pela leitura

Alguns detalhes podem mostrar para os pequenos a diversão no hábito de ler

Foto:Getty Images


Estimular o hábito da leitura para que seu filho encare os livros como "grandes amigos", usando e abusando deles com muito prazer.

Esta é uma tarefa fácil e que, de quebra, poderá servir de elo de união entre todos os integrantes da família, proporcionando momentos agradáveis entre pais e filhos.

Os livros estão cada vez mais atrativos e divertidos, e aumentam a todo o instante as opções para as crianças "não leitoras", de até 5 anos.

Embora esse público com idades entre 0 e 5 anos ainda não domine as letrinhas, é neste momento que devemos iniciar o estímulo, pois é nesta faixa de idade que as crianças mostram-se mais curiosas e atraídas por assuntos ligados a fatasia e criatividade.

Comprar livros bonitos, coloridos e bem feitos e contar histórias para os filhos, com certeza estimulará o gosto pela leitura.

Mas os pais podem fazer mais:

? Em casa, os momentos de exploração de leitura devem ser em ambientes (físicos e emocionais) agradáveis e aconchegantes.

? Faça passeios a livrarias. Atualmente as grandes lojas deste tipo contam com um acervo grande e variado, espaços bastante atrativos e ainda possuem várias atividades lúdicas agendadas para os finais de semana, preparadas por especialistas, com o propósito de explorar o mundo da imaginação e o gosto pela leitura e cultura.

? Para as crianças de 0 a 2 anos, os livros devem ser de páginas grossas (cartonados), bem coloridos, com figuras definidas e claras. Há também os livros musicais ou interativos. Elas devem explorar os livros à vontade, como e quando quiserem. Os adultos devem explorar as figuras nomeando-as ou fazendo relações entre elas e outros objetos, aumentando assim, gradativamente, o vocabulário e a percepção visual da criança.

? Para as crianças a partir de 3 anos, que tal começar a relacionar os conteúdos dos livros à vida prática? Antes de ir ao zoológico, por exemplo, compre um livro que fale sobre o assunto e o explore, relacionando-o ao futuro passeio. Pode-se também usar histórias que se relacionam com fatos que estejam acontecendo com as crianças, como por exemplo, uma história que fale sobre o medo do escuro ou sobre a vida na escola. Assim, a criança começará a perceber que os livros são grande fonte de informação e conforme forem crescendo, criarão naturalmente o hábito de procurar por eles quando necessitarem saber sobre algum assunto.

? A partir dos 4 anos pode-se começar a explorar de forma mais variada as histórias já conhecidas. É uma maneira divertida de "reinventar" o que sempre foi igual, e de quebra ajudar a estimular a criatividade e o pensamento crítico. Pode-se propor, por exemplo, criar um final diferente para a história, ou mesmo criar e inserir novos personagens em seu contexto. E ainda, que tal fazer perguntas "malucas", do tipo: "E se a linda princesa ficasse careca, bem no dia do casamento com o príncipe?" Pode ter certeza que as respostas das crianças serão divertidas e criativas!

? Nos momentos de ler uma história, cuidado com o tom da voz, que não deve ser monótono e constante. A leitura, para ser atrativa, deve ser feita de forma interpretativa para atrair a atenção dos pequenos. Use e abuse de gesticulações, expressões faciais ou mesmo musiquinhas, mesmo que as mesmas não façam parte da história original. Vale tudo para tornar o momento bem gostoso!

? E para os que já estão começando a ler ou mesmo os que já dominam bem a leitura, é importante que os livros contenham temas do interesse da criança e que a quantidade do texto, bem como o grau de dificuldade do vocabulário, estejam de acordo com a idade. Um livro muito difícil de ser lido ou compreendido poderá ser desestimulante.

? E finalmente a dica mais importante: filhos de pais leitores, leitores também serão. Quanto mais exemplos a criança tiver, mais fácil será adquirir este gostoso hábito!

Quem é a colunista: Cláudia Fernanda Venelli Razuk
O que faz: Coordenadora Pedagógica do Colégio Itatiaia
Pecado Gastronômico: chocolate
Melhor Lugar de São Paulo: o bairro em que moro (paraíso). É bonito e tem tudo por perto.
Para Falar com Cláudia: Itatiaiaed.infantil@terra.com.br

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte