Guia da Semana

7 biografias nacionais que você tem que ler

Histórias incríveis de personagens que são importantes para o Brasil

Recentemente virou o maior bafafá esse lance de biografia não autorizada. Tudo porque o grupo Procure Saber, formado por alguns artistas, está lutando a favor de uma lei que obrigue que o autor tenha uma autorização prévia da família ou do próprio biografado para publicar o livro. 

+ 6 biografias da música que você tem que ler
+ Músicas que você nem imaginava que eram inspiradas em livros

O estouro dessa discussão fez com que biógrafos, escritores e jornalistas ficassem contra o grupo com o argumento de que isso é uma forma de censura e, na verdade, não deixa de ser. Vamos ver o que vai dar tudo isso, mas antes confira a nossa lista com biografias que você não pode deixar de ler.

O Anjo Pornográfico: A Vida De Nelson Rodrigues

Autor: Ruy Castro

Em “O Anjo Pornográfico”, Ruy Castro reuniu centenas de entrevistas e falou com 125 pessoas que tinham contato direto com Nelson Rodrigues e sua família. Todas elas colaboraram para reconstituir a história de um dos maiores escritores brasileiros que com uma vida trágica extraiu a obsessão pelo sexo e pela morte. Ruy também é conhecido pelas biografias "Estrela Solitária" (Garrincha) e "Carmen" (Carmen Miranda).

 

Vale Tudo – O Som E A Fúria De Tim Maia

Autor: Nelson Motta

Amigo e fã do cantor Tim Maia, o jornalista e escritor Nelson Motta conta a história de um dos maiores ícones da música brasileira. Motta participou de diversos momentos da música no Brasil e acompanhou de perto a vida do cantor por 25 anos. São histórias dos bastidores das gravações dos discos, das confusões com gravadoras, empresários, colegas de banda, dos melhores e piores shows e ainda das noitadas e dos grandes amores de Tim.

 

Dez ! Nota Dez ! Eu Sou Carlos Imperial

Autor: Denilson Monteiro

Importante para a cena pop cultural no Brasil, Carlos Imperial, ganhou uma ótima biografia do escritor Denilson Monteiro, também pesquisador de texto e imagem para “Vale Tudo – O Som E A Fúria De Tim Maia”. Para montar o quebra cabeça da vida desse jornalista, radialista, promotor de festas, compositor, letrista, músico, produtor musical, apresentador de TV, jurado de programa de auditório, ator, diretor de cinema, produtor de teatro e até vereador (ufa!), Denilson fez investigações em tudo quanto é lugar e ainda reuniu várias entrevistas com pessoas ligadas a Imperial.

Simonal - Quem Não Tem Swing Morre Com a Boca Cheia de Formiga

Autor: Gustavo Alonso

É o resultado de um TCC do historiador e escritor Gustavo Alonso e é um livro considerado completo quanto à pesquisa e apuração dos fatos da vida e obra do Wilson Simonal. Gustavo fez um belo de um mergulhou em arquivos de revistas e jornais da época e até em de documentos policiais e jurídicos. Inclusive, Ricardo Alexandre, autor de “Nem Vem que Não Tem”, biografia encomendada pela família do cantor, nunca escondeu que o livro de Alonso foi muito importante para o seu trabalho.

 

Antônio Ermírio de Moraes - Memórias de um Diário Confidencial

Autor: José Pastore

O melhor amigo de um dos maiores e mais importantes empreendedores do Brasil, José Pastore, conta a história Antônio Ermírio de Moraes passando por sua infância em São Paulo, a vida como universitário nos EUA e sua rotina no trabalho e envolvimento com a politica. A biografia também traz um DVD com um depoimento de José dizendo de como Ermírio nunca deixou de sonhar por um país mais justo e fazendo revelações inéditas de uma amizade de 35 anos.

 

Dossiê Gabeira - O Filme que Nunca Foi Feito

Autor: Geneton Moraes Neto

O livro é o resultado de uma longa entrevista com Fernando Gabeira,  o jornalista que também virou guerrilheiro e político. Aqui, Geneton reúne informações sobre a trajetória de Gabeira e também as aventuras e ilusões de um dos personagens mais polêmicos do Brasil. "Um livro-entrevista que se lê como um romance", como disse o escritor Ignácio de Loyola Brandão.

 

Chatô - O Rei Do Brasil

Autor: Fernando Morais

A vida do fundador do MASP e dono de um império de quase cem jornais, revistas, estações de rádio e televisão é contada pelo escritor através de um livro reportagem. A narrativa de Fernando Morais trás não só a história de um dos homens mais poderosos do Brasil, mas também é um registro do tráfico de influências na imprensa que rolava na época e de como jornais eram invadidos para que matérias não fossem publicadas. Morais também escreveu “Olga”, “Na Toca dos Leões”, sobre os fundadores da W/Brasil, “O Mago”, biografia de Paulo Coelho e “Montenegro, as aventuras do Marechal que fez uma revolução nos céus do Brasil”, biografia do pioneiro da aviação no país.

 

Atualizado em 22 Out 2013.

Por Juliana Andrade
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro

Globo planeja exibir versões censuradas de suas séries na internet

Diretor de mídias digitais da emissora já avalia a ideia

Band vai exibir episódio de "Os Simpsons" que previu vitória de Donald Trump

Programa vai ao ar nesta quarta-feira, às 22h10