Guia da Semana

Mudança de escola

Outros detalhes que não podem ser esquecidos são a distância de casa e a realidade social na qual a criança vive

Foto: Getty Images


Muitos pais aproveitam o meio do ano para mudar os filhos de escola. Seja por motivos de força maior, como uma mudança de cidade, ou para tentar melhorar as notas, é importante tomar cuidado com algumas questões antes de escolher a nova instituição de ensino.


Quando o aluno vai mal na escola, os pais precisam ser capazes de identificar quem é o responsável. Alguns acham que o filho é preguiçoso e não gosta de estudar, quando a verdadeira questão é o perfil da criança. Há diferentes métodos de ensino disponíveis, que são apenas ferramentas do professor para transmitir conhecimento. Os pais devem conhecer bem tanto seus próprios filhos quanto a escola em que planejam matriculá-los para tomar a decisão e proporcionar-lhes a melhor oportunidade de aprendizado.

A vontade de fornecer o melhor, contudo, não pode exigir sacrifícios maiores do que os pais podem fazer. Não é aconselhável, por exemplo, matricular o filho em uma escola cuja mensalidade não cabe no orçamento familiar. Além de gerar dívidas, inserir o filho em um ambiente diferente de sua realidade prejudica o aprendizado e as interações sociais com os colegas.

Trocar de escola é inevitável quando a família vai a uma nova cidade. Entretanto, pode ser interessante procurar uma nova escola quando a mudança é para um bairro muito distante. Se a escola é longe de casa, a criança precisa acordar muito cedo e perde muito tempo no transporte. Ela chega cansada à sala de aula e não consegue absorver plenamente o que lhe é ensinado, trazendo problemas em sua evolução que poderiam ser evitados.

Conhecer bem tanto o próprio filho quanto a escola é a chave para uma boa escolha. É importante ter em mente que não existe um método ideal, e uma criança que apresenta bom desempenho em determinado colégio pode não ir tão bem em outro. Não é porque um dos filhos gosta de determinada escola que todos os seus irmãos precisam estudar lá.


Decidir a escola dos filhos é difícil e exige dedicação por parte dos pais. É essencial que eles visitem a escola, conheçam os professores e sintam-se à vontade com os valores que serão transmitidos na educação dos filhos. Afinal, é o futuro deles que está em jogo.


Quem é a colunista: Pedagoga e atua há muitos anos na educação.

O que faz: Lê muito e frequenta espaços culturais.

Pecado gastronômico: Massas.

Melhor lugar do mundo: "Onde estou com os amigos".

O que está ouvindo no carro, iPod, mp3: Boa música.

Fale com ela: sara@escolamanaca.com.br


 


Atualizado em 11 Fev 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte