Guia da Semana

Eternamente Jovem?

A curiosidade e a cabeça aberta garantem a jovialidade que atravessa nossa idade cronológica

Foto: Getty Images


Krishna expandiu seu rosto pelo mundo afora: cultuado há milênios na Índia, atravessou fronteiras para os dias de hoje, tornou-se popular nas camisetas e nos pôsteres que enfeitam a vida de muitos adolescentes. Sentir-se atraído pela sua figura não é novidade: como deus, ele representa justamente tudo o que é belo, atraente, galante e sorridente. Krishna é o lado sublime da criação: algo tão exuberante e perfeito que todos se sentem imediatamente inclinados ao amor. Tocando sua doce flauta e vagando pelos campos como um singelo pastor, poucos sabem da sua origem nobre: ninguém suspeita que ele foi levado da sua casa principesca para viver entre camponeses e ser protegido de uma vingança que o conduziria à morte ainda bebê.

Mas o que tem isso a ver com a adolescência? Um dos atributos de Krishna diz que ele é eternamente jovem. Sim: tanta beleza não poderia ser destruída pelo tempo. Na sua trajetória, as histórias mais fantásticas contam as travessuras de um jovem que começa a descobrir a vida, a se abrir para o mundo, a despertar para uma nova fase. O belo jovem seduz todas as pastoras e, em uma noite mística e mágica, aparece pessoalmente para cada uma delas ao mesmo tempo; outro dia, enquanto as jovens tomam banho no rio, Krishna esconde suas roupas e fica espiando para vê-las saírem nuas. Essa imagem de deus imprime em nossos corações um doce vislumbre de um paraíso sem preocupações, sem culpas, sem sofrimentos. O deus eternamente jovem dança, canta, toca sua flauta e ama como se fossem as únicas coisas da vida: seu segredo? Ele é eternamente jovem.

Poderiam os jovens de hoje passar para a vida adulta sem perder seu frescor? Ou devemos mudar a pergunta: estariam os jovens sendo ensinados a fazer isso, a se preocupar com isso, a se ocupar disso? A maravilhosa fase da juventude - quando as janelas da alma se abrem para o "eu sou", "eu posso", "eu decido" - não deveria jamais cair vítima das dúvidas, das incertezas, dos conflitos e das crises que tanto afligem a sociedade nos dias de hoje. A eterna juventude é possível: tornamo-nos divinos quando temos a sabedoria de manter os olhos abertos para a vida como uma eterna descoberta. Hare Krishna!


Leia as colunas anteriores de Ana Rita Simonka

Ritual da positividade para 2011

Vivenciar o próprio corpo

Desintoxicação pós-reveillon

Quem é a colunista: Musicista new age, dançarina espiritual, yoguini e pesquisadora de arte oriental.

O que faz: Produz CDs autorais de fusão de MPB com música indiana e árabe, realiza performances de dança do ventre como meditação, e dirige seu estúdio na Vila Madalena com cursos regulares nas áreas de Mantras, Chakras e Dança do Ventre. .

Pecado Gastronômico: Cerveja belga e champagne sofisticada.

Melhor lugar do mundo: Deserto do Novo México e Golden Temple, no Punjab.

O
que está ouvindo no carro, mp3, iPod: Eu mesma, sempre!

Fale com ela: informativo01@anaritasimonka.com.br, veja seu site e seu blog.


 

Atualizado em 11 Fev 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte