Guia da Semana

Sem medo da circuncisão

Apesar de deixar o pênis um pouco diferente, a circuncisão não afeta o desejo sexual, ajuda na higiene e pode evitar doenças

Foto: Getty Images
Todos os meninos judeus deveriam ser circuncidados no oitavo dia após o nascimento. A lei do Antigo Israel servia como uma forma de aliança entre os homens e Deus, comprovando que eles eram descendentes de Abraão. O arquiteto Júlio*, 30 anos, não é judeu, mas foi obrigado a realizar a cirurgia que retira a pele em excesso do pênis, deixando a ponta (glande) exposta, quando ainda era recém-nascido. "O médico prognosticou que o meu prepúcio [pele] estava muito fechado e isso traria problemas futuros. A cirurgia nunca atrapalhou em nada. A única questão, principalmente na adolescência, era a estranheza de ter um pênis diferente de todos os meus colegas e sem saber ao certo o motivo, explicado depois por meus pais. Isso criava em mim um constrangimento. Com o tempo, você acostuma e percebe que há outras pessoas na mesma situação. Já ouvi dizer que, no ato sexual, as mulheres sentem mais prazer. Uma característica é que, como a ´cabeça´ fica exposta o tempo todo e é mais sensível, é fácil ficar ´excitado´, dependendo da movimentação. De qualquer forma, isso nunca me atrapalhou ou constrangeu", conta.

Foto: Getty Images
Como ele, não é necessário ser judeu para realizar a operação. Cerca de 30% da população masculina mundial faz a cirurgia por razões religiosas, médicas ou por higiene. A cincuncisão (postectomia) é indicada para meninos que possuem problemas de fimose (pele grande recobrindo a glande, deixando o pênis suscetível a infecções), balanopostites (infecções repetidas no local) e parafimose (quando uma dobra de pele chamada prepúcio não permite que o pênis volte à posição normal, provocando inchaço, dor e até perda do fluxo sanguíneo). De acordo com o urologista Celso Gromatzky, os pacientes diabéticos possuem maior predisposição para as balanopostites.

A cirurgia não precisa ser realizada logo após o nascimento, quando é comum a pele recobrir a ponta do órgão. Até os três anos, cerca de 90% das crianças expõe, ao menos parcialmente, a glande, segundo o urologista Rodrigo Frota. Mesmo assim, ele conta que, se ocorrer o problema e não forem tomadas as medidas após essa idade, haverá complicações durante a adolescência. "Há controvérsias, pois algumas pessoas dizem que o prepúcio pode ser prejudicado, uma vez que é uma estrutura com nervos responsável pela proteção contra traumas", explica. O chefe de clínica do serviço de urologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, René Murilo de Oliveira, ressalta que outras indicações da circuncisão incluem prevenção ao câncer de pênis, tratamentos de cânceres superficiais e diminuição das inflamações freqüentes do prepúcio.

Nas meninas
Foto: Getty Images
A circuncisão feminina também existe. Em países da Ásia e da África, as meninas de 7 a 13 anos são mutiladas para "proteger a integridade e a honra" das mesmas, que têm dificuldades em casar caso não tenham a vagina cortada. Responsável por grande parte do prazer feminino, o clitóris, algumas vezes junto com os pequenos e grandes lábios vaginais, é cortado em cerca de seis mil mulheres no mundo, diariamente, segundo a ONG Massai Aid Association, ligada à Organização das Nações Unidas - ONU.



Riscos e benefícios

Foto: Getty Images
O procedimento é simples e a pessoa pode ser internada na parte da manhã e voltar para casa à noite. A anestesia é local com sedação, de bloqueio ou geral, de acordo com o caso. O urologista Eduardo Bertero diz que até os 13 anos ela costuma ser geral e, após a idade, local. A cirurgia dura de 30 a 60 minutos e os pontos são absorvíveis, não precisando ser retirados e caindo depois de três ou quatro semanas. Oliveira lembra que, em bebês, a circuncisão pode ser feita com um cilindro de plástico descartável, tornando-a rápida e sem pontos cirúrgicos.

Depois da operação, o paciente deve esperar a queda dos pontos para ter relações sexuais. A cicatrização é lenta, deixando uma linha ao redor do pênis que some com o passar do tempo. As possíveis dores são facilmente controladas com analgésicos. O conselho de Gromatzky é permanecer em casa no dia da cirurgia e ficar longe dos exercícios físicos no período de duas a três semanas.

Em geral, não é preciso ficar afastado do trabalho ou da escola e podem ser feitos curativos no local com soluções anti-sépticas e pomadas, trocando-os a cada dez ou 15 dias. O especialista lembra também que há benefícios associados à cirurgia, pois ela facilita a higiene do pênis e diminui a umidade da glande, minimizando a ocorrência de micoses. Algumas publicações na área médica afirmam ainda que a operação baixa os riscos em adquirir doenças sexualmente transmissíveis - DST (HPV, verrugas genitais, AIDS).

Foto: Getty Images
"A ONU apóia a realização da postectomia como ação preventiva de contaminação pelo HIV. Alguns cientistas defendem que as células do revestimento interno do prepúcio seriam mais suscetíveis ao vírus", ressalta Gromatzky. Estudos mostram que a probabilidade de infecção diminui quatro vezes, mas os trabalhos não trazem explicações concretas. Bertero lembra ainda que a circuncisão não substitui o uso da camisinha na prevenção de doenças ou gravidez. Uma pesquisa feita pela Universidade Johns Hopkins (EUA) mostrou também que a operação não reduz o prazer sexual.

De qualquer forma, há 3% de chances de haver complicações cirúrgicas como infecção, hematoma, deiscência de sutura (abertura precoce dos pontos), sangramentos e, raramente, lesões graves como danos à uretra (canal de saída da urina) e à glande. A contra-indicação fica para meninos com hipospádia, um problema na formação da uretra. Nesses casos, a pele que está "sobrando" é totalmente útil para ajudar a resolver o problema. Dessa forma, não pode ser realizada a cirurgia.

Será que eu tenho?
Para saber se você tem fimose, apenas observe se a pele do pênis não permite que a ponta dele apareça.

No caso da parafimose, é mais difícil detectar o problema. De qualquer forma, caso você observe que consegue expor a ponta do pênis, mas tem dificuldades tanto para colocá-la para fora quanto para voltar ao normal, deve procurar um urologista.



*Nome fictício a pedido do entrevistado.

Colaboraram:
? Celso Gromatzky
? Rodrigo Frota
? René Murilo de Oliveira

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte