Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Simples adaptação

Livro Ninguém é de Ninguém, de Zibia Gasparetto, é o terceiro trabalho da autora que vai para os palcos.

Foto: Divulgação

Sábado chuvoso em São Paulo e a vontade de fazer um programa em família. Por que não teatro? Fomos então ao Teatro Vida & Consciência assistir ao espetáculo Ninguém é de Ninguém. A adaptação do livro da autora Zibia Gasparetto conta a história de dois casais que, por meio de brigas e ciúmes, têm um destino diferente, baseado nas doutrinas espítiras.

A montagem foi realizada pela Companhia Beleza Pura, com direção de Sérgio Lelys, com Marco Amaral, Vanessa Frias, Marisa Maia e Marcelo Santos no elenco principal. Sem intervalos, um narrador vai contando parte dos acontecimentos, introduzindo todas as cenas. Com muita simplicidade, todos os lugares onde se passa a história (escritório, sala da casa e o centro espírita) estão juntos no palco, sem trocas, somente com ajuda da iluminação para direcionar para cada ambiente.

Para quebrar um pouco a tensão de todas os enredos dos personagens, que envolve morte, discussões e intrigas, a companhia deu um ar cômico para a empregada da família, interpretada por Sérgio Lelys. Algo que achei muito interessante, pois isso deixou os espectadores mais à vontade com os fatos que aconteciam posteriormente.

Com capacidade para mil pessoas, o Teatro Vida & Consciência estava lotado e notei que não eram somente adultos que foram prestigiar a obra. Havia também muitos adolescentes, que prestavam atenção a todos os detalhes e faziam comentários sobre o que havia acontecido durante a mudança de uma cena para a outra.


No final, acontece algo que, para quem não leu o livro, seria a última coisa que imaginaria, provando que a frase que dá nome à peça, Ninguém é de ninguém, é realmente algo verdadeiro. Ao término, vi que todos saim comentando a respeito das cenas, dos personagens, alguns até se identificando com eles. Um espetáculo para se pensar em mudar ou melhorar alguns comportamentos e atitudes. Como o título da coluna, uma adaptação simples que conta uma história bonita, cheia de coincidências e destinos que se cruzam.

Quem é a colunista: Maraísa Bueno.

O que faz: jornalista e repórter da equipe do Guia da Semana.

Pecado Gastronômico: uma boa massa e, é claro, chocolate!

Melhor Lugar do Brasil: minha casa, na pequena cidade de Serrania, sul de Minas Gerais (também não dispenso uma boa praia!).

Para Falar com ela: [email protected] ou acesse seu blog


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a 'Transe', plataforma digital que promove e conecta agentes das artes visuais no Brasil

Arte

Cirque du Soleil lança site especial durante a quarentena; saiba tudo!

Arte

15 museus brasileiros para visitar online

Arte

8 lives de galerias e museus para você curtir arte em casa

Arte

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte