Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Festa Literária Internacional

Evento presta homenagem a Manuel Bandeira e reúne 35 autores na pequena cidade do Rio de Janeiro.

O cenário é o mar azul turquesa da baía da Ilha Grande. O assunto: poesia, ciência, jornalismo literário, crítica musical, literatura portuguesa, história, conto, quadrinhos e arte contemporânea. Em clima de descontração e proximidade com o público, 35 autores, brasileiros e de outras nove nacionalidades reúnem-se para a Flip - Festa Literária Internacional de Paraty, que ocorre entre 1º e 5 de julho e movimenta a pequena e charmosa cidade no Rio de Janeiro.

Em sua sétima edição, a festa que se consolidou e se tornou a caçula de importantes festivais literários, como Hay-on-Wye, Adelaide, Harbourfront de Toronto, Festival de Berlim, Edimburgo e Mântua, pretende receber 25 mil pessoas.

Mesmo com diversos autores internacionais, uma das principais motivações da Flip é a valorização da literatura brasileira. Este ano, o homenageado é o poeta Manuel Bandeira, escolhido por ter produzido obras variadas, que aliam tradição e modernismo na prosa, nas crônicas e na poesia.

Destaques

Em meio à programação de 18 mesas de debates, realizadas na Tenda dos Autores e será transmitida ao vivo na Tenda do Telão, estão nomes importantes da literatura internacional, como o escritor português António Lobo Antunes. Vencedor do Prêmio Camões em 2007, o autor é considerado um dos maiores prosadores lusitanos depois de Eça de Queirós. Pela primeira vez no Brasil, o jornalista americano Gay Talese conversa com Mario Sergio Conti, um dos criadores do chamado jornalismo literário.

No ano em que se comemora o segundo centenário de Darwin, dentre as grandes expectativas desta edição está a presença do biólogo inglês Richard Dawkins, autor de Deus, um delírio. Uma das novidades da Flip 2009 é a presença de autores chineses. Ma Jian e a jornalista Xinran, ambos radicados na Inglaterra, fazem retratos críticos de uma China pouco condizente com a imagem de liderança global a que o país aspira.

Entre os brasileiros, Chico Buarque, que volta à Feira Literária Internacional para falar de Leite Derramado, participa de mesa com o romancista Milton Hatoum, autor dos premiados Dois Irmãos e Cinzas do Norte. Ainda fazem parte dos debates autores como Cristovão Tezza, Mario Bellatin, Rodrigo Lacerda, o dramaturgo e cineasta Domingos de Oliveira, Tatiana Salem Levy, Arnaldo Bloch e Sérgio Rodrigues.

Além de debates

Outros eventos ocorrem simultaneamente à festa. É o caso da Flipinha, uma programação exclusiva para crianças e jovens leitores. Ponto de encontro do programa educativo desenvolvido ao longo do ano junto às escolas públicas e privadas de Paraty, esta é a primeira vez que será realizada a Oficina de Declamação de Poesia. Participam das 13 mesas temáticas, com mais de 4 mil crianças das redes pública e privada da cidade, autores como Ruth Rocha, Bia Hetzel, Anna Claudia Ramos e Carlos Heitor Cony.

A programação da flipinha ainda inclui os pés-de-livros, árvores da Praça da Matriz com livros pendurados; Ciranda dos Bonecos, oficinas com crianças e jovens para a produção de bonecos de papel machê e Arte na Praça, com mais de 30 oficinas simultâneas dos saberes e fazeres de Paraty.

Outras atrações estarão na Flip Casa da Cultura, como exposições, shows, peças de teatro e eventos em torno do homenageado da festa e do Ano da França no Brasil.

<

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a 'Transe', plataforma digital que promove e conecta agentes das artes visuais no Brasil

Arte

Cirque du Soleil lança site especial durante a quarentena; saiba tudo!

Arte

15 museus brasileiros para visitar online

Arte

8 lives de galerias e museus para você curtir arte em casa

Arte

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte