Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Plataforma oferece passeio virtual de 360 º por salas do prédio histórico e oito exposições com peças digitalizadas antes do incêndio.

Foto: Divulgação/Google Arts & Culture (via assessoria)

Nesta quinta-feira, 13 de dezembro, o Museu Nacional e o Google Arts & Culture, com o apoio da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Ministério da Educação, lançam um tour e oito exposições virtuais com imagens de 164 peças atingidas durante o incêndio do dia 2 de setembro. Entre os artefatos disponíveis em g.co/museunacionalbrasil, destacam-se relíquias históricas como o crânio de Luzia, o mais antigo remanescente humano das Américas, a famosa réplica de Titanossauro e o Meteorito de Bendegó, o maior já encontrado no Brasil, pesando 5.260 kg.

Além das mostras, a plataforma traz um passeio virtual inédito por dentro do museu com imagens em 360º captadas em 2017, por meio do Museum View. Com a ferramenta, é possível mergulhar pelas salas do prédio histórico, além de ver, em detalhes, as peças que ficavam em exposição. Esse tour pode ser guiado com narração em português, inglês e espanhol e também assistido em modo imersivo com o uso de um cardboard ou outros visores de realidade virtual.

As coleções do Museu Nacional também podem ser descobertas a partir do Google Assistente. Agora, quando o usuário conversar com o assistente inteligente do Google sobre museus, história e até mesmo dinossauros, ele será levado para essa experiência imersiva pelo acervo. Para começar, é só dizer: “Ok Google, você gosta de dinossauro?”.

Confira alguns dos destaques das exposições:

► Luzia, o mais antigo esqueleto humano encontrado nas Américas, com aproximadamente 11.500 anos de idade.

► O meteorito do Bendegó, um dos maiores do mundo, foi descoberto por um menino à procura de uma vaca perdida em 1784.

Gato mumificado do Egito Antigo, uma oferenda à deusa Bastet.

► Réplica do esqueleto do Titanossauro, cujos ossos originais foram descobertos perto de São Paulo na década de 1950.

Vaso Marajoara, sociedade pré-colombiana.

Máscaras indígenas do povo Awetí, Waurá e Mehináku.


O que é o Google Arts & Culture?

O Google Arts & Culture, disponível em site e aplicativo (iOS e Android), permite que qualquer pessoa, de qualquer lugar do mundo, possa conhecer e aprender sobre as coleções perdidas de forma gratuita. A plataforma tem parceria com mais de 1800 instituições culturais de 70 países, que disponibilizam seus trabalhos ao alcance global. São mais de 6 milhões de fotos, vídeos, manuscritos e outros documentos de arte, cultura e história, representados por mais de 7.000 exposições digitais em toda a plataforma.

No Brasil, mais de 50 instituições culturais parceiras utilizam a ferramenta, entre eles o MASP, Museu do Amanhã,Pinacoteca de São Paulo, MAM-Rio e o Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

10 pontes impressionantes pelo mundo que você precisa conhecer

Muito mais do que uma simples passagem, essas pontes são verdadeiras obras de arte!

10 elevadores incríveis para conhecer ao redor do mundo

Elevadores que atravessam aquários e que sobem penhascos - confira a lista completa!

10 cânions inacreditáveis para conhecer ao redor do mundo

Confira algumas das paisagens mais incríveis do Planeta Terra


Atualizado em 13 Dez 2018.

Mais notícias

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro disponibiliza online seu acervo de pintura com mais de 400 itens

Arte

B3 cede obras de grandes nomes do movimento modernista ao MASP

Arte

Inhotim lança duas novas exposições virtuais no Google Arts & Culture

Arte

Google Arts&Culture disponibiliza obras do artista plástico e militante político Antonio Benetazzo; saiba mais!

Arte

Agora você pode visitar a exposição dos 20 anos de Harry Potter em uma plataforma online do Google; saiba mais!

Arte