Guia da Semana

A Megera Domada

Peça tem a direção da gaúcha Patrícia Fagundes

Este evento terminou

A Megera Domada

Data Sáb 01 Jan 2000
27 de setembro de 2000.

Preço(s) Entrada franca com retirada de ingresso na bilheteria do teatro. (ESGOTADOS)

Horário(s) Domingo, 18h.

Praça da Matriz
Praça Marechal Deodoro, s/n°, 90010-300

Telefone (51) 3227-5100

Montagem vencedora do Prêmio Myriam Muniz, da Funarte, A Megera Domada estreou em 2008 e é uma produção da Cia. Rústica, que já encenou Sonho de uma Noite de Verão (2006) e Macbeth (2004). A atriz Sandra Possani interpreta o papel-título, contracenando com Heinz Limaverde em um jogo imperdível. Ambos ganharam os prêmios Braskem e Açorianos 2008 de Melhor Atriz e Ator. Além de ganhar os prêmios de atuação, A Megera Domada foi indicada nas categorias Melhor Espetáculo, Direção, Produção e Ator Coadjuvante no Açorianos 2008. É um dos textos mais controversos do inglês, atacado por alguns como um manifesto machista e compreendido por outros como um discurso pré-feminista. Fora extremismos redutores, a comédia festiva celebra o amor e os movimentos vitais que transpassam a rigidez das regras sociais, afirmando e valorizando o poder feminino. Uma irreverente farsa, que explora a guerra dos sexos como situação básica para discutir questões mais abrangentes, sendo marcada pelo signo da contradição, da diferença e do lúdico. Batista estabelece como condição para ceder a mão de sua filha mais jovem, a bela e doce Bianca, aos possíveis pretendentes, que a megera Katherine, filha mais velha, consiga antes um esposo. Os pretendentes de Bianca, Grêmio, Hortêncio e Lutêntio, fazem um acordo para conseguir um marido para Katherine e, assim, deixar livre o caminho para seguirem em sua disputa amorosa. A teatralidade é explorada ao máximo, mergulhando na proposta da obra original, que nos apresenta uma peça dentro de uma peça representada em um salão que na verdade é representado em um teatro, repleta de personagens que se disfarçam de outros personagens. A composição visual alude a filmes em preto e branco, com interferências destacadas de vermelho, que por contraste assume grande destaque. A trilha sonora, assinada por Mônica Tomasi, é executada ao vivo pelo próprio elenco, que conta com atores com formação musical. Ficha Técnica: Direção e adaptação: Patrícia Fagundes.Tradução: Beatriz Viégas-Farias. Elenco: Álvaro Vilaverde, Carlos Mödinger, Elisa Volpatto, Felipe de Paula, Heinz Limaverde, Lisandro Bellotto, Leonardo Machado, Rafael Guerra e Sandra Possani. Iluminação: Eduardo Kraemer. Trilha sonora: Mônica Tomasi. Preparação musical: Simone Rasslan. Estágio de direção: Júlia Rodrigues. Figurinos e adereços: Antonio Rabadan. Confecção de Figurinos: Titi Lopes. Cenário e objetos de cena: Paloma Hernandez. Produção Executiva: Leonardo Machado Foto: Alex Ramirez

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Café Theatro São Pedro

Café Theatro São Pedro

Palácio Piratini

Palácio Piratini

Praça Marechal Deodoro (Praça da Matriz)

Praça Marechal Deodoro (Praça da Matriz)

Catedral Metropolitana Nossa Sra. Madre de Deus (Matriz)

Catedral Metropolitana Nossa Sra. Madre de Deus (Matriz)

4m

Memorial do Ministério Público

Memorial do Ministério Público

47m

Palácio Farroupilha

Palácio Farroupilha

55m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA