Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Som nos trilhos

De 8 a 12 de novembro, estações das linhas azul, verde e vermelha de São Paulo recebem o 1º Festival Internacional de Músicos do Metrô.


Foto: Wikipedia

A estação da Luz será um dos pontos de destaque do evento

Metrópoles espalhadas pelo mundo inteiro já estão acostumadas com eles. Em algumas, como Montreal, no Canadá, a interação já ocorre em perfeita harmonia com a rotina das estações. Afinal, quem não gostaria de apreciar uma boa música enquanto espera o próximo vagão?

Os paulistanos tiraram a sorte grande e foram os escolhidos para presenciar durante cinco dias o inédito Festival Internacional de Músicos do Metrô, o Red Bull Sounderground. De 8 a 12 de novembro, quem passar pela rede metropolitana de São Paulo poderá conferir atrações nacionais e gringas. Além dos nove artistas selecionados da capital paulista, o evento conta com representantes de Barcelona, Berlin, Cidade do México, Londres, Montreal, Moscou, Nova Iorque e Paris.

Os shows ocorrem simultaneamente em dez estações, das 11h às 13h e no horário de pico, entre 17h e 19h. As apresentações podem ser conferidas na linha azul, na movimentada Luz; na verde, na Ana Rosa e Vila Madalena; e também na vermelha, na Sé, República, Anhangabaú, Brás, Tatuapé, Palmeiras-Barra Funda e Corinthians-Itaquera.

Seleção de ouro

Foto: Divulgação

Rafael Masgrau representa o rock'n roll no festival

A curadoria brasileira do evento contou com um time forte, formado por Pena Schmidt, superintendente do Auditório Ibirapuera/SP; Danilo Martire Caciavilani, da Coordenadoria de Ação Cultural do Metrô de São Paulo; e Lívio Tragtenberg, compositor e saxofonista, fundador da Orquestra de Músicos de Rua de São Paulo.

As inscrições foram abertas ao público geral e o critério de seleção levou em conta o carisma, originalidade, criatividade e o atendimento aos pré-requisitos, como o uso de amplificadores com potência até 60 watts. As bandas não poderão utilizar instrumentos de percussão, bateria que não seja elétrica e nem ter a participação de dj's.

"A proposta do festival é a de oferecer apresentações intimistas, o que vai permitir um contato maior do artista com o público. Pelas experiências que já realizamos com músicos nas nossas estações, quem assiste sempre aplaude", diz Aluízio Gibson, Chefe do Departamento de Marketing Corporativo do Metrô.

Som brasileiro e gringo

Foto: Divulgação

O trio paulistano Vivian Del Pintor faz um releitura de hits pops

Com uma programação diversificada, o repertório dos artistas serão todos sem vocal, apenas instrumentais. O rico leque de estilos musicais vai desde a MPB, composições clássicas, blues, jazz, choro, rock, reggae e até as tradicionais milongas do tango argentino e o ritmo norte-americano que fez sucesso nos anos 20, o ragtime.

Das atrações nacionais, o jazz é representado por Ana Góes; a cadência brasileira pelo duo Benetiz; o pop e a MPB pelos trios Les Maga e Viviane del Pintor; o blues e folk por Mustard and Custard; o experimental por Pedro Loop; o rock por Rafael Masgrau; a música clássica por Vadim Klokov; e o chorinho pelo Vibrafone Chorão.

Já a lista de atrações internacionais apresenta o espanhol Anatol Eremciuc; os alemães do Anatol Eremciuc; os ingleses Lewis Floyd Henry e o trio The Nomadic Mystics; os russos do Bloody Red Sombreros; o duo canadense O'Connor and Gryn; os franceses do Kutner e Koc, a banda Gaitas Mexicanas; e três atrações norte-americanas: The Xylopholks, Tribal Baroque e Akil Dasan.

Para encerrar o evento, o último dia foi reservado para uma jam session com a participação de todos os artistas, às 17h, na Sé. Assim, na sexta-feira véspera do feriado prolongado, em meio ao aglomerado de pessoas típico do horário e da estação, um belíssimo espetáculo promete animar milhares de paulistanos.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a 'Transe', plataforma digital que promove e conecta agentes das artes visuais no Brasil

Arte

Cirque du Soleil lança site especial durante a quarentena; saiba tudo!

Arte

15 museus brasileiros para visitar online

Arte

8 lives de galerias e museus para você curtir arte em casa

Arte

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte