Guia da Semana

Homem de Ferro 3: Menos super-herói, mais Tony Stark

Assistimos o novo filme do herói da Marvel e te contamos mais sobre o longa.

“E agora, o que acontece?” Essa foi a pergunta de muitos nerds depois do final do filme dos Vingadores. Após os heróis se unirem, o que vai acontecer com eles em seus filmes solo? Teriam a equipe de suporte sempre que precisarem? Um herói vai aparecer com freqüência no filme do outro, como acontece nos quadrinhos? 

Coube a Homem de Ferro 3 responder essa pergunta ao começar a Fase 2 da Marvel nos cinemas. Nada mais justo, já que, além de ter sido primeiro filme do estúdio no cinema, o herói tem mostrado ser um dos mais populares do grupo.

Para começar a falar do filme é preciso destacar um nome: Shane Black.  O cara selecionado para ser diretor do longa é responsável pelos roteiro dos filmes da franquia “Máquina Mortífera” e “Beijos e Tiros”. Uma das principais características de seus textos sempre foi o equilibrio entre humor, suspense e ação em doses certa, e assim também é o roteiro de Homem de Ferro 3.

Mais Tony Stark, menos Homem de Ferro

Na trama de Homem de Ferro 3, o vilão Mandarim contrata o geneticista Aldrich Killian para criar um exército fortalecido por uma tecnologia de nanomáquinas chamada Extremis. Sem saída, Stark precisa sobreviver com seus próprios recursos, confiando na sua engenhosidade e instintos para proteger as pessoas próximas a ele.

Apesar do nome do filme, a estrela do longa é seu alter ego interpretado por Robert Downey Jr. O ator carrega o filme nas costas e parece se divertir em cada cena que protagoniza. Porém, o grande público pode sentir falta de mais cenas com ele usando a armadura, afinal, este é um filme de super herói. Mas vale ressaltar que as partes de ação são empolgantes o suficiente para suprirem esta "falta".

Outro grande destaque do filme é Sir Ben Kingsley interpretando o vilão Mandarim. Suas cenas são as poucas que conseguem tirar um pouco do foco do filme de cima de Tony Stark e uma reviravolta próximo ao final do filme promete o por no hall dos melhores vilões de filmes de quadrinhos.

A nova fase da Marvel

Apesar de se passar diretamente após os eventos de Os Vingadores, Homem de Ferro 3 não traz nenhuma conexão direta com outros heróis da produtora, mesmo assim ainda existem várias referências (e piadinhas) sobre os mesmos. Uma dica: como de costume, fique até depois dos créditos finais. 

O terceiro filme do Homem de Ferro é o mais autoral da Marvel Studios até hoje, e também, um dos mais divertidos. Uma prova que sim, pode haver filmes solo dos super heróis que não estejam ligados entre si. Se este for um sinal do que vem por ai em Thor 2, Capitão América 2 e Guardiões da Galáxia, essa fase 2 náo podia ter começado melhor.

Atualizado em 22 Abr 2013.

Por Edson Castro
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Cinemark inaugura nova unidade no shopping West Plaza

Cinema é o mais completo da rede na capital paulista e marca os 20 anos da empresa no Brasil

10 Filmes imperdíveis que estreiam nos cinemas em outubro de 2017

Sequência de “Blade Runner” e novo filme de Kathryn Bigelow são destaques

Bilheterias: Kingsman 2 supera It – A Coisa e tem abertura melhor que o longa original

Filme chega ao Brasil na próxima quinta-feira, 28

Mostra Internacional de Cinema de São Paulo revela pôster e primeiras atrações

Vencedores da Palma de Ouro e do Festival de Toronto são destaques entre os filmes confirmados na programação

Estreias da semana: "Mãe!", "Esta é a Sua Morte – O Show" e mais 6 filmes

Suspense de Darren Aronofsky com Jennifer Lawrence promete dividir opiniões

“Ensaio Sobre a Cegueira” tem sessão gratuita com debate no MIS

Filme será acompanhado por bate-papo com historiadora