Guia da Semana
Cinema
Por Juliana Varella

Homem-Aranha: 5 diferenças entre os filmes de Marc Webb e de Sam Raimi

Série atual do super-herói tem inspirações diferentes e toma algumas liberdades com o roteiro original.

Sam Raimi dirigiu três filmes do Homem-Aranha entre 2002 e 2007 (Divulgação)

Quando a Sony anunciou que recomeçaria a saga do Homem-Aranha nos cinemas a partir de 2012, as reações foram mornas. A primeira tentativa, dirigida por Sam Raimi, tinha sido muito lucrativa, mas virou motivo de piada no terceiro filme, quando Venom apareceu e Tobey Maguire não segurou o momento de maior conflito do herói.

O Espetacular Homem-Aranha, agora nas mãos de Marc Webb, seguiu um caminho diferente, fez outras escolhas e conseguiu atrair um público nem tão ligado em super-heróis: qualquer pessoa pode se identificar com os protagonistas, mesmo que não conheça a história original.

As mudanças não têm a ver apenas com a direção ou os atores, mas com as histórias que inspiraram cada série: a primeira, seguia os quadrinhos “clássicos”, enquanto a segunda bebe da fase “espetacular” e da “ultimate” – por isso há diferenças na origem do herói e dos vilões.

Confira as principais mudanças dos filmes de Sam Raimi para os de Marc Webb e prepare-se para O Espetacular Homem-Aranha 2:

Peter Parker


Versão Raimi:

Tobey Maguire foi o Homem-Aranha de Sam Raimi e isso dividiu opiniões. Talento à parte, o fato é que seu personagem tinha uma proposta diferente: ele era mais caricato, seu humor misturava sarcasmo e ingenuidade, seu comportamento era mais infantil. Nessa versão, Peter é picado durante uma excursão escolar.

Quando confrontado com os novos poderes, reage com ganância, procurando os ringues e, só depois de perder o tio, decide combater o crime, mas isso lhe causa vaidade. Esse Peter era inteligente, como não poderia deixar de ser, mas sua genialidade não transparece em ações. A caracterização se aproxima mais do estereótipo de “nerd”.

Versão Webb:

Na franquia atual, Andrew Garfield veste a roupa do super-herói. Apesar de ser mais velho que Maguire quando gravou o primeiro filme, ele tem uma aparência mais juvenil e seu personagem segue a linha adolescente. Seus problemas com o crime geralmente ficam em segundo plano em relação a conflitos pessoais – a namorada, os tios e, especialmente, os segredos dos pais estão sempre no topo de suas prioridades.

Apesar dessa consciência mais madura, ele também tem humor: adora sarcasmo e parece se divertir com seus inimigos. A picada acontece enquanto ele investiga os antigos trabalhos do pai na Oscorp e sua primeira reação aos poderes é se divertir; depois, estudar (aqui, ele mesmo cria a teia). Combater o crime é uma consequência das investigações.

Uniforme

Versão Raimi:

Tobey Maguire usou uma roupa de design simples, fiel ao original, com vermelho e azul bem vibrantes.

Versão Webb:

Andrew Garfield vestiu duas versões do uniforme. A primeira era pouco fiel aos quadrinhos: não tinha cinto, a aranha do peito era mais geométrica e o visor, amarelado. A segunda volta às origens, mas com modernizações: os tons são mais escuros e o sistema de teias roda MP3. O cinto volto, os olhos estão maiores e brancos e a aranha, maior e com o formato original.

Namoradas de Peter


Versão Raimi:

Na saga de 2002 a 2007, duas garotas passaram pela vida de Peter: Mary Jane (Kirsten Dunst) e Gwen Stacy (Bryce Dallas-Howard). A primeira foi a parceira do herói em todos os filmes e Gwen serviu apenas como uma distração, um affair para mostrar o quanto Peter estava negligenciando a namorada. Nessa série, as personagens femininas são vítimas dos interesses e descuidos dos homens, e não são bem-sucedidas: Mary Jane está sempre à procura de trabalho e Gwen precisa da ajuda de Peter nos estudos.

Versão Webb:

Gwen (Emma Stone) é a única mulher de Peter nos dois primeiros filmes. Ela é a primeira aluna da classe, é independente e sempre ajuda o herói a descobrir como eliminar os vilões, além de colocar a mão na massa (mesmo contra a vontade do namorado). O relacionamento dos dois sofre o impacto da morte do pai dela, que faz Peter prometer que não a envolveria mais em perigos.

Duende Verde


Versão Raimi:

Nos quadrinhos do Homem-Aranha, seu arqui-inimigo é o Duende Verde: em especial o pai, Norman Osborn. Os filmes de Raimi se aproximaram mais do original ao mostrarem os dois vilões, com o pai interpretado por Willem Dafoe e o filho, Harry, por James Franco. O conflito de Harry (entre a amizade com Peter e a vingança do pai) justifica suas ações, enquanto Norman é retratado como um personagem essencialmente mau, que desenvolve a armadura.

Versão Webb:

A escolha mais ousada de Webb e dos roteiristas de O Espetacular Homem-Aranha 2 provavelmente foi essa: aqui, Norman Osborn é mostrado numa única cena e tem a função, apenas, de revelar alguns segredos ao filho – mas ele não é o vilão. Harry, por sua vez, é interpretado por um psicótico Dane Dehaan e toma sozinho a decisão de caçar o Homem-Aranha. Ele transforma-se acidentalmente no Duende Verde e sua amizade com Peter não é tão profunda.

Outros vilões:


Versão Raimi:

Além dos Duendes Verdes, o Homem-Aranha de Raimi enfrenta Dr. Octopus (Alfred Molina), Homem-Areia (Thomas Haden Church) e Venom (Eddie Brock). O Dr. Curt Connors (Dylan Baker) aparece, mas não se transforma no Lagarto nesta versão. Os vilões têm ligação com a Oscorp, mas suas histórias são isoladas.

Versão Webb:

Os vilões da saga de Webb estão intimamente conectados, como numa teia (perdoem o trocadilho). Duende Verde, Lagarto (Rhys Ifans), Electro (Jamie Foxx) e Rhino (Paul Giamatti) têm todos uma origem semelhante à do Homem-Aranha e são amarrados no segundo filme, quando se explica o passado de Benjamin Parker, o pai de Peter.


Por Juliana Varella

Atualizado em 1 Mai 2014.

Mais notícias

"Cine África Em Casa" exibe filmes africanos com bate-papo virtual; saiba mais!

Cinema

Cinemas drive-in começam a funcionar em São Paulo; veja endereços e mais detalhes

Cinema

Arena Estaiada Drive-In inaugura em São Paulo nesta sexta-feira (12); saiba mais sobre ingressos e sessões

Cinema

Cinema drive-in voltou; veja onde encontrar no Brasil

Cinema

Plataforma de cinema online inova ao exibir filmes inéditos e exclusivos; saiba tudo!

Cinema

5 motivos para conferir o festival de cinema online "We Are One: A Global Film Festival"

Cinema