Guia da Semana

Jaqueline, a alma de Ti-Ti-Ti

De hippie a freira, tudo chama a atenção em Jaqueline: ela também é a dona das falas mais divertidas do folhetim

Foto: Estevam Avellar/TV Globo


Do alto de seus mais de um 1,80 m de altura, Jaqueline Maldonado é pura exuberância. Exuberância ao vestir, ao portar, ao sentir. E a personagem de Cláudia Raia na novela das sete da Globo é a própria alma de Ti-Ti-Ti. Perua, tresloucada, divertida, sensível, radiante, complexa, debochada, nonsense, espirituosa, sagaz, exagerada. São tantos os adjetivos para classificá-la que fica difícil traçar um perfil desta mulher.

E, por isso mesmo, Jaqueline é o maior acerto de Ti-Ti-Ti. Ela já foi hippie, teve uma banda de rock, já foi presa por andar nua em público, já levou Jacques Leclair (Alexandre Borges) para jogar paintball, já dançou o Ilariê da Xuxa - sua música preferida -, já acertou Jacques com uma flechada, já foi a Irmã Desgosto da Ordem das Pecadoras Redimidas. Com dois meses ainda para acabar a novela, nos perguntamos o que mais aprontará Jaqueline Maldonado!

Seu bom gosto para moda reflete-se em suas roupas e acessórios, que usa com a fartura que o porte de sua intérprete exige. Sua inteligência e espirituosidade estão em suas tiradas cômicas e momentos de reflexão. Sua sensibilidade está em sua solidão e no amor desmedido por Jacques Leclair, o costureiro canastrão que não deu conta de tamanha mulher.
 
Jacqueline é assim: ame-a ou deixe-a. E o público resolveu amá-la. Afinal, o carisma da personagem está embasado no texto inspirado de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, e no talento de Claudia Raia, que acabou compondo uma de suas melhores personagens na TV.

A Jaqueline da novela original (de 1985) foi vivida por Sandra Bréa e era completamente diferente da de Claudia Raia, mesmo porque estava num outro contexto da história. Sandra deu um ar quase aristocrático à sua Jaqueline. Não menos apaixonada e exuberante que a atual, mas uma mulher fina, charmosa, elegante, comedida e discreta, que vivia à sombra de Jacques Leclair - interpretado por Reginaldo Faria na ocasião e também muito diferente do Jacques de Alexandre Borges.

Seja no amor irracional por Leclair, nas brigas com o ex-marido Breno (Tato Gabus) ou nas tentativas de recuperar a filha problemática (a Thaísa de Fernanda Souza), Jaqueline é uma atração à parte em meio às tesouradas que os costureiros protagonistas trocam. Afinal, convenhamos, se não fosse a personagem, Ti-Ti-Ti perderia muito de seu brilho.

E, entre uma tirada e outra da filósofa Jaqueline Maldonado, deixo esta frase proferida no auge do romance entre ela e Jacques, e que define sua alma despudorada e sincera: "E se um dia, você não me amar mais, minta! Minta e diga que me ama. Nem que seja por pena, não me importo. Eu não quero a verdade. Só quero ser feliz!"

Leia as colunas anteriores de Nilson Xavier:

A novela que foi sem ter sido

O retorno de O clone. Maktub!

As referências de Ti-Ti-Ti

Quem é o colunista: Nilson Xavier.

O que faz: Autor do "Almanaque da Telenovela Brasileira" e criador do site Teledramaturgia.

Pecado Gastronômico: doces e sobremesas.

Melhor lugar do mundo: São Paulo.

O que está ouvindo no carro, mp3, iPod: quase um pouco de quase tudo.

Fale com ele: nilson.xavier@globo.com


 


Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Transmissão do Miss São Paulo BE Emotion 2017 na TV e Internet

O evento acontece neste sábado (25), às 22h, no Palácio de Convenções do Anhembi

Transmissão do Kids’ Choice Awards 2017 na TV

A premiação será transmitida no canal Nickelodeon no dia 16, a partir das 20h30

Transmissão da luta de Vitor Belfort e Kelvin Gastelum na TV e Internet

Ana Maria Braga faz homenagem aos 20 anos de Louro José

"Meu filho, meu companheiro", escreveu a apresentadora no Instagram

"A Grande Família" ganhará retrospectiva especial na Globo

Episódios irão ao ar entre março e abril

Transmissão ao vivo do Lollapalooza 2017 na TV e Internet

Festival de música acontece nos dias 25 e 26 de março, no Autódromo de Interlagos