Guia da Semana

Maxi moda

Esqueça as mini-saias por um tempo. A moda para esse verão são os maxidresses

Foto: Reprodução/JustJared

Agora que o inverno já acabou, está na hora de aposentar algumas peças e tirar outras do armário. Além dos shorts, blusas de alcinha e sandálias, os vestidos soltos e compridos - também conhecido como maxidresses - são ótimas apostas para driblar as altas temperaturas sem esquecer do estilo. "Como os maxidresses são feitos de tecidos fluidos e molengos, eles sempre aparecem no verão. E é o certo, pois ficaria muitíssimo deselegante se acompanhados por botas ou casacos", explica a consultora de moda, imagem e estilo Bia Kawasaki.

Prova de que o maxidress é realmente uma forte tendência para o próximo verão é que celebridades como as atrizes Hilary Duff e Hayden Panettiere e a top model Heidi Montag investem nele sempre que podem. Já Angelina Jolie, Gwen Stefani usaram e abusaram dos maxidresses durante a gravidez, assim como Ashlee Simpson que ainda disfarça o barrigão com a ajuda dos vestidos do momento.

Quem pode ou não usar?
Todas as mulheres podem usar os maxidresses, mas é fato que ele vai cair melhor em alguns tipos de corpo. Nesse caso, as mais altas tem o perfil ideal para apostar no vestidão e não errar. "O maxidress fica muito melhor em mulheres mais altas, pois valoriza as pernas longas e disfarçam os troncos curtos", aconselha Bia.

No entanto, as mais baixas não precisam desanimar e também podem investir nos máxis. Basta prestar atenção em pequenos detalhes. "Opte por vestidos sem volume e de preferência sem estampas ou excessos como babados, rendas, golas enormes etc. para que sua silhueta não seja ´cortada´", explica a consultora. Quem realmente deve evitar os maxidresses são as gordinhas. Segundo Bia, quem está acima do peso "parecerá grávida" se apostar no modelito.

Com o que (não) usar?
Quando se veste um maxidress, o look está praticamente completo. Mesmo assim, existem alguns detalhes que podem deixar o visual ainda mais cheio de estilo e o sapato é um deles. De acordo com a consultora, não há nada melhor do que combinar vestidos longos com rasteiras ou flats. "Os tecidos dos maxidresses são geralmente esportivos tais como a malha, o algodão e a musseline sintética, e não combinam com salto", explica.

Além dos sapatos, outro detalhe que também merece uma atenção especial são os acessórios. Dependendo do estilo do vestido, os cintos são muito bem-vindos para compor o visual. "É bom escolher os cintos mais leves, os de elástico, por exemplo, ou então modelos de tecido, como as faixas com elastano. Estas opções valorizarão as cinturas finas e deixarão o visual muito mais feminino", alerta Bia.

Agora, uma dica importante e imprescindível para que seu "visual maxidress" fique perfeito: preste atenção no comprimento do vestido. O correto é que ele fique um centímetro abaixo do maléolo - aquele ossinho do tornozelo. "Nunca arrastando no chão", conclui a consultora.

Foto da capa: Reprodução/JustJared

Colaborou:
Bia Kawasaki
Consultora de moda, imagem e estilo
Telefone: (11) 9652-6048

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte