Guia da Semana

Parabéns, papais!!!!

Ao redor do mundo, o dia dos pais é comemorado em diversos países e datas, porém, não importa lugar ou época do ano, é sempre bom homenagear a quem nos quer tão bem

Foto:Getty Imagens


Por uma questão de justiça e pela igualdade de direitos, como eu já falei sobre a origem do dia das mães, nada mais justo e coerente do que eu dedicar a mesma atenção ao dia dos pais que se aproxima.

Com toda certeza, o fato de eu ser pai (babão e bobão) duas vezes não teve nenhuma influência nessa minha equilibrada e imparcial decisão.

A primeira citação sobre essa data vem de mais de 4 mil anos atrás, na Babilônia, quando Elmesu moldou esculpiu em argila o "primeiro cartão" desejando sorte, saúde e longa vida a seu pai.

Sem nenhuma outra informação até 1909, quando, Sonora Louise Smart Dodd resolveu homenagear seu pai, John Bruce Dodd, que desde a morte de sua esposa, em 1898, logo após o parto de seu sexto filho, criou o recém-nascido e toda essa família sozinho.

A partir do dia 19 de junho 1910, dia do aniversário de John Bruce Dodd, essa data passou a ser comemorada na cidade de Spokane, estado de Washington, através da intervenção de Sonora, sendo que a rosa vermelha (dedicada aos pais vivos) e a rosa branca (dedicada aos pais já falecidos) forma escolhidas como símbolo da data.

Em 1924, o presidente Calvin Coolidge apoiou a idéia de um Dia dos Pais nacional e, finalmente, em 1966, o presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial determinando o terceiro domingo de junho como o Dia dos Pais (alguns dizem que foi oficializada pelo presidente Richard Nixon em 1972).

No Brasil, essa data é comemorada no segundo domingo de agosto. Esse fato é atribuído ao publicitário Sylvio Bhering, que festejou pela primeira vez, no dia 14 de agosto de 1953, dia de São Joaquim, patriarca da família.

Há países que celebram essa data no dia 19 de junho (África do Sul, Argentina, Canadá, Chile, Eslováquia, Estados Unidos, Filipinas, França, Hong Kong, Holanda, Índia, Irlanda, Japão, Macau, Malásia, Malta, México, Peru, Reino Unido, Turquia e Venezuela).

Em outros locais, por questão de costumes ou outras razões, a comemoração se dá em outras datas, algumas bem interessantes, que, pelo menos por curiosidade, vale a pena conhecer (tipo, você sabia que...?)

Em Portugal, o dia dos pais acontece em 19 de março, dia de S. José, pai de Jesus, que era carpinteiro em Nazaré, na Galileia. Conta-se que esse culto a São José começou no século IX e que o papa Gregório XV, em 1621, apontou a data de 19 de março como a da sua morte. O nome José vem do hebreu (Youssef) e significa "que Deus acrescente". Na Espanha, na Itália e na Bélgica (St. Joseph´s Day) a data é celebrada nesse mesmo dia.

Na Rússia, os homens comemoram seu dia em 23 de fevereiro, chamado de "o dia do defensor da pátria" (Den Zaschitnika Otetchestva) ou "dia do exército", mas não existe, oficialmente, o dia dos pais.

Na Alemanha também não existe um dia oficial dos Pais. Eles comemoram no dia da Ascensão de Jesus (data que varia de acordo com a Páscoa).

Na Coréia do Sul, a data é comemorada em 8 de maio e juntamente com o Dia das Mães.

Na Tailândia, o dia reservado para essa celebração é 5 de dezembro, em homenagem ao nascimento de Bhumibol Adulyadej, o Grande (pronuncia-se Phumiphon Adunyadet e significa Força do Incomparável Poder da Terra), rei desde 1946. É o reinado mais longo da Tailândia. O Rei Bhumibol foi um compositor de jazz e saxofonista e escreveu a "antena real" (música que acompanha as fotos da família real antes de cada filme exibido nos cinemas de todo o país). Ele é fluente em inglês, francês, alemão e tai. Ele era visto com freqüência em seu Rolls Royce, passeando por alguns distritos de Bangkok, mas, com a saúde cada vez mais debilitada, não tem aparecido muito em público.

Independente do dia escolhido, de muito se questionar sobre as razões comerciais para essa comemoração, sempre vale a pena lembrarmos que temos (ou tivemos) pais, que somos pais, ou que podemos vir a ser (ou não) pais, e aproveitar mais essa chance para fortalecer os laços da família, como uma esperança de um futuro mais pacífico, mais repleto de paz e de amor para todos os homens.

E isso só ocorre pela bênção e graça de termos tido filhos. Li essa frase e acho que ela simboliza uma linda idéia e pode, de forma , encerrar esse texto:

O filho é o nosso coração que sai para outro corpo (Afrânio Peixoto).

Sr. Szaltyel Chencinski (meu papai): Parabéns e obrigado por tudo.

Um grande beijo.

Quem é o colunista: Dr. Yechiel Moises Chencinski
O que faz: Médico pediatra e homeopata
Pecado gastronômico: Brownie da padaria Bella Paulista quente com sorvete de creme
Melhor lugar de São Paulo: Qualquer lugar num feriado prolongado (Avenida Paulista, por exemplo)
Fale com o colunista: fale_comigo@doutormoises.com.br
Site: www.doutormoises.com.br

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte