Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Kid Abelha

Conheça mais sobre o trio mais pop rock do Brasil.



Os anos 80 trouxeram para o Brasil uma revolução musical, com a ascenção de bandas como Blitz e Barão Vermelho, e foi nesse contexto que surgiu, em 1982, a banda Kid Abelha e os Abóboras Selvagens, com o hit Distração tocando na rádio Fluminense FM. O grupo era formado por Paula Toller (vocal), George Israel (saxofone), Pedro Farah (guitarra), Leoni (baixo) e Beni (bateria). Em 1983, saiu o primeiro single, produzido pelo cantor Lulu Santos, que trouxe as canções Pintura Íntima e Por que não eu?.

 

Na mesma época, os músicos Beni e Pedro Farah deixaram a banda para seguirem em novos projetos, e o grupo ganhou um novo guitarrista: Bruno Fortunato. Em janeiro de 1985, eles integraram o line-up brasileiro do primeiro Rock and Rio, ao lado de seus contemporâneos Titãs e Os Paralamas do Sucesso, além dos internacionais Queen, Whitesnake e B-52s, entre outros. No ano seguinte, foi a vez de Leoni procurar seu próprio caminho.

 

A partir daí, o grupo virou um trio e passou a atender somente por Kid Abelha, deixando os Abóboras Selvagens para trás. Formado por Paula Toller (vocal), George Israel (sax, violão e vocais) e Bruno Fortunato (guitarra e violão). Nos anos posteriores, os três produziram uma fábrica de sucessos, como Fixação, Alice, Como eu quero e Nada por mim, Grande Hotel e Eu Tive Um Sonho (com participação do jogador de futebol Raí, na filmagem do videoclipe), entre tantos outros. Nos anos 90, o Kid Abelha se destacou com o lançamento do álbum, Meu Mundo Gira em Torno de Você, que trouxe a regravação do clássico do músico Hyldon, Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda - pegando carona nesse hit, eles gravaram um CD de remixes, que venderam mais de 1 milhão de cópias

 

Em 1997, chegou às lojas o primeiro álbum gravado em espanhol (na cidade de Madrid), Kid Abelha, com participação do cantor Alejandro Sanz na faixa Nada Por Mí. Em 1998, eles vieram com o disco Autolove, seguido de Coleção, em 2000. Com o CD Surf, de 2001, o trio iniciou uma nova etapa, dessa vez na gravadora Universal. Na mesma época, excursionaram por todo o país com a turnê Parabolóide Hiperbólico, além de serem convidados para gravarem o tradicional Acústico MTV, que contou com a colaboração de Lenine e Edgard Scandurra, lançado em 2002.

 

De lá para cá, são mais de 25 anos de estrada, 16 álbuns de estúdio, três ao vivo e dois DVDs ao vivo, além de discos de ouro e platina. Seus trabalhos já contaram com a produção de Liminha e com os arranjos de Egberto Gismonti e Lenine. Em 2005, lançaram Pega Vida. Em 2010, retornaram aos palcos e, em 2011, o trio gravou o álbum TBA.

Foto: Divulgação
Site oficial: http://www.kidabelha.com.br/


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte

Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro disponibiliza online seu acervo de pintura com mais de 400 itens

Arte

B3 cede obras de grandes nomes do movimento modernista ao MASP

Arte

Inhotim lança duas novas exposições virtuais no Google Arts & Culture

Arte

Google Arts&Culture disponibiliza obras do artista plástico e militante político Antonio Benetazzo; saiba mais!

Arte

Agora você pode visitar a exposição dos 20 anos de Harry Potter em uma plataforma online do Google; saiba mais!

Arte