Guia da Semana

Por um sorriso melhor

Aparelhos "invisíveis" e novas técnicas podem deixar você com os dentes perfeitos

Foto: Getty Images

Não é todo mundo que gosta de nariz grande, mãos gordinhas, lábios finos, olhos pequenos etc. Em compensação, dentes bonitos, brancos e bem cuidados são uma unanimidade. Mas, geralmente, para estar com o sorriso em dia, não basta apenas escová-los direito e ir sempre ao dentista. Na maioria das vezes, é necessário recorrer aos aparelhos ortodônticos. Afinal, ninguém é perfeito.

Usar aparelho fixo ou móvel é muito comum, principalmente durante a adolescência. É muito raro encontrar alguém que não precise usá-los para fazer alguma correção, seja ela realmente necessária ou apenas por uma questão de estética.

Karina Vitorino, 18, por exemplo, usa aparelho fixo há dois anos e meio para corrigir o problema de falta de espaço bucal. "Como eu tenho pouco espaço na boca, meus dentes acabaram entortando. Eles eram bem desajeitados", conta.

Karina, assim como a maioria, não gosta de usar aparelho. Mas, apesar dos incômodos na hora da alimentação e da higienização, ela acredita que cuidar do sorriso é indispensável. "Apesar de doer bastante depois da manutenção, eu acho que o aparelho é uma coisa importante. Hoje em dia, a estética é essencial na nossa vida, é fundamental que tenhamos boa aparência. E o nosso sorriso é nosso cartão de visitas", diz.

Foto: Arquivo Pessoal
Karina deve tirar o aparelho em janeiro

E enquanto Karina reclama do aparelho fixo, Nathália Amaral, 16, se queixa do móvel. A estudante está usando o aparelho há um ano e diz, sem hesitar, que odeia. "Além de machucar, é ruim pra falar, higienizar e eu sempre esqueço de colocar", explica.

Nathália usa o aparelho para abrir sua arcada dentária, que é muita fechada. Segundo ela, sua ortodontista disse que com o móvel seria mais rápido e prático. Mas, se dependesse da estudante, ela teria optado pelo outro tipo. "Se usasse o fixo, seria mais fácil, não precisaria me preocupar em por e tirar pra comer, escovar, etc.", diz.

Segundo o cirurgião dentista Lauro Delgado, a vantagem do aparelho fixo é que ele á ativado pelo próprio ortodontista e o paciente precisa apenas colaborar. "Quem usa aparelho fixo só precisa higienizar corretamente os dentes e seguir as instruções dadas pelo dentista", explica. A desvantagem é que o incômodo nos primeiros dias é realmente grande.

Aparelho intra-lingual
Com a evolução da ortodontia, os aparelhos fixos e móveis deixaram de ser as únicas soluções para endireitar os dentes. Uma das últimas novidades no assunto é o aparelho intra-lingual. Ele funciona da mesma maneira que o fixo tradicional, no entanto, é colocado na parte de trás dos dentes.

Segundo o Dr. Lauro, a eficácia desses dois métodos é a mesma, o que muda são pequenos detalhes. "A vantagem do aparelho intra-lingual é que ele oferece um tratamento ´invisível´ e é ideal para pessoas que priorizam a discrição. Já a desvantagem é que as chances de lesões na língua, devido ao contato durante a fala, deglutição e mastigação, são maiores", explica.

Outro fator que não pode deixar de ser analisado na hora de optar pelo tratamento, é que o aparelho intra-lingual é um pouco mais caro. De acordo com o Dr. Lauro, os preços variam conforme os recursos que são utilizados durante o tratamento. "Mas por se tratar de uma técnica diferente, é um pouco mais caro que os convencionais. Vamos falar em 50% a mais", diz.

Ouvir a opinião de quem já experimentou o novo método ortodôntico também é uma boa opção na hora de escolher o tratamento mais adequado. A estudante de economia Mariana Soares, 21, usa o aparelho intra-lingual há cinco anos e reclama da eficiência do método. "Eu usava o aparelho móvel, que dá menos trabalho e é muito mais eficaz. Mas uma hora, o tratamento tem que acabar e o que fica é o intra-lingual", conta.

Mariana, que não indicaria o método para outras pessoas, aponta o acúmulo de sujeira e a falta de eficiência como as principais desvantagens do aparelho intra-lingual. Já Márcio Gonçalves, 20, que é adepto ao método mais moderno há oito anos, acredita que o intra-lingual ocupa muito espaço na boca e a limpeza diária não é tão simples.

Mesmo assim, Márcio diz que indicaria o aparelho para outras pessoas. "Para quem não é muito disciplinado como eu, o intra-lingual é interessante. Mas, para as pessoas que têm mais cuidado, o móvel é melhor", diz.

Tirei o aparelho, e agora?
É claro que se livrar do aparelho fixo é motivo de muita alegria. Afinal, isso significa que você poderá dar adeus aos inconvenientes que ele causava. No entanto, não pense que depois de se livrar dessa ´tranqueira´, sua vida vai virar um mar de rosas. Ainda vai ser preciso tomar muitos outros cuidados para manter o sorriso sempre perfeito.

Pra começo de conversa, você precisará usar o aparelho móvel - ou de contenção - por, pelo menos seis meses. Ele será responsável por manter seus dentes no lugar até que eles não corram mais perigo de se movimentar e entortar tudo de novo. No entanto, quem usa o móvel também reclama de algumas desvantagens. A maioria se queixa de ter que pôr e tirar o aparelho para comer e ainda diz que ele atrapalha na hora de falar.

Foto: Getty Images

Além de manter os dentes no lugar, outra preocupação de quem tira o aparelho fixo é o tom amarelado que o sorriso pode adquirir. No entanto, para esse problema, a solução é relativamente simples: um clareamento dentário pode ser a solução. Segundo o Dr. Lauro, esse método é permitido a partir dos 14 ou 15 anos, quando o adolescente já tem todos os dentes permanentes.

No entanto, como todo tratamento, o clareamento pode apresentar efeitos colaterais. "Com esse método, as possibilidades de ter um sorriso branco e sem manchas é grande. Mas algumas pessoas podem apresentar muita sensibilidade", alerta o cirurgião dentista.

Colaborou:
Dr. Lauro Delgado
Cirurgião Dentista


Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte