Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Coleção Yves Saint Lourent bate recorde de vendas

Publicação: quinta, 26 de fevereiro de 2009.

Com dois dias de duração, o leilão da coleção das obras de Yves Saint Lourent superou todas as expectativas. O evento arrecadou 206 milhões de euros em vendas só na primeira sessão. No segundo dia, o leilão do século, como ficou conhecido, ultrapassou os 300 milhões de euros. A obra mais cara foi Les coucous, tapi bleu et rose, natureza morta pintada em 1911 por Henri Matisse.

Entre as obras à venda, estavam duas esculturas em bronze que foram roubadas do Palácio de Verão de Pequim pelas tropas francesas e britânicas por volta de 1860. O Governo chinês quis proibir o leilão das peças, mas a justiça de Paris considerou que os detentores legais das esculturas seriam mesmo Yves Saint Laurent e Pierre Bergé.

Segundo o Jornal britânico The Independent, Bergé cogitou devolver as peças ao governo chinês desde que o país se comprometesse a respeitar os direitos humanos e conceder liberdade ao Tibet. O governo chinês considerou as condições ridículas.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a 'Transe', plataforma digital que promove e conecta agentes das artes visuais no Brasil

Arte

Cirque du Soleil lança site especial durante a quarentena; saiba tudo!

Arte

15 museus brasileiros para visitar online

Arte

8 lives de galerias e museus para você curtir arte em casa

Arte

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte