Guia da Semana

Energia em casa

Para o Feng Shui, posição de móveis, cores e até objetos decorativos podem influenciar nos bons fluidos do local

Compreender e equilibrar as vibrações energéticas da casa podem trazer resultados positivos para o bem-estar das pessoas que ali moram, é o que ensina o Feng Shui. A filosofia chinesa tem suas origens no Iching, obra escrita por sábios há mais de 5.000 anos. A Medicina Chinesa é a aplicação do Iching na saúde do corpo, já o Feng Shui utiliza o Iching para os espaços. 

O seu principal instrumento é o "ba guá", mapa que mostra as fases de mutação da energia. Cada trigrama se refere a uma direção específica do céu (norte, sul, leste, oeste, nordeste, sudeste, sudoeste e noroeste) que influencia diretamente na Terra e nos indivíduos.

"Para aplicar o Feng Shui em casa, desenhe a planta do imóvel e com uma bússola, ajuste o centro do 'ba guá' com o centro da casa e alinhe sua direção com o norte. Uma vez que o 'ba guá' esteja corretamente posicionado, é possível fazer um estudo numerológico do espaço e equilibrar suas energias", explica a arquiteta e representante do Instituto Brasileiro de Feng Shui, Maria Teresa Saldanha.

Deixe circular

Permitir que a energia circule nos espaços é um dos preceitos básicos da técnica milenar. Entulhos, objetos em desuso ou quebrados, armários cheios, bagunça e até a quantidade exagerada de peças decorativas podem bloquear essa circulação, segundo Maria Teresa. A limpeza e a organização freqüente da casa são mais que essenciais.

Portas e janelas devem estar sempre abertas para valorizar a luminosidade e a ventilação. "Evitar que, na sala, a porta de entrada fique em frente à janela. Se a energia entra e sai direto, sem nutrir o ambiente, o local fica com uma carga muito acelerada", complementa.

A posição dos móveis é extremamente importante para o Feng Shui. Eles devem estar dispostos de uma forma que, ao sentar ou deitar, seja possível olhar para a porta e janela. Isso vale, por exemplo, para a localização da cama no quarto ou da cadeira no escritório. A ideia principal é não ficar de costas para o fluxo de passagem. Seguindo a mesma regra, o fogão da cozinha não pode também te obrigar a ficar de costas para a porta.

Evitar que a mesa do escritório e a cabeceira da cama estejam encostadas a uma parede de um banheiro, próximo assim a uma tubulação de esgoto. Em relação ao material da mobília, "quanto mais natural, melhor a qualidade da energia", explica Maria Teresa. Abuse de peças feitas de fibra, bambu ou madeira certificada. Faz bem para os bons fluidos da casa, além de ser ecologicamente correto.

A tradição chinesa recomenda pedras e plantas tanto dentro quanto fora da casa. A dica para o banheiro, sãs pedras como a tumalina negra e ametistas, além de decoração com temática do mar que traz uma atmosfera com vigor de recuperação.

Influência das cores

Escolher uma cor para a parede pode ser uma tarefa difícil. Além de te agradar e combinar com a mobília, a cor selecionada influencia diretamente nas energias que circulam por ali, de forma positiva ou negativa. 

Fuja, por exemplo, da tentação de pintar com cores escuras todas as paredes de um cômodo. Uma alternativa é optar pela velha e boa técnica de uma parede com uma tonalidade mais forte que as outras. Quebra a sobriedade com delicadeza e não transfere uma carga energética pesada ao local.

Walter Alexandre, especialista em Feng Shui há mais de 10 anos, dá dicas de cores mais adequadas para utilizar em cada cômodo da casa, conforme a filosofia chinesa:

Quarto de criança:  As cores mais indicadas são verde claríssimo (equilíbrio e saúde), azul claro (serenidade, ajudando a acalmar e diminuir a insônia) e rosa pastel (estimula emoções positivas).

Quarto de casal: Neste caso também pode ser usado os tons de verde claros e/ou rosa suave. Essas cores provocam sentimentos de prazer em estar junto. Lembrando que laranja e vermelho em excesso causam irritação e nervosismo.

Cozinha: O verde é sempre uma boa opção porque pode estar presente em qualquer ambiente. Tons de vermelho na cozinha ajudam a aguçar o apetite.

Sala de estar: Tons de verde suave e também cores aconchegantes como café-com-leite e marrom podem ser usados. Nunca utilize o azul, pois acalma demais e a sala é um lugar para receber amigos. Amarelo e laranja também são recomendados.

Sala de jantar: Cores quentes como amarelo, laranja e vermelho são excitantes para o ambiente que reúne pessoas para momentos de alegria e boa conversa enquanto saboreiam a refeição.

Banheiro: As cores indicadas são o verde e o azul por representarem a água. No lavabo a cor pode também combinar com o resto da decoração da casa.

Hall de entrada: O ideal é adequar a cor à decoração. O importante é que esteja sempre muito bem iluminado e limpo.

Escritório: O amarelo é a cor mais indicada, já que ela ativa a inteligência e a sabedoria, estimula o raciocínio e aumenta a capacidade de concentração.


Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro

Globo planeja exibir versões censuradas de suas séries na internet

Diretor de mídias digitais da emissora já avalia a ideia

Band vai exibir episódio de "Os Simpsons" que previu vitória de Donald Trump

Programa vai ao ar nesta quarta-feira, às 22h10