Guia da Semana

Sítios Arqueológicos

Conheça alguns roteiros nacionais que revelam muitos segredos dos nossos antepassados


Parque Nacional da Serra da Capivara foi tombado pela UNESCO como patrimônio histórico da humanidade

De acordo com a Lei 3.924, de 26 de julho de 1961, todos os sítios arqueológicos são considerados bens patrimoniais da União e contam com proteção especial. Em 2002, a Portaria 230 estabeleceu estudos criteriosos de impacto arqueológico na licença ambiental de qualquer obra com o objetivo de preservar informações importantes para a memória coletiva.

Dados não oficiais apontam que o Brasil possui mais de 20 mil sítios arqueológicos espalhados pelo seu território. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Iphan, tombou seis espaços repletos de sítios em todo o país: Sambaqui do Pindaí, em São Luís, no Maranhão; Parque Nacional da Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato, no Piauí; Inscrições Pré-Históricas do Rio Ingá, no município de Ingá, na Paraíba; Sambaqui da Barra do Rio Itapitangui, em Cananéia, São Paulo; Lapa da Cerca Grande, em Matozinhos, Minas Gerais; e a Ilha do Campeche, em Florianópolis, Santa Catarina. Conheça um pouco mais sobre alguns deles.

Ilha do Campeche (Florianópolis) - Entre os sinais deixados pelos povos antigos, estão símbolos geométricos, flechas, zoomorfos, antopomorfos e algumas máscaras. Estudiosos apontam que só esta região possui mais inscrições rupestres que a Ilha de Santa Catarina, a Ilha do Arvoredo e Ilha das Aranhas. Segundo informações, são mais de 100 inscrições distribuídas em 10 sítios arqueológicos. Para chegar ao local, existem três pontos de saída de barcos: A partir da praia da Armação, da praia do Campeche e da Barra da Lagoa. Os valores variam de R$ 15,00 a R$ 35,00.

Lapa da Cerca Grande, Matozinhos (MG) - A cidade tem como grande potencial turístico a sua característica arqueológica. A Lapa da Cerca Grande é uma ampla gruta com 2 km de comprimento, com sete entradas e treze aberturas para luz externa. Especialistas que realizaram estudos na região encontraram cerca de 300 figuras, além de vestígios arqueológicos, como um esqueleto em posição sentada com a cabeça entre os joelhos. Além disso, foram descobertas também evidências de cultura indígena pré-cerâmica.

Parque Nacional Serra da Capivara (Piauí) - Com um perímetro de 214 km, o parque ocupa áreas dos municípios de São Raimundo Nonato, João Costa, Brejo do Piauí e Coronel José Dias, em Piauí. Entre suas principais características, a grande concentração de sítios arqueológicos, com pinturas e gravuras rupestres. No parque, estão registrados 912 sítios divididos em grutas e sítios ao ar livre, como por exemplo aldeias de caçadores, de ceramistas e sítios funerários. O Parque funciona diariamente, das 7h às 17h. O ingresso custa R$ 3,00 e o percurso dá direito a visita de 121 sítios arqueológicos.

Foto: Wikipedia

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

6 praias desertas para conhecer no Sul da Bahia

Os destinos parecem ter saído de um filme de tão bonitos!

7 lugares paradisíacos para conhecer na Costa Verde, trecho que liga o litoral norte de SP ao sul do RJ

O trecho que liga São Paulo ao Rio de Janeiro possui algumas das praias mais bonitas do Brasil!

13 praias bem preservadas em SP para conhecer nesse verão

Quem disse que São Paulo não possui praias limpas e paradisíacas?

AquaRio vende ingresso antecipado com direito a um ano de visitação

Maior aquário da América do Sul inicia as vendas pela internet com valores entre R$ 60 e R$ 360

Além das praias, 7 lugares para aproveitar os dias mais longos do horário de verão no RJ

Veja onde dar aquela esticada e curtir o ar livre nas estações mais quentes do ano

9 lugares paradisíacos banhados pelo mar do Caribe que você precisa conhecer

Areia branca, águas cristalinas e cenários que parecem de filme