Guia da Semana

Sônambulos mirins

O sonambulismo é classificado como uma das doenças dos sonos, mas na maioria dos casos não requer nenhum tratamento apenas alguns cuidados

Foto: Morguefile


Ser sonâmbulo pelo menos uma noite faz parte da infância de quase toda criança. O problema é que quando acontece pela primeira vez, o episódio pode assustar os pais. Porém, especialistas explicam que o sonambulismo é considerado uma doença do sono, mas nada grave, apenas uma espécie de distúrbio do despertar, como se o cérebro continuasse dormindo enquanto a parte motora acordou por alguns instantes.

O neurologista infantil do Hospital das Clínicas Erasmo Casella explica que o sonambulismo costuma acontecer com mais freqüência até os 11 anos, nas fases três e quatro do sono, ou seja durante a primeira parte da noite. "A criança que sofre do transtorno faz gestos e toma atitudes específicas como sentar na cama, falar uma coisa ou outra de olho aberto, se movimentar, abrir uma porta, descer uma escada ou acender alguma luz e depois volta a dormir normalmente. No dia seguinte é pouco provável que ela se lembre de algo".

O doutor alerta sobre a importância de tomar cuidados especiais quando se tem um sonâmbulinho dentro de casa. "Muitos pais colocam grades nas camas, trancam as portas e janelas, retiram objetos cortantes e quando vão viajar, esquecem de tudo e colocam a criança lá em cima no beliche. Daí o pequeno levanta e leva um tombo." O único mal que o sonambulismo pode trazer é esse tipo de acidente, que pode ser evitado, basta ficar atento.

Foto: Sxc.hu


Se esses casos se repetirem todas as noites e mais de três vezes seguidas, os pais devem procurar um especialista para saber os motivos deste excesso e, em raríssimas vezes, deve ser usado um medicamento forte com acompanhamento médico.

A neurologista responsável pelo Serviço de Polissonografia do Fleury Rosana Souza Cardoso Alves avisa que ruídos dentro do quarto, muita agitação antes de dormir, mudanças na rotina ou situações estressantes pela qual a criança tenha passado durante o dia podem desencadear o distúrbio, caso haja alguma pré-disposição.

Rosana lembra que não se deve acordar um sonâmbulo em hipótese alguma, "Para proteger a criança de levar um grande susto ou de se machucar não se deve despertá-la, nem conversar porque não há coerência em suas respostas. Outra recomendação é que se os filhotes forem dormir na casa de algum amiguinho os pais têm de alertar a outra família para não causar nenhuma confusão durante a madrugada".

DICAS
? Uma rotina de horário para dormir e acordar deve ser imposta para a criança e ela deve evitar brincadeiras muito agitadas antes de dormir.

? Não recrimine o pequeno por seu sonambulismo, isso pode deixá-lo inseguro com medo de dormir longe dos pais.

? Tranque portas e retire as chaves para impedir que a criança saia durante o período de sonambulismo.

? Para evitar acidentes, deixe fora do alcance da criança objetos cortantes como facas, tesouras e produtos químicos que possam ser ingeridos.

? Retire objetos do caminho da criança para que não tropece e se machuque, bloqueie o acesso às escadas e coloque telas de proteção nas janelas.



Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte