Guia da Semana

"Are you a specialist?"

Colunista escreve a respeito das diversas especializações na área de tecnologia da informação

Foto: Getty Images



O mercado de trabalho se torna cada vez mais exigente nos processos de seleção para as vagas de emprego. Especificamente sobre o mercado de TI (Tecnologia da Informação), podemos constatar esse fato de uma forma muito clara. Acredito que a grande maioria das pessoas que já foi contatada por uma empresa de RH ouviu: "Quais certificações você possui"?

Todas as profissões têm duas linhas principais para serem seguidas como plano de carreira, a famosa carreira em Y. Você pode seguir a linha de se tornar um analista sênior (na área de processos, requisitos, programação, entre outras) - e sempre trabalhar realizando atividades designadas por um gestor ou ser contratado como terceiro por uma empresa - ou pode apostar na carreira de gestão.

No meu caso, estou tentando seguir a carreira de gestão que, na minha opinião, é a mais difícil, pois, à medida que se caminha para o topo da pirâmide, a concorrência e a exigência são muito maiores. Desta forma, torna-se imprescindível ter especializações para que você possa, ao menos, concorrer por uma vaga gerencial.

Existem várias certificações, cursos e especializações para quem quer tornar-se um gestor na área de TI. Dependendo do foco, a certificação ITIL, concedida pela Exin, pode ser interessante, pois descreve sobre as melhores práticas para o controle da Infra-Estrutura de TI. Falando sobre as melhores práticas de desenvolvimento de software, temos o CMMi, que pode ser implementado na área de tecnologia de uma empresa para melhorar a qualidade de  suas aplicações. Temos, ainda, a certificação Cobit, concedida pela Isaca, que fala sobre governance na área de TI.

Contudo, as certificações mais procuradas são as relacionadas à gestão de projetos. Atualmente, temos duas principais certificações nesta área: a certificação PMP, concedida pelo PMI, e a certificação Prince2, concedida pela OGC. Basicamente, a diferença entre as duas é a "preferência" do mercado. A PMP é mais "bem vista" na América, enquanto que a Prince2 é a preferida no Reino Unido e na Europa, mas ambas estabelecem melhores práticas para gerenciamento de projetos nas empresas.

Desta forma, podemos verificar que o mercado de trabalho de TI está cada vez mais exigente e isso faz com que tenhamos que nos adaptar a isso. Ou seja, devemos sempre estar nos especializando e, principalmente, atualizado com as novidades e melhores práticas lançadas e disponíveis na rede.

Quem é o colunista: Mário Eduardo Bueno Ferreira.

O que faz: Gerente de Projetos na área de Tecnologia da Informação.

Pecado gastronômico: Massas.

Melhor lugar do mundo: Minha casa em Serrania - Minas Gerais.

Fale com ele: mario.ferreira@gmail.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Transmissão do Critics' Choice Awards 2016 na TV e internet

A premiação reúne os maiores talentos do cinema e da TV

Confira a programação especial de fim de ano da Rede Globo

A emissora carioca preparou muitas novidades para o mês de dezembro

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro