Guia da Semana
Cinema
Por Juliana Varella

10 Filmes brasileiros para ver nos cinemas em 2016

Conheça alguns dos principais títulos nacionais que chegam aos cinemas neste ano.

"Amores Urbanos", longa de estreia de Vera Egito, tem Thiago Pethit e Ana Cañas no elenco (Divulgação)

O cinema brasileiro nunca esteve tão forte. Com uma quantidade recorde de lançamentos a cada ano, as tradicionais comédias continuam marcando presença, mas, agora, dividem espaço com suspenses, romances, animações e outras obras surpreendentes que não podem ser classificadas numa única categoria.

Conheça alguns dos longas brasileiros que chegarão aos cinemas neste ano e anote na agenda:

De onde eu te vejo
(Luiz Villaça, Brasil, 2014)

O filme, misto de comédia e drama, conta a história de amor de um casal através de sua separação. Em meio a uma São Paulo em constante mudança, Ana Lúcia (Denise) e Fábio (Domingos) se separam após 20 anos de casamento e ele passa a viver no apartamento do outro lado da rua. Leia a crítica do filme.

Previsão de estreia: 7 de abril

O Escaravelho do Diabo
(Carlo Milani, Brasil, 2015)

Adaptação do clássico literário juvenil de Lúcia Machado de Almeida, “O Escaravelho do Diabo” gira em torno de uma série de assassinatos, cujas vítimas são todas ruivas e, antes de morrerem, recebem um misterioso pacote contendo um escaravelho. Leia a crítica do filme.

Previsão de estreia: 14 de abril

Nise - O coração da loucura
(Roberto Berliner, Brasil, 2016)

Ao sair da prisão, a doutora Nise da Silveira volta aos trabalhos num hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro e se recusa a empregar o eletrochoque e a lobotomia no tratamento dos esquizofrênicos. Isolada pelos médicos, resta a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma revolução regida por amor, arte e loucura. Na cine-biografia baseada em fatos reais, Glória Pires interpreta a psiquiatra.

Previsão de estreia: 21 de abril

A frente fria que a chuva traz
(Neville de Almeida, Brasil, 2015)

Baseado no texto de Mário Bortolloto, o filme conta a história de jovens milionários que promovem festas em lajes de comunidades cariocas.

Previsão de estreia: 28 de abril

Amores urbanos
(Vera Egito, Brasil, 2015)

Amores Urbanos é uma comédia dramática que conta a história de três amigos que vivem no mesmo prédio, em São Paulo. Júlia, Diego e Micaela são jovens anti-heróis, que superam desventuras amorosas e profissionais com humor e muita personalidade. Com Thiago Pethit e Ana Cañas.

Previsão de estreia: 5 de maio

Mais forte que o mundo - A história de José Aldo
(Afonso Poyart, Brasil, 2015)

Baseado na história do expoente brasileiro de lutas de vale-tudo José Aldo, o filme mostrará a vida de superação do lutador. Aldo vem de uma família grande e pobre de uma periferia de Manaus. Lutou para construir sua vida e passou por escolhas muito difíceis. Quando tem a oportunidade de lutar MMA, José Aldo revela ser bem maior do que todos imaginavam.

Previsão de estreia: 16 de junho

Porta dos Fundos - Contrato vitalício
(Ian SBF, Brasil, 2016)

Dois amigos, o diretor Miguel (Gregorio Duvivier) e o ator Rodrigo (Fabio Porchat), recebem o grande prêmio do júri num badalado festival internacional de cinema. Depois de beberem demais, Rodrigo assina um contrato para participar do próximo filme do cineasta, mas Miguel desaparece e ressurge dez anos depois, quando Rodrigo já é um ator renomado, com uma proposta de fazer um longa delirante.

Previsão de estreia: 30 de junho

Mãe só há uma
(de Anna Muylaert, Brasil, 2016)

No primeiro longa de Anna Muylaert depois de “Que Horas Ela Volta?”, um jovem descobre que seus pais de criação não são sua família biológica: eles o sequestraram quando ele era um bebê. Agora que seus pais verdadeiros o encontraram, porém, ele não sabe mais qual é a sua identidade.

Previsão de estreia: 1º de setembro

Se a vida começasse agora
(Alexandre Klemperer, Brasil, 2015)

Beto (Caio Castro), um jovem aspirante a jornalista, consegue a oportunidade de cobrir o Rock in Rio. O ano é 1985 e o empresário Roberto Medina (Marcelo Serrado) busca a todo custo tentar viabilizar a realização do maior evento de música da história do país. O que eles não sabem é que seus caminhos irão se cruzar e que, depois disso, suas vidas nunca mais serão as mesmas.

Previsão de estreia: 20 de outubro

Minha mãe é uma peça 2
(André Pellenz, Brasil, 2015)

Sucesso como apresentadora de um programa de TV, Dona Hermínia (Paulo Gustavo) resolve tentar novos relacionamentos, deixando para trás o pedido de Carlos Alberto (Herson Capri) para que reatem. O problema é que cada possível namoro empaca justamente devido à preocupação dela com os filhos Marcelina (Mariana Xavier) e Juliano (Rodrigo Pandolfo).

Previsão de estreia: 29 de dezembro


Por Juliana Varella

Atualizado em 6 Abr 2016.

Mais notícias

Saiba como assistir ao Oscar 2021 na TV e Internet

Cinema

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema