Guia da Semana

Quadro “Moema” é restaurado e volta a ser exposto

A obra de Victor Meirelles pode ser conferida na exposição “Romantismo – A Arte do Entusiasmo”.

Um dos mais importantes marcos da fase indianista do Romantismo brasileiro, Moemaóleo sobre tela de Victor Meirelles, volta para a exibição pública a partir do próximo dia 20 de setembro.

Veja toda a programação grátis de SP
+ Exposição Mestres do Renascimento
+ Exposição Suzy Fukushima Sweet Child On Mind

O quadro de quase 150 anos pertence ao acervo do MASP e foi a primeira obra brasileira selecionada pelo Programa de Restauração Patrocinada do Museu de Arte de São Paulo. A restauração foi realizada por meio de uma parceria com o Bank of America Merrill Lynch, como parte de um programa global que visa conectar pessoas e comunidades com sua cultura e história.

A obra poderá ser apreciada pelo público na exposição Romantismo – A Arte do Entusiasmo até o dia 22 de setembro, quando a mostra sai de cartaz. Depois disso, voltará a ser exibida a partir do dia 24 de outubro integrando a nova exposição do acervo do museu, “O Detalhe da Arte”.

Atualizado em 20 Set 2013.

Por Marina Marques
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA