Guia da Semana

6 Casais Sem Química No Cinema

Relembre os casais que não deram certo em frente às câmeras.

Eles tinham tudo para pegar fogo na telona, mas... Simplesmente não rolou e a faísca continuou ali, bem apagada. Alguns, até, eram e continuam sendo grandes símbolos sexuais individualmente, mas, juntos, perderam toda a graça.

+ Veja a seleção de filmes para dias preguiçosos
+ Confira 7 filmes para assistir com o coração partido
+ Relembre os filmes com Justin Timberlake 

Confira as piores combinações românticas do cinema:

 

Johnny Depp e Angelina Jolie (O Turista)

Quem diria? A mulher mais invejada do mundo e um dos homens mais desejados se encontraram no filme de espionagem O Turista, de 2010 - uma espécie de 007 que parece ter sido lançada apenas para testar o casal.  O resultado não poderia ter sido mais desconfortável para os dois: afinal, filmes de ação nunca estiveram entre as especialidades do ator, mais conhecido pelos papéis excêntricos, e Angelina, famosa por sua postura feminista, ganhou um papel de mulher sensual e vazia.

Ben Stiller e Jennifer Aniston (Quero Ficar com Polly)

Combinar um comediante e uma atriz famosa por uma sitcom cômica parece não ter sido a melhor escolha para os produtores de Quero Ficar Com Polly. Ben Stiller, acostumado a roubar a cena, ficou encabulado diante das esquisitices da personagem de Aniston, que também não se encaixou bem na pele da frágil e extrovertida Polly.

Mila Kunis e Justin Timberlake (Amizade Colorida)

Sejamos justos: Mila Kunis e Justin Timberlake são dois dos artistas mais sexies do momento. Por isso, a expectativa era altíssima para ver o encontro dos dois na comédia romântica Amizade Colorida, sobre dois amigos que decidem se tornar parceiros na cama, mas sem namorar. A tal amizade, porém, parece tão real que fica difícil acreditar que haja qualquer faísca entre os dois.

Nicole Kidman e Hugh Jackman (Austrália)

Se o quase-infinito filme de Baz Luhrmann sobre a colonização da Austrália já não fosse suficientemente entediante pelo roteiro, o casal principal seria um motivo a mais para o seu fracasso. Nicole Kidman deixa suas raízes de lado para encarnar a mimada aristocrata inglesa, enquanto Hugh Jackman exagera no sotaque e na caipirice australiana, formando um casal, no mínimo, excêntrico.

Ben Affleck e Liv Tyler (Armageddon)

Ben Affleck pode ter acertado na direção de Argo e ganhado um Oscar por isso, mas seu passado o condena. No clássico apocalíptico Armageddon, quem segura o elenco não é o bonitão, mas sim o sogro Bruce Willis, que interpreta o pai de Liv Tyler. Apesar de bonitinhos, os dois são tão inofensivos em cena que não dá para sentir nem um arrepiozinho.

Cameron Diaz e Ashton Kutcher (Jogo de Amor em Las Vegas)

Cameron Diaz já teve seus dias de queridinha de Hollywood, mas é hora de escolher papéis mais maduros e o público consegue sentir isso. Em Jogo de Amor em Las Vegas, a personagem de Diaz age como uma adolescente histérica e acaba ridicularizada ao lado do parceiro Ashton Kutcher – esse sim acostumado a viver o garotão imaturo. Não funcionou.

Atualizado em 30 Mai 2014.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Mostra Internacional de Cinema de São Paulo revela pôster e primeiras atrações

Vencedores da Palma de Ouro e do Festival de Toronto são destaques entre os filmes confirmados na programação

Estreias da semana: "Mãe!", "Esta é a Sua Morte – O Show" e mais 6 filmes

Suspense de Darren Aronofsky com Jennifer Lawrence promete dividir opiniões

“Ensaio Sobre a Cegueira” tem sessão gratuita com debate no MIS

Filme será acompanhado por bate-papo com historiadora

Final da Copa do Brasil será exibida nos cinemas

Rede Cinemark transmite o jogo ao vivo no dia 27 de setembro

"Tomb Raider" com Alicia Vikander no papel de Lara Croft ganha primeiro trailer; assista!

Novo filme da franquia tem estreia prevista para março de 2018

13 objetos de decoração que vão deixar sua casa mais cinéfila

De quadro interativo a almofada para pipoca, confira os itens que não podem faltar no seu cafofo