Guia da Semana

Exaltasamba - recesso?

Qual será o destino do vocalista da banda, se o Exaltasamba, de fato, acabar? Essa é uma pergunta ainda sem resposta.

Foto: Divulgação


De todos os dias da semana, o domingo parece-me o mais nostálgico de todos. A tríplice brindada por uma travessa generosa de macarronada, os ecos de "Ô loco, meu!" do invasivo Fausto Silva, e a trilha sonora marcada por sambas de partido alto, intercalada com pagodes noventistas de melodias descartáveis, ajudam a ter essa desconcertante sensação.


Para brindar o dia bucólico, o Fantástico é responsável por encerrar a minha semana com chave de ouro.  Há duas semanas, os pneuzinhos do Zeca Camargo e Renata Ceribelli foram jogados para escanteio e deram vazão ao anúncio da saída do vocalista Thiaguinho.

Líder da nau Exaltasamba há nove anos, foi responsável por dar um fôlego extra ao grupo após a saída de Chrigor, companheiro de vocais com Péricles. O jovem foi descoberto no programa Fama, em 2002, espaço que despontou novos talentos da música brasileira. A partir daí, foi convidado a integrar o grupo nascido no ABC paulista.

O samba de raiz, unindo-se aos infalíveis refrões românticos, continuou a fazer parte do repertório. Porém, o carisma e a jovialidade do vocalista atraiu um público ainda maior, encabeçado, principalmente, por patricinhas, estudantes e frequentadores de micaretas.
O anúncio da sua saída e do suposto recesso da banda por tempo indeterminado fez suscitar o fantasma que ronda os pagodeiros que decidem dar asas à carreira solo, mas nem sempre com êxito à ousada investida.  

Vavá, Belo, Salgadinho, Alexandre Pires, Netinho e Rodriguinho são alguns dos membros do bonde dos desistentes. Durante a trilha, caminhos excêntricos e diferentes paradas, passando pela Câmara dos Deputados, presídios, as ondas das rádios populares e, na pior das hipóteses, o limbo musical. Os porquês dessas variantes nem mesmo o saudoso mestre Cartola poderia explicar.

Mas chutar sobre o destino de Thiaguinho não é uma tarefa muito complexa. Girando a roleta da sorte, enveredar pelo caminho do sucesso, arrastando os chamados "exaltamaníacos" e angariando outros fãs, seria o anseio na jogatina; limitar-se a tocar em um bar diminuto, animando um grupo ínfimo em um palco reduzido, de onde sairiam os principais hits da antiga labuta ou, ainda, construir uma carreira à la Alexandre Pires, com menos de um quarto do sucesso obtido em conjunto, seria o tiro de azar.

Uma porta temerosa, apontada nas redes sociais por algumas fãs do grupo, é o suposto trabalho em parceria com o cantor Rodriguinho. As músicas Palavras de Amigo, Para de Falar Tanta Besteira, Livre pra Voar e Fugidinha são alguns dos rebentos nascidos desta parceria, uma das mais bem-sucedidas do cenário do samba pop.

Ao dividir palcos, fãs e contratos, este casamento estaria fardado ao divórcio, com uma briga de egos que infertilizaria o campo criativo com o ex-Travessos. 

Neste furacão, sem a presença do menino dos olhos, o futuro do grupo é incerto. A maioria levanta a bandeira do recesso por tempo indeterminado. Como pretexto, afirmam que o mais de um quarto de século de sucesso não foi em sinergia ao acompanhamento do crescimento dos filhos, o frequente convívio familiar e a resolução das pendências pessoais. Seria a senilidade artística batendo à porta?

Mesmo que se sancione o recesso, a longa carreira de êxitos, se comparada aos outros grupos do gênero nascidos na década de 90, sacramenta o Exaltasamba entre um dos maiores fenômenos da música popular de todos os tempos. E, paralelamente, o ostracismo de mais um vocalista em busca de um pseudo Olimpo do cavaquinho.

Quem é a colunista: Andarilha desgovernada na busca incessante pela felicidade!

O que faz: Jornalista e mestre-cuca mal-sucedida nas horas vagas.

Pecado Gastronômico: Comida japonesa e Brigadeirão! Hum....


Melhor lugar do mundo: Qualquer lugar ao lado da minha família e amigos.

O que está ouvindo no carro, iPod, mp3: Rihanna, Chico Buarque, Exaltasamba, U2, Ney Matogrosso e assim vai..

Fale com ela: camymailto:camy.ribeiro@gmail.com ou siga seu Facebook.



Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA