Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Um convite à leitura

Pouco conhecidas pelo público, bibliotecas da cidade oferecem acervos especializados em cinema, teatro e até gibis.

Foto: stock.xcng

Que os livros no Brasil custam caro e que isso impede um maior acesso à cultura de grande parte da população não é novidade. O que talvez nem todo mundo saiba, porém, é que a cidade de São Paulo oferece, por meio de instituições públicas e particulares, uma grande variedade de títulos gratuitos.

São milhões de livros, revistas, jornais e gibis que podem ser consultados no local e até levados para casa. Algumas destas instituições contam com acervos especializados em temas, como teatro e cinema. Pensando em quem gosta de ler, mas não quer gastar muito, o Guia da Semana fez um roteiro destes espaços de leitura. Confira!


Acervo Tradicional

Fundada em 1926, a Biblioteca Mário de Andrade possui a segunda coleção documental mais importante do País. Seu acervo é composto por mais de 3,3 milhões de itens, entre literatura nacional e estrangeira, dicionários, enciclopédias, obras raras, fotografias e manuscritos.

Há ainda sessões com livros de arquitetura, urbanismo, artes plásticas, cinema, teatro dança e música, além de uma ampla coleção de periódicos especializados, formando uma das mais importantes coleções de livros de arte de São Paulo.

A consulta pode ser realizada a partir de catálogos de fichas organizadas por autor, título e assunto. Além disso, a biblioteca conta com apoio de bibliotecários especializados e um setor de empréstimos. Para obter a carteira de usuário, é necessário apresentar um documento com foto e comprovante de residência. Cada freqüentador pode retirar dois livros por vez, com prazo para devolução de 14 dias.


Da telona para a estante

Quando o assunto é cinema, o centro de documentação e pesquisa da Cinemateca Brasileira é o lugar certo! O acervo é composto por 5.330 livros, 2.004 catálogos, 197 teses, 2.063 folhetos e uma documentação variada, reunida em 2.260 pastas contendo press-releases, certificados de censura, convites e papers.

Outro destaque é a coleção de 2.960 roteiros, que inclui argumentos, projetos e listas de diálogos e de intertítulos. A Cinemateca conta ainda com periódicos brasileiros e estrangeiros e os arquivos pessoais de críticos e cineastas brasileiros como Glauber Rocha, Francisco Luiz de Almeida Salles e Pedro Lima.

Completam o acervo 32 mil fotos de filmes estrangeiros, 26 mil de filmes brasileiros, 22 mil de eventos e personalidades, 42 mil negativos e 500 placas de vidro, lanternas e estereografias. O local dispõe de uma equipe que auxilia os interessados a fazer as consultas, além de oferecer visitas guiadas. O acervo fotográfico pode ser reproduzido tanto pelos métodos tradicionais quanto por digitalização.


Quando o assunto é teatro...

... o Museu Lasar Segall possui um dos acervos mais completos da cidade. Especializada em Artes Cênicas, Cinema, Fotografia e Radio e Televisão, a biblioteca conta com 532 mil itens entre livros, folhetos, teses, catálogos, programas de espetáculo, cartazes, fotos, press-releases, CD-ROMs e artigos de jornal.

Destacam-se os mais de dois mil textos inéditos de teatro, a coleção de programas de teatro, ópera e dança, e as críticas jornalísticas das respectivas montagens. O acesso às estantes é livre. A consulta deve ser feita na biblioteca, pois não há sistema de empréstimo.

Além disso, o museu conta com um dos mais antigos e completos acervos de fotografia da cidade, uma documentação especial de recortes de jornal e uma importante coleção de scripts de rádio das décadas de 50 e 60.


Variedade na Paulista

Livros, catálogos, teses acadêmicas, jornais, revistas, vídeos, DVDs, CDs, CD-ROMs. Tudo isso é disponibilizado gratuitamente pela midiateca do Itaú Cultural, que fica na Avenida Paulista.

Obras sobre artes visuais, cinema, música, literatura e artes cênicas compõem o acervo da biblioteca, que conta com 10.488 publicações, 11.428 catálogos de arte, 281 teses, 802 obras de referência, 6.119 recortes de jornais e revistas e 430 títulos de periódicos. Os visitantes devem fazer as consultas no local, pois não é permitido o empréstimo das publicações.

A videoteca, por sua vez, conta com obras de curta e longa-metragens, tanto de ficção quanto documentários. Os vídeos podem ser retirados mediante um cadastro feito com RG, CPF e comprovante de residência. O usuário pode levar até três fitas durante dois dias. Há também espaço para exibição individual ou coletiva. São 540 DVDs, 371 CD-ROMs, 2.157 CD-Áudios e 2.850 vídeos.


Para se divertir

Para quem gosta de histórias em quadrinhos, a Gibiteca Henfil, no Centro Cultural São Paulo, apresenta um rico acervo. Spawn, Batman, Turma da Mônica e Asterix, são alguns dos títulos disponíveis.

São 75 mil gibis, álbuns, revistas e fanzines distribuídos por faixa etária. Outro destaque da Gibiteca é o Espaço RPG, com local exclusivo para jogos. Além disso, o local se tornou um ponto de encontro de fãs e profissionais da área que se reúnem para desenhar, trocar experiências ou confeccionar fanzines.

Parte do acervo pode ser emprestado mediante matrícula. Para se matricular, é necessário ser morador da cidade de São Paulo ou da Grande São Paulo, e levar documento de identidade comprovante de endereço. Os menores de 16 anos precisam estar acompanhados de um responsável.


Serviço:

Biblioteca Mário de Andrade
Rua da Consolação, 94 e 1024 (setor de empréstimos) - Consolação
Tel.: 3256-5270
Horário: segunda a sexta, das 9h às 21h; sábado, das 9h às 18h

Cinemateca Brasileira
Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino
Tel. 5084-2177
Horário: segunda a sexta, das 9h às 14h
Recomenda-se marcar o atendimento com antecedência pelos telefones 5084-2177 (ramal 102 - Biblioteca; ramal 209 - Centro de Documentação e Pesquisa) e 5574-1071 (fax) ou pelo e-mail [email protected], para informar sobre o tema da consulta.

Museu Lasar Segall
Rua Berta, 111 - Vila Mariana
Tel.: 5574-7322
Horários: terça a sábado, das 14h às 19h; domingo, das 14h às 18h.

Itaú Cultural
Av. Paulista, 149 - próximo à estação Brigadeiro do metrô
Tel. 2168-1776/1777
Horário: terça a sexta, das 12h às 20h; sábado das 10h às 19h

Gibiteca Henfil
Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso
Tel. 3383-3490
Horário: terça a sexta feira, das 10h às 19h; sábado, das 10 às 18h; domingos, das 10 às 16h.


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Conheça a 'Transe', plataforma digital que promove e conecta agentes das artes visuais no Brasil

Arte

Cirque du Soleil lança site especial durante a quarentena; saiba tudo!

Arte

15 museus brasileiros para visitar online

Arte

8 lives de galerias e museus para você curtir arte em casa

Arte

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte