Guia da Semana

Estrela Brazyleira A Vagar

Novo espetáculo da companhia de Zé Celso tem estreia nacional no Rio de Janeiro.

Foto:Divulgação/Guga Melgar


O Rio de Janeiro recebe a estreia nacional do novo espetáculo da Companhia Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona, a segunda parte da série Cacilda!!. Escrita e dirigida por José Celso Martinez Correa e Marcelo Drummond, Estrela Brazyleira A Vagar, conta a história de uma atriz que vive na capital carioca da década de 40 e vaga sem destino certo pelas artes da época.

Passeando pelo teatro e pelo cinema brasileiro em sua primeira fase de ouro, Cacilda contracena com Ziembinski, Grande Othelo, Johnny Drake, Paschoal Carlo Magno, Raul Roulien, Bibi Ferreira, Maria Della Costa, Sérgio Cardoso e muitos outros grandes personagens.

O espetáculo explora o Rio da Segunda Guerra Mundial e sua fantasia de celebridade, a intimidade dos bastidores, os ensaios na vida e nos palcos, as paisagens belíssimas. Estrela Brazyleira A Vagar estreia no Espaço Tom Jobim e abre temporada em São Paulo a partir de outubro, no Teatro Oficina.

Serviço Rio de Janeiro

Local: Espaço Tom Jobim.
Data: 05, 06, 07, 12 e 13 de setembro de 2009.
Horários: Sexta a domingo, 18h.
Preços: R$ 40,00.


Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA