Guia da Semana

Role Playing Game

Jovens atuam como grandes e heróicos guerreiros em jogo que visa estimular a imaginação

Foto: Gabriel Oliveira
Toneladas de títulos para diferentes gostos

Dados rolam de um lado para o outro, fichas com diversas marcações permanecem espalhadas pela mesa e constantes cálculos definem os acontecimentos. Entre uma entonação de voz diferente e um gesto que transmite grandiosidade, o Role Playing Game prossegue. O RPG, ou Jogo de Interpretação de Personagem, oferece ao jogador a oportunidade de assumir uma outra personalidade e agir livremente em determinado mundo criado para a brincadeira. Ao invés de apenas acompanhar as façanhas mirabolantes do protagonista de um livro ou de um filme, o participante pode escolher por quais caminhos seguir e como interagir com a história.

D&D: sucesso entre o público
praticante
Foto: Gabriel Oliveira
Encarnar um guerreiro mágico em campanhas de fantasia medieval ou ser um destemido aventureiro em busca de mistérios sobrenaturais nos tempos modernos é apenas algumas das possibilidades presentes, na qual o limite apenas é definido pela criatividade de cada um. Em uma partida, enquanto o mestre, responsável por guiar a aventura e narrar os acontecimentos, relata as situações nas quais os personagens estão envolvidos, o resto do grupo traça estratégias de como agir, define os objetivos da missão, visualiza em suas mentes os fatos descritos e atua conforme as características de seu herói. Mesmo sendo considerado um jogo, não há vencedores e muito menos perdedores, pois o intuito de todos é instigar o imaginário e imergir na ficção.

O editor da Devir Livraria, Douglas Ricardo Guimarães, comenta que a maior parte dos consumidores das obras é constituída pelo público infanto-juvenil, mas revela possuir também conteúdos distintos para crianças e adultos, "Dentre os mais procurados está o D&D, ou Dungeons & Dragons. Os livros da série apresentam um mundo de fantasia medieval similar ao cenário encontrado na trilogia de O Senhor dos Anéis". Muitas empresas do segmento estão modificando seu material devido a queda da popularidade ocorrida com a era digital, "Houve um grande declínio com a chegada dos RPGs online, porém essa mudança ocasionou o surgimento de uma nova concepção para cenários, regras e aventuras".

Vampiro: título de terror mostra
censura de idade na capa
Foto: Gabriel Oliveira
Segundo o profissional, o Player´s Handbook, do D&D 4º edição, previsto para 6 de junho nos Estados Unidos e que ganhará a versão traduzida para o português em janeiro de 2009, agrega muitos dos conceitos empregados pela modernidade, como disponibilizar material na rede e oferecer compatibilidade total com as miniaturas baseadas em seu universo, "O intuito é manter o jogador clássico e incluir os que desfrutam da modalidade virtual". Em relação ao preconceito exercido por alguns setores da sociedade sobre a brincadeira, afirma, "Quem censura não procura descobrir do que se trata, julga como inadequado sem pesquisar sobre o assunto. O MEC aprovou o uso de livros de RPG didático para ajudar o aluno nas disciplinas de história e geografia. Um das obras nacionais é Curumatara, escrito por Mariado Carmo Zanini e José Roberto Zanchetta".

Aventureiros da utopia

Para o coordenador do portal REDERPG, Marcelo Telles, a oportunidade ocorreu há alguns anos atrás, "Eu conheci o AD&D 1º edição em 1982, através de um conhecido que morou nos Estado Unidos. Os rpgistas brasileiros consideram esta época representante da geração xérox, pois os títulos estrangeiros eram caros e o acesso ao conteúdo restrito," relembra, enaltecendo as vantagens, "O RPG é um jogo fantástico, precisamos mostrar que ele só possui benefícios e é uma poderosa ferramenta para estimular o jovem a ler. A interatividade, o fato de desenvolver o companheirismo, faz dele sinônimo de aventura, fantasia e imaginação".

Filipe Moraes
Foto: arquivo pessoal
O designer gráfico Filipe Moraes, de 22 anos, afirma que descobriu no período da pré-adolescência, quando freqüentou a casa de um amigo de seu primo. A vasta coleção presente, grande parte constituída por obras americanas, despertou sua curiosidade sobre o assunto, "O que me chamou mais a atenção era o poder da criatividade na hora de construir uma história e na elaboração do comportamento de um personagem. Na maioria das vezes eu o criava com base no que eu gostaria de ser, caso tudo aquilo fosse real. Encarar os problemas de frente e ter uma atitude imposta, digna da palavra de um guerreiro, são alguns dos valores transmitidos através da prática".

Luiz Fernando foi introduzido no meio a partir de um antigo jogo fabricado pela Estrela, o Hero Quest. Um grande tabuleiro mostrava o mapa da masmorra na qual os heróis, figuras de papel com uma base de plástico, desvendam os mistérios do lugar, enfrentavam uma horda de monstros e ainda encontravam tempo para arrecadar tesouros para depois comprarem melhores armamentos, "Um dos diferenciais é a liberdade. Apesar de haver regras, pode-se praticamente fazer o que quiser, da forma que desejar e quando lhe der vontade. Outro diferencial marcante é a interpretação, igual ao papel de um ator no teatro. Nunca, até onde acredito, um game eletrônico ou de qualquer outro gênero vai conseguir reunir essas duas qualidades.

Ilustrado por: Stephen Tappin
www.wizards.com
O jogo visa estimular o entretenimento, sem incitar a violência, práticas consideradas controvérsias ou ilegais pela sociedade. Alguns livros abordam temas pesados e impróprios para menores de idade, semelhante a filmes ou a literatura de terror, porém cabe aos responsáveis supervisionar as crianças e não deixá-las acessar o conteúdo. Produtos deste tipo possuem a classificação etária especificada na capa ou no interior do mesmo. Outros títulos exaltam a aventura moderna, medieval, a cômica e as infantis, evidenciando a enorme variedade presente para atender todos os tipos de gosto. Contudo, o fator mais importante para começar a rolar os dados é aproveitar com os amigos e desvendar em conjunto os misteriosos mundos da imaginação.

Colaboração:

Devir Livraria
Endereço: Rua Teodureto Souto, 642. Cambuci, São Paulo
Telefone: (11) 2127-8787
Site: www.devir.com.br

Rede RPG
www.rederpg.com.br

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte