Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Kid Abelha

Conheça mais sobre o trio mais pop rock do Brasil.



Os anos 80 trouxeram para o Brasil uma revolução musical, com a ascenção de bandas como Blitz e Barão Vermelho, e foi nesse contexto que surgiu, em 1982, a banda Kid Abelha e os Abóboras Selvagens, com o hit Distração tocando na rádio Fluminense FM. O grupo era formado por Paula Toller (vocal), George Israel (saxofone), Pedro Farah (guitarra), Leoni (baixo) e Beni (bateria). Em 1983, saiu o primeiro single, produzido pelo cantor Lulu Santos, que trouxe as canções Pintura Íntima e Por que não eu?.

Na mesma época, os músicos Beni e Pedro Farah deixaram a banda para seguirem em novos projetos, e o grupo ganhou um novo guitarrista: Bruno Fortunato. Em janeiro de 1985, eles integraram o line-up brasileiro do primeiro Rock and Rio, ao lado de seus contemporâneos Titãs e Os Paralamas do Sucesso, além dos internacionais Queen, Whitesnake e B-52s, entre outros. No ano seguinte, foi a vez de Leoni procurar seu próprio caminho.

A partir daí, o grupo virou um trio e passou a atender somente por Kid Abelha, deixando os Abóboras Selvagens para trás. Formado por Paula Toller (vocal), George Israel (sax, violão e vocais) e Bruno Fortunato (guitarra e violão). Nos anos posteriores, os três produziram uma fábrica de sucessos, como Fixação, Alice, Como eu quero e Nada por mim, Grande Hotel e Eu Tive Um Sonho (com participação do jogador de futebol Raí, na filmagem do videoclipe), entre tantos outros. Nos anos 90, o Kid Abelha se destacou com o lançamento do álbum, Meu Mundo Gira em Torno de Você, que trouxe a regravação do clássico do músico Hyldon, Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda - pegando carona nesse hit, eles gravaram um CD de remixes, que venderam mais de 1 milhão de cópias

Em 1997, chegou às lojas o primeiro álbum gravado em espanhol (na cidade de Madrid), Kid Abelha, com participação do cantor Alejandro Sanz na faixa Nada Por Mí. Em 1998, eles vieram com o disco Autolove, seguido de Coleção, em 2000. Com o CD Surf, de 2001, o trio iniciou uma nova etapa, dessa vez na gravadora Universal. Na mesma época, excursionaram por todo o país com a turnê Parabolóide Hiperbólico, além de serem convidados para gravarem o tradicional Acústico MTV, que contou com a colaboração de Lenine e Edgard Scandurra, lançado em 2002.

De lá para cá, são mais de 25 anos de estrada, 16 álbuns de estúdio, três ao vivo e dois DVDs ao vivo, além de discos de ouro e platina. Seus trabalhos já contaram com a produção de Liminha e com os arranjos de Egberto Gismonti e Lenine. Em 2005, lançaram Pega Vida. Em 2010, retornaram aos palcos e, em 2011, o trio gravou o álbum TBA.

Foto: Divulgação
Site oficial: http://www.kidabelha.com.br/


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a 'Transe', plataforma digital que promove e conecta agentes das artes visuais no Brasil

Arte

Cirque du Soleil lança site especial durante a quarentena; saiba tudo!

Arte

15 museus brasileiros para visitar online

Arte

8 lives de galerias e museus para você curtir arte em casa

Arte

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!