Guia da Semana

Guia da Semana

Ossos quebrando, pescoços virando, autoflagelação, palavrões e fenômenos sobrenaturais. Quando esses elementos se juntam num filme de terror, o sucesso de público é quase garantido.

Mas não é de hoje que os filmes sobre exorcismo levam milhares de pessoas aos cinemas. O mais famoso e responsável pela popularização do gênero foi lançado em 1973 sob o título O Exorcismo.

Neste clima de gritos e horror, o Guia da Semana seleciona outras produções que levaram a possessão demoníaca aos cinemas. Se tiver coragem, confira!

Madre Joana dos Anjos (1961)

O longa da década de 60 é um dos primeiros a levar o exorcismo para a sétima arte. Premiado em Cannes, o filme conta a história real, até hoje não explicada, das freiras possuídas em um convento localizado numa região isolada da Polônia.

Agora considerada um clássico do cinema europeu, a obra de Jerzy Kawalerowicz foi proibida em vários países.

O Exorcista (1973)

Outro clássico do gênero, o filme de William Friedkin se baseia na história real de possessão de um garoto de 14 anos, documentada em 1949 e relatada em livro por William Peter Blatty.

A protagonista do longa é Linda Blair, que se tornou conhecida pelo papel. Ela interpreta Regan MacNeil, uma garota de 12 anos que tem seu corpo dominado pelos espíritos do mal.

A Repossuída (1990)

17 anos após atuar em O Exorcista, Linda Blair foi convidada a repetir o papel da garota possuída, mas, desta vez, em uma comédia.

O filme de Bob Logan é uma paródia da produção dos anos 70 e traz a história de uma esposa suburbana dominada pelo demônio, que cria mil confusões no lar, até que um padre aposentado (interpretado por Leslie Nielsen) resolve sair de seu claustro para exorcizá-la.

Stigmata (1999)


Apesar de não ser um filme sobre o tema, Stigmata traz cenas de exorcismo, quando o padre Andrew tenta tirar de Frankie o espírito do sacerdote brasileiro Paulo Almeida.

Na narrativa, Patricia Arquette interpreta Frankie, uma jovem que, mesmo descrente, começa a apresentar estigmas - chagas idênticas às de Cristo - depois de ganhar um rosário que pertenceu ao falecido padre Paulo Almeida.

O Exorcismo de Emily Rose (2005)

Inspirado na história real de Anneliese Michel - uma jovem alemã que passou pela mesma situação de Emily Rose nos anos 70 -, o longa apresenta em flashbacks a história da jovem religiosa que sai do campo para estudar na universidade, mas acaba vivendo um verdadeiro pesadelo.

Após os sintomas serem reconhecidos como uma real possessão demoníaca, é iniciado o exorcismo. Porém, o processo não tem o fim esperado e o padre Richard Moore acaba sendo acusado por assassinato.

Constantine (2005)

Keanu Reeves é o protagonista do filme baseado em histórias em quadrinhos sobre um detetive sobrenatural que, literalmente, foi até o inferno e voltou.

De volta ao mundo dos vivos e com capacidade de enxergar seres sobrenaturais e mandar demônios de volta para as profundezas do inferno, ele tem a missão de proteger a fronteira entre céu e inferno para, assim, redimir sua culpa.

O Último Exorcismo (2010)

Gravado em formato de documentário, o longa assinado pelo alemão Daniel Satmm traz o último exorcismo realizado pelo reverendo Cotton Marcus (Patrick Fabian), que, arrependido por ter explorado tantos fiéis, decide encerrar sua atuação com o caso da jovem Nell (Ashley Bell).

No entanto, este caso é especial, já que Marcus nunca se deparou com algo tão maligno. Ele terá que ser eficiente para que nenhuma vida seja perdida; tanto a da garota, quanto a dele.

O Ritual (2011)

Apesar de frequentar a Escola de Exorcismo do Vaticano, Michael Kovak (Colin O´Donoghue) é um cético seminarista, mas suas crenças podem mudar quando ele é enviado para acompanhar o trabalho de Padre Lucas (interpretado por Anthony Hopkins), um famoso exorcista que irá apresentar ao jovem um lado obscuro da fé.

Por Mariana Viola

Atualizado em 13 Set 2013.